Avaí 0 x 3 Joinville

0 x 3

32ª RODADA
JOINVILLE TEM INÍCIO AVASSALADOR, BATE O AVAÍ POR 3 A 0 E DORME NA LIDERANÇA
Tricolor faz dois gols nos primeiros nove minutos, iguala a pontuação da Ponte e abre seis pontos de vantagem sobre o terceiro colocado Vasco
Matemáticos dizem que, com 66 pontos, o acesso à Série A está garantido. Caso a previsão se confirme, faltam ao Joinville apenas duas vitórias. Nesta sexta-feira, o time do Norte de Santa Catarina deu um importante passo no seu objetivo. Jogando na Ressacada, fez 3 a 0 no Avaí, um rival estadual e que também briga para subir.

O JEC chega a 60 pontos, assim como a Ponte Preta, e dorme na liderança graças ao número de vitórias. Além disso, abre seis pontos de vantagem sobre o terceiro colocado Vasco e oito sobre o Avaí, que fecha a zona de acesso. O time carioca enfrenta os paulistas neste sábado, no Rio.

A vitória foi encaminhada em nove minutos, tempo necessário para que Rogério e Fernando Viana aproveitassem os erros do Leão. Na etapa final, Fabinho ainda deixou sua marca, gol que reafirmou a competência dos visitantes. Embalado, o Tricolor chega ao quarto triunfo em sequência – sendo os últimos três por 3 a 0. Os avaianos fizeram apenas três pontos em 18 disputados, acumulando a terceira derrota seguida.

O tempo para corrigir os erros do Leão, no entanto, é curto. O time volta a campo na terça-feira, diante do Luverdense, em Lucas do Rio Verde, as 21h50 (de Brasília). No mesmo horário, o JEC volta a jogar diante da torcida, contra o Bragantino.

O jogo

O mistério apresentado pelos dois treinadores antes de a bola rolar revelou mais a estratégia do que mudanças significativas na escalação. Do lado avaiano, o desejo de buscar o gol cedo, enquanto os tricolores armados à espera do primeiro erro. E não demorou a aparecer. Aos três minutos, Marcelo Costa cobrou falta, e Rogério aproveitou a bobeira na marcação para testar para a rede. Atordoado, o Avaí falhou de novo minutos depois. Anselmo achou uma brecha na defesa,e Fernando Viana finalizou com precisão no canto de Vagner.

A vantagem deu tranquilidade para o JEC. O Leão encontrou um rival com duas linhas de quatro definidas, e Edigar Junio e Viana no primeiro combate. Geninho resolveu ousar. Tirou um zagueiro e colocou um atacante – Bruno Maia por Wilker. Partiu para a pressão, mas um Marquinhos bem marcado dificultou a criação. Mais na base do abafa, o time teve chances e esbarrou no goleiro Ivan, que garantiu a vitória no primeiro tempo. A vantagem ainda poderia ser maior, mas o belo arremate de Fernando Viana parou na trave.

Na volta do intervalo, Hemerson Maria trocou Fernando Viana por Fillipe Soutto, o quarto volante em campo. No Avaí, Bocão voltou no lugar de Marrone para dar mais profundidade pela direita. As alterações escancararam o plano de jogo. Ao Leão, a pressão; enquanto ao JEC novamente a espera pelos erros. Pouco organizado, o Leão não mais assustou. Esforçava-se em cruzamentos e teve sua melhor chance numa cobrança de falta de Carleto. Na paciência, os visitantes esperaram até os 28 minutos. O erro apareceu, e Fabinho decretou o triunfo que encaminha o acesso: 3 a 0. O lateral-esquerdo Carleto, do Leão, ainda perdeu a cabeça e foi expulso nos minutos finais.

gol avaí x joinville (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)
Joinville fez 2 a 0 em apenas nove minutos e, na etapa final, definiu a vitória sobre o Avaí: 3 a 0
(Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)
GLOBO ESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.