Cruzeiro tem 24 horas para provar cessão de 10% dos ingressos ao rival

Presidente do STJD informa que Raposa terá de provar até o final da tarde desta terça-feira que liminar da última sexta-feira foi cumprida pelo clube celeste .

Atlético-MG x Flamengo - Mineirão  (Foto: Fernando Martins)

Segundo STJD, Cruzeiro tem de cumprir liminar da última sexta-feira (Foto: Fernando Martins)

A novela dos ingressos para a segunda partida da final da Copa do Brasil não terminou. Após a Policia Militar vistoriar o Mineirão e determinar o número de lugares para a torcida do Atlético-MG, nesta segunda-feira, o clube alvinegro entrou com uma petição na justiça desportiva reclamando do não cumprimento, por parte do Cruzeiro, do que foi estabelecido em liminar concedida na última sexta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em relação à carga de ingressos destinadas à torcida visitante. No caso de não cumprimento, o clube vai a julgamento por descumprir uma decisão do órgão. O Cruzeiro alegou que não recebeu a intimação da decisão e que por isso continuará obedecendo a recomendação da Polícia Militar.

A intimação foi realizada pelo presidente do STJD, Caio Rocha, que informou que o atual campeão brasileiro tem um prazo de 24h (que se encerra nesta terça-feira, às 18h) para provar que cumpriu a determinação de ceder os 10% de ingressos para o Atlético-MG e provar que o rival está equivocado.

Após a vistoria realizada pela Polícia Militar, na manhã desta segunda-feira, ficou definido que por questões de segurança, seriam liberados 1.854 ingressos para os atleticanos. O anúncio da PM se choca com uma liminar concedida na sexta-feira pelo STJD, que determinava que 10% da carga (cerca de seis mil) deveriam ser destinados aos visitantes.

Inicialmente, haviam sido disponibilizados 2.754 ingressos para a torcida atleticana. Entretanto, uma primeira vistoria estabeleceu que, por questão de segurança, dois blocos seriam interditados, um deles na área destinada aos atleticanos. A carga caiu para 1.813 ingressos. A diretoria cruzeirense ainda alegou que havia começado a venda – com 40 mil ingressos já comercializados, incluindo o bloco roxo, onde ficariam os visitantes. A cota, então, diminuiu para 923 lugares, fazendo com que o Galo buscasse o STJD e PM marcasse nova vistoria.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.