James Akel comenta que Jacques Wagner no Ministério da Defesa é um desrespeito do Exército Brasileiro

A nomeação de Jacques Wagner pra ser ministro da defesa foi um acinte e um atrevimento de desafio contra o Exército Brasileiro.

Quando governador da Bahia, Wagner, conhecido comunista, tirou o nome de um general presidente de uma escola estadual e colocou no lugar o nome de um terrorista


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 21h09 no dia 25/01/2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.