Números de ontem do TV TOTAL

Isabel Vilela_Juliana Silveira

País Visualizações
Sinal BrasilBrasil 903
Sinal Estados UnidosEstados Unidos 87
Sinal PortugalPortugal 22
Sinal Reino UnidoReino Unido 8
Sinal FrançaFrança 7
Sinal EspanhaEspanha 6
Sinal JapãoJapão 5
Sinal SurinameSuriname 4
Sinal AlemanhaAlemanha 2
Sinal AustráliaAustrália 2
Sinal AngolaAngola 2
Sinal ColombiaColombia 2

James Akel comenta que Fernando Haddad fez para se garantir nas eleições 2016

Haddad convidou e Suplicy aceitou ser secretário de direitos humanos.

Foi uma maneira de Haddad agregar nome positivo ao seu parco e triste secretariado.

Haddad quer ser candidato ano que vem e vai precisar de Suplicy pra ter votos.

Triste cidade que vai ter como candidatos Haddad, Russomano, Marta e sabe-se lá quem mais vem.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 05h53 no dia 20/01/2015

James Akel comenta que a Record desgasta a imagem de seus contratados

38340-record-hd

 

Quando a gente pinta uma parede a cor da parede vai ser igual a cor da tinta da lata de tinta.

Quando eu escrevi aqui com grande distância de tempo que o programa de César Filho na TV Record não tinha jeito de ser sucesso, eu nem estava desejando mal e nem estava adivinhando nada.

Estava apenas dizendo qual seria a cor da parede que ia ser pintada vendo antes a cor da lata de tinta.

Se o programa Hoje em Dia estava ruim, não bastava trocar os apresentadores porque iria continuar ruim.

Aliás a troca de apresentadores com o mesmo conteúdo apenas piora o programa que já tinha um público acostumado com aqueles apresentadores.

Isto é o mínimo que qualquer direção de arte de emissora deveria saber.

Mas a direção de arte da TV Record não sabia.

Tratam o entretenimento da TV Record de maneira primária e o que se vê é o péssimo resultado de ibope.

Tiraram o César Filho do SBT pra desgastá-lo na TV Record.

Já tinham tirado antes o Gugu pra desgastá-lo na TV Record.

Querem tirar a Xuxa da TV Globo pra desgastá-la na TV Record.

A direção de arte da TV Record tem o dom de não saber seu ofício e faz o que faz de maneira triste.

Tem dinheiro, tem estúdio de boa categoria, tem excelentes funcionários da área técnica e público que espera um bom programa.

Mas conseguem acabar com tudo pela péssima direção de arte da emissora.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 06h18

James Akel volta a comentar os estragos que PT e PSDB causaram e continuam causando no Brasil

 

Isto que escrevo nada tem a ver apenas com os petistas ou tucanos.

Tem a ver com os dois que há anos vem acabando com o sistema de energia do Brasil e deixando as cidades em péssimas condições.

Israel tem muito menos chuva que o Nordeste.

E não falta água em Israel e nem energia porque ali os governantes tem que trabalhar porque se não trabalharem de verdade o povo tira os governantes.

Ali, sem água de chuva, criaram sistemas de captação e irrigação e tudo funciona.

Tucanos e petistas comandam o Brasil tem 20 anos e fizeram uma merda atrás da outra.

Problemas de energia começaram com o governo de Fernando Henrique que nada fez pra mudar.

Continuaram com Lula que nada fez pra mudar.

Se nem Fernando Henrique e nem Lula fizeram nada, não vamos esperar de uma senhora ex-terrorista despreparada que faça algo.

A Califórnia não tem chuva a maior parte do ano mas produz frutas incríveis e jamais falta água.

Las Vegas foi feita no meio do deserto e jamais falta água.

Israel, Califórnia e Las Vegas são o exemplo de que quando se quer trabalhar se faz e não se fica brincando de política e falando bobagem.

Falta vergonha e competência nos governantes federais e estaduais pra que o Brasil tenha energia e água em abundância.

Neste caso petistas e tucanos são a mesma coisa.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 06h19 no dia 20/01/2015

James Akel comenta que o povo argentino sabe sair nas ruas e cobrar os governantes

 

Lá na Argentina o povo sabe sair nas ruas e cobrar os governantes.

E a morte do promotor argentino que investigava a participação da presidente Cristina num atentado contra judeus na Argentina levou milhares de pessoas a protestar na frente do palácio de governo.

A presidente Cristina declarou que o seu governo foi o que mais colaborou nas investigações.

Aqui no Brasil quando foi descoberto o Petrolão a Dilma também disse que ela foi a que mais colaborou com as investigações.

Alias ela disse que ela que mandou investigar.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 06h20 no dia 20/01/2015

James Akel comenta que Marcola pode solucionar assassinato de promotor argentino

436452-4222-cp

A história de suicídio do promotor argentino que se baseia no fato da porta do apartamento estar trancada por dentro deixa de existir se chamarem o Marcola do PCC que logo ele mostra o jeito de se fazer isto.

Agora que está pra sair da cadeia o Marcola seria perfeito pra ser secretário de segurança.

Ao menos seria alguém que entende.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 09h49 no dia 20/01/2015

James Akel comenta os estragos que PT e PSDB fizeram e fazem no Brasil

 

Ambev e Coca Cola além de outras indústrias já estão deixando o estado governado por Geraldo e estão montando fábricas em outros lugares.

Parece que os executivos das empresas sabiam bem antes o que iria acontecer.

Nem precisa ser muito inteligente pra ver o descalabro da situação na cidade e no estado, um de petista e outro de tucano.

As empresas viram antes que Geraldo nada fazia e estão se mandando.

Com isto o governador por sua atitude inaceitável é o responsável pelo futuro desemprego do estado.

Vinte anos no governo e os tucanos acabaram com o estado.

Doze anos no governo e os petistas acabaram com o Brasil.

De verdade, não fosse o apoio ao comunismo e ao fim do direito de propriedade que o PT tanto defende, tucanos e petistas seriam iguais.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 12h06 no dia 20/01/2015

Rede Bandeirantes vai transmitir neste sábado Corinthians x Corinthian-Casuals

14e24-logo_band_p

 

Neste próximo sábado, às 16h30, a Bandeirantes vai mostrar o amistoso do Corinthians e o inglês Corinthian-Casuals, clube que serviu de inspiração para o nome da equipe paulista.

As duas equipes já se enfrentaram antes, em 1988 e 2001, mas dessa vez o jogo acontecerá na casa oficial do Corinthians, em Itaquera. Narração de Téo José e comentários do Neto.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Mirdjalal Kasimov tight-lipped as Uzbekistan prepare for quarter-final

Melbourne: Coach Mirdjalal Kasimov remained tight-lipped over his team selection for Uzbekistan’s AFC Asian Cup Australia 2015 quarter-final with Korea Republic on Thursday having made a number of high-profile changes last time out against Saudi Arabia.

Needing to win against Saudi Arabia at Melbourne Rectangular Stadium last Sunday, Kasimov made five changes to the side following Uzbekistan’s previous defeat by China with captain Server Djeparov and fellow veteran Timur Kapadze amongst those missing out.

The move paid off with recalled 23-year-old striker Sardor Rashidov scoring twice as Uzbekistan crucially won 3-1 to finish second in Group B, although with Group A winners Korea making the trip to Melbourne, Kasimov has decisions to make with a second consecutive semi-final place at stake.

“We made many mistakes in the game against China and that is why we rotated the starting 11 and the squad, and that is why Server Djeparov was on the bench, but I still believe he is one of the best players in Uzbekistan and he will play for Uzbekistan for many years,” said Kasimov.

“We still believe in players like Server Djeparov and Timur Kapadze, but we will have our final training session and after that we will decide who will play, but our starting 11 will be fine.

“We choose the tactics for all opponents, and for Korea we will have separate tactics. We have a plan B and we will use experienced players and young players together.”

Korea Republic beat Uzbekistan 3-2 in the third place play-off at the previous AFC Asian Cup in Qatar in 2011, while also winning the last meeting between the pair 1-0 in Seoul in June 2013 during the final round of qualifiers for the 2014 FIFA World Cup.

“I don’t feel pressure as we should concentrate, but this is not a re-match from the World Cup qualifiers as this is history and we have to be concentrated and focused on the match not about the re-match,” added Kasimov, who also saw his side draw 2-2 with Korea earlier in the 2014 FIFA World Cup qualifiers in Tashkent in September 2012.

“We don’t worry about anything; we just need to think about our game. If we play against Korea like we did against Saudi Arabia I think we can beat them and show our best game. Korea are one of the best teams and they use high speed counter-attacks, maybe this is their best aspect, but the best thing we can do is think about ourselves.”

While Uzbekistan also beat DPR Korea 1-0 to finish with six points in Group B, Korea topped Group A after recording single goal wins over Oman, Kuwait and Australia.

“We are expecting an interesting game. We have finished the group stage so it will be very interesting. It is only one game and we don’t have any chance to make mistakes because in the group stage you can make mistakes and improve in the next game, but in the knockout stage you cannot,” said Kasimov.

“Statistics never lie and you can see Korea defend well and the attackers and midfielders always help the defence and help the team to win, and of course they have a strong goalkeeper, that is why they have not conceded any goals, but we hope that statistic will change.

“We want to beat Korea in 90 minutes, but if not, we are ready for penalties.”

Photo: WSG

Source : Asian Football Confederation website