”Sabe ou Não Sabe” se despede da Band com baixa audiência

Após quase um ano no ar, o “Sabe ou Não Sabe”deixou a grade da Band no dia de ontem (30). E se despediu com apenas 1 ponto no Ibope, sob o comando de André Vasco.

No princípio, o programa chegava até mesmo a incomodar as novelas do SBT durante à tarde com até 4 pontos, mas sendo exibido diariamente, acabou perdendo força e a fórmula se desgastou.

A atração chegou a ter celebridades como tentativa de alavancar a audiência, mas também não vingou.

O programa não tem previsão para voltar à grade de programação.

 

Na Telinha

Ratinho receberá Silas Malafaia em seu programa da próxima quinta

Após ter recebido Rachel Sheherazade na última quinta-feira (29), o “Programa do Ratinho”, no SBT vai conversar mais uma vez com o pastor Silas Malafaia no quadro “Dois Dedos de Prosa”, ao vivo.

O programa com Sheherazade atingiu altos índices de audiência, chegando a ficar próximo da Globo com o quadro.

Silas Malafaia é conhecido por suas opiniões polêmicas acerca de assuntos delicados e já foi muito criticado quando foi a programas como o “De Frente com Gabi”, “Na Moral” e no próprio Ratinho.

O apresentador voltou de férias nesta última semana e com uma novidade: agora totalmente em HD, ou alta definição.

O “Programa do Ratinho” é exibido de segunda a sexta-feira, a partir das 22h.

 

Na Telinha

Rede Globo promove estreias nos rodízios de jornais; Giuliana Morrone fará “Jornal Nacional”

Globo promove estreias nos rodízios de jornais; Giuliana Morrone fará "JN"

Divulgação/TV Globo

O último dia de janeiro está sendo marcado por estreias no comando eventual dos telejornais daGlobo. “Jornal Hoje” e “Jornal Nacional” ganharão novas apresentadoras em seus rodízios. Ambas são figuras que vem se destacando nas manhãs da emissora.

Monalisa Perrone, apresentadora do “Hora Um”, comandou na tarde deste sábado (31) o “JH” pela primeira vez. É uma oportunidade inédita dela ancorar um telejornal em rede além do seu próprio “H1”, que estreou em dezembro.

Ela já participa há anos do esquema de substituição nas folgas do “SPTV” e segue mantida nacionalmente na ancoragem do Carnaval de São Paulo, que divide com Chico Pinheiro. Chico, por sua vez, será o parceiro de bancada de Giuliana Morrone na estreia da ex-correspondente no “Jornal Nacional”.

Ela será a terceira representante de Brasília na atual lista de apresentadores, se juntando a Alexandre Garcia e Heraldo Pereira. Ao lado de Carla Vilhena, eles são os únicos presentes que não comandam uma atração própria.

O revezamento do “JN” conta ainda com as duplas do “Bom Dia Brasil”, “Jornal Hoje” e “Jornal da Globo”.

Giuliana já participa dos rodízios do “Bom Dia” e “JH” e recentemente se destacou ao interromper voluntariamente as férias na Europa para colaborar com a cobertura dos ataques contra a revista francesa Charlie Hebdo.

Mas consta que a definição da entrada de seu nome em nada tem a ver com isso e já estaria acertada desde o final de 2014, após o bom desempenho cobrindo Ana Paula Araújo no “Bom Dia Brasil” ao longo de uma semana.

É a primeira estreia de um novo rosto na bancada do “JN” em dois anos. O último ingressante havia sido Evaristo Costa em janeiro de 2013.

A novidade mostra ainda o atual prestígio que os jornalistas da capital federal possuem com a direção global. Além da própria Giuliana, Fábio William, o apresentador do “DFTV 1” estreou há não muito tempo nas edições de sábado do “JH”.

Poliana Abritta, atualmente no “Fantástico”, estreou no dominical oriunda direto das reportagens em Brasília. E Zileide Silva, que atualmente se trata de problemas de saúde, já participa das apresentações do “JH” há anos, mas passou a acumular também as férias de Christiane Pelajo no “Jornal da Globo” somente no meio do ano passado.

NaTelinha

O que acontece com o programa “Hoje em Dia”?

Antenado

O que acontece com o programa "Hoje em Dia"?

Divulgação/TV Record

No início deste ano, uma das grande expectativas do mercado e de todos os fãs de televisão, era ver a renovação no time do “Hoje em Dia“, da Record. Saíram Celso Zucatelli, Edu Guedes e Chris Flores; entraram César Filho, Ana Hickmann e Renata Alves.

Em números, o programa começou bem: no primeiro dia (12 de janeiro), chegou a pico de 9 pontos e liderou por vários momentos. Com o tempo, esse número se mostrou fogo de palha ou cavalo paraguaio, como queiram.

81% dos confrontos foram perdidos para o SBT, e anti-picos de 2 pontos no Ibope da Grande São Paulo aconteceram, fazendo a Record perder até para o “Jogo Aberto”, da Band. Bom, estes índices provam que o programa não vai só mal por quem está no video, e sim o conteúdo bem mais ou menos que beira o “Hoje em Dia” faz algum tempo. Quadros genéricos, pautas – principalmente as femininas – que sempre se repetem, bloco de noticias no tempo totalmente errado. Isso é problema da direção e precisa ser resolvido.

Mas falando do novo casting de apresentadores, ainda não me agradou também. César Filho é bom, com voz e dicção perfeitas, mas ele tem alguns vícios que me chateiam – isso é meu, subjetivo, pessoal -, como fazer algumas filosofias quando matérias mais fortes são levadas ao ar. Fora que o atual bloco de notícias do “Hoje em Dia” é igual ao que ele fazia no “Notícias da Manhã”, do SBT, o que dá uma cara de cópia mal feita.

Já Ana Hickmann tem classe, beleza, mas não tem naturalidade. Ela é uma boa profissional e ponto, não fora do comum como a Record vende muitas vezes. Já Renata Alves é uma excelente repórter de entretenimento. Veja, escrevi repórter, não apresentadora. Mas dou um alívio para ela, já que nunca apresentou nada na sua carreira. É a única que dou tempo ao tempo.

O “Hoje em Dia” perdeu um pouco de sua identidade inicial. O que exatamente acontece com o programa que, queriam ou não, deu uma grande mudança nas manhãs da TV brasileira? Desgaste de pautas, quadros repetitivos e apresentadores atuais que não tem um carisma e entrosamento grande.

É esperar para ver as outras disputas, mas o quadro é preocupante.
Gabriel Vaquer escreve sobre mídia e televisão há vários anos. No NaTelinha, além da coluna “Antenado”, assinada todos os sábados, é responsável pelo “Documento NT” e outras reportagens. Converse com ele. E-mail: gabriel@natelinha.com.br / Twitter: @bielvaquer

 

NaTelinha