Goiás é punido e pega Fluminense, Bahia e Corinthians com portões fechados

Julgado pelo STJD, clube recebe multa de R$ 30 mil e não poderá vender ingressos nas próxima três rodadas em que atuar no Serra Dourada; advogado garante recorrer

Julgado no início da noite desta segunda-feira, o Goiás foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e terá de jogar com portões fechados nas três próximas partidas da Série A. Além disso, o clube recebeu multa de R$ 30 mil. A pena é referente à briga entre torcedores na vitória por 1 a 0 sobre o Figueirense no dia 4 de outubro, no Serra Dourada, em duelo válido pela 26ª rodada.
Com a decisão do STJD, o Goiás, obrigatoriamente, não poderá vender ingressos para os jogos contra Fluminense (01/11), Bahia (09/11) e Corinthians (19/11). O clube só poderá receber torcedores no Serra novamente no dia 7 de dezembro, quando encara a Chapecoense, na última rodada do Brasileirão.

De acordo com João Vicente, advogado do Goiás, o departamento jurídico do clube vai interpor recurso na tentativa de conseguir o efeito suspensivo da decisão. O Alviverde foi denunciado nos artigos 213 e 191, incisos I e III. A pena poderia ser de até 10 jogos com portões fechados e multa de até R$ 300 mil.

Antes mesmo de saber o resultado da audiência no STJD, Esquerdinha já lamentava a possibilidade de o clube ser punido. O meia diz que o time é mais forte com o apoio da torcida.

– Jogar no Serra é complicado para os adversários. O Grêmio sentiu. Quem vem aqui cansa. É lamentável poder perder mando por causa de uma briga. Isso tem que acabar não só aqui, como em todo Brasil – afirmou o jogador na manhã desta segunda.

Briga - Goiás x Figueirense (Foto: Reprodução / PFC)
Torceodores de Goiás e Figueirense brigam na geral do estádio Serra Dourada, em 4 de outubro (Foto: Reprodução/PFC)

Entenda o caso

No duelo contra o Figueirense, torcedores desceram para o antigo setor da geral aos 24 minutos do segundo tempo e iniciaram o confronto. O jogo precisou ser interrompido, e o árbitro Marcelo Aparecido de Souza relatou o incidente em súmula, o que pode tende a agravar a pena.

Seis torcedores foram detidos por conta da briga generalizada, dentre eles um que se feriu com maior gravidade e precisou receber atendimento do corpo de bombeiros. Desse total, dois eram menores de idade e dois eram realmente torcedores do Figueirense, segundo a Polícia Militar. Todos foram encaminhados para o Juizado Especial Criminal no próprio Serra Dourada, assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foram liberados em seguida.

Reincidente em casos de indisciplina no estádio, o clube goiano chegou a perder quatro mandos de campo neste Brasileiro depois que um torcedor estourou uma bomba na partida contra o Sport, válida pela 11ª rodada. No entanto, o departamento jurídico do clube conseguiu anular a pena.

GLOBO ESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.