Na “Fazenda” a preocupação de economizar água não existe

Leo Rodriguez em Itu

O pessoal da “Fazenda” esqueceu a civilidade do lado de fora. Lá, o tão necessário racionamento de água simplesmente não existe, porque a gastança, dentro e fora da casa, supera todos os excessos.

Um de seus participantes, o cantor Léo Rodriguez, só num dia ao escovar os dentes, deixou a torneira aberta por vários minutos. Escovava, ao mesmo tempo falava, e a tão precisosa água caindo.

E isto em Itu, onde de muito tempo a população está penando com a seca. Não custava nada alguém da produção dar um toque.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.