“Arena dos Mosaicos”: torcidas do RN chamam atenção na Copa do Brasil

Rivalidade entre ABC e América-RN gera disputa “sadia” nas arquibancadas da Arena das Dunas. Alvinegro fará novo mosaico em jogo decisivo contra o Cruzeiro

A façanha dos times potiguares na Copa do Brasil revelou entre os torcedores a vontade de fazer bonito também nas arquibancadas. Nos últimos meses, a Arena das Dunas, palco da Copa do Mundo em Natal, vem recebendo a cada jogo importante de ABC e do América-RN nova manifestação. Os mosaicos tomaram conta do estádio e agora fazem parte de uma espécie de disputa entre alvinegros e alvirrubros, que parecem querer sempre superar o mosaico anterior do rival e acabam fazendo grande festa, um espetáculo à parte.

Mosaico torcida América-RN x Flamengo (Foto: Alexandre Lago)
Torcida do América-RN monta dois mosaicos no jogo contra o Flamengo, pela Copa do Brasil (Foto: Alexandre Lago)

– Independentemente da rivalidade dentro de campo, essa disputa da torcida é válida, sadia. Porque torcida é isso: festa nas arquibancadas e apoio ao time. E a gente faz um e já pensa em fazer o próximo (mosaico) – garante Romerito Fidélis, um dos torcedores que participaram da organização do último mosaico do Mecão, no jogo contra o Flamengo.

Batizado pela própria torcida como “Os olhos do Dragão”, o maior mosaico feito pelos torcedores do América-RN na Arena das Dunas foi o quarto montado pelos alvirrubros em Natal (veja os bastidores da montagem do mosaico no vídeo ao lado). Usando como base os olhos de um dragão, mascote do time, o mosaico foi visto no dia 1º de outubro, na histórica partida do Mecão contra o Flamengo válida pelas quartas de final da Copa do Brasil. Pela primeira vez, uma enorme arte foi preparada para ser exposta em todo o setor Leste, na parte central do estádio. Além disso, um outro mosaico evidenciou as iniciais “AFC” com a Bandeira do Brasil ao fundo, no setor Sul, localizado por trás do gol.

O jogo em questão levou mais de 30 mil torcedores às arquibancadas e bateu o recorde de público da Arena das Dunas após a Copa do Mundo. Cerca de 70 alvirrubros participaram da montagem do mosaico, chegando ao estádio às 13h no dia da partida e concluindo o trabalho às 17h, cinco horas antes do início do duelo.

Através da contribuição voluntária de torcedores e também de patrocinadores, o grupo conseguiu arrecadar R$ 6.125, sendo cerca de R$ 4.000 por meio de patrocínio. O dinheiro foi usado para a impressão dos papéis que compunham o desenho, além da compra de material como fita adesiva e tecido para faixas. Romerito lembra que não contou com apoio da diretoria para a realização dessa homenagem e ressaltou o esforço e a união da torcida americana.

Mosaico torcida América-RN x Fluminense (Foto: Klênyo Galvão)
Mosaico da torcida do América-RN no jogo contra o Flu, na Copa do Brasil (Foto: Klênyo Galvão)

– Através das redes sociais, a gente começou a pedir contribuição dos torcedores e conseguiu algo em torno de R$ 4.000 de patrocínio também. Mas não contamos com apoio nenhum da diretoria. A gente mandou confeccionar os papéis em Fortaleza porque acaba saindo mais barato, e o restante nós compramos aqui – contou.

Antes desse jogo contra o Flamengo, a torcida alvirrubra já montou três mosaicos em outras oportunidades, todos menores, usando apenas o setor Sul do estádio. A ideia foi posta em prática inicialmente contra o ABC, no primeiro Clássico Rei da Arena das Dunas, no dia 3 de maio, pela Série B do Brasileirão. O seguinte foi visto no jogo contra o Fluminense, na Copa do Brasil, no dia 6 de agosto. Pela mesma competição, diante do Atlético-PR, um novo mosaico foi montado no dia 27 de agosto.

O responsável pela arte do mosaico é um designer, amigo de Romerito. Ele explica que fotografou as arquibancadas vazias e encaminhou para o amigo, que utilizou um programa de computador para elaborar a arte e apontar a distribuição dos papéis pelas cadeiras do estádio, de modo que o resultado final fosse o visto no início da partida.

– Tem um designer amigo meu que elabora as artes. A gente tira foto da arquibancada, em blocos, e passa para ele. Eu não entendo muito dessas coisas, mas sei que ele usa algum programa para converter cada cadeira em um quadradinho. Ele conta quantas tem na vertical e na horizontal e vai montando a arte dele em cima disso. Depois nos passa, e a gente distribui os papéis pelas cadeiras – detalhou.

TOMA LÁ, DÁ CÁ

Do lado do ABC, a torcida já está preparando uma resposta aos alvirrubros e deve fazer o que está sendo chamada de “maior festa do RN – parte II”, diante do Cruzeiro, na próxima quarta-feira. A primeira parte foi vista na partida contra o Vasco, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, no dia 2 de setembro. Os alvinegros inovaram no quesito mosaico, utilizando pela primeira vez três módulos (Norte, Leste e parte do setor Sul) da Arena das Dunas. Mais de 15 mil folhas brancas formavam “ABC FC – O Mais Querido do RN”.

Imagem aérea da Arena das Dunas - ABC x Vasco (Foto: Gabriel Azevedo/Drone Midia)
Imagem aérea da Arena das Dunas no jogo entre ABC e Vasco (Foto: Gabriel Azevedo/Drone Midia)

A exemplo do que fizeram os americanos, cerca de 60 abecedistas chegaram cedo ao estádio, às 9h, e levaram quase seis horas para deixar tudo pronto para o jogo que começaria apenas às 19h30. Porém, do ponto de vista da criação, os torcedores do Mais Querido contaram com o suporte de um mapa do estádio, disponibilizado pela Arena das Dunas, o que facilitou um pouco na hora de pensar a distribuição dos papéis.

Michell Muller, um dos torcedores à frente da organização desse mosaico, conta que a diretoria do ABC costuma ter uma boa relação com as torcidas organizadas do clube e que deu sua contribuição para a realização do mosaico. Além disso, o grupo organizador contou com patrocínio, colaboração de outros alvinegros através de campanha na internet e ainda o dinheiro de rifa feita por eles, que premiava o vencedor com fim de semana em pousada do litoral potiguar.

– No total, arrecadamos uns R$ 6.200. Com esse dinheiro, compramos os papéis, fitas, além dos gastos operacionais, como gasolina, telefone e tudo mais para resolver as coisas – destacou.

A rivalidade, que já era grande e antiga dentro das quatro linhas, agora começa a se mostrar ainda mais promissora e saudável também nas arquibancadas. Afinal, ninguém quer ficar para trás quando o assunto é mosaico e amor pelo seu clube. Na próxima quarta-feira, o ABC recebe o Cruzeiro na segunda e decisiva partida pelas quartas de final da Copa do Brasil. A derrota por apenas 1 a 0 no Mineirão manteve acesa a esperança do torcedor por classificação inédita para as semifinais da competição nacional. E para um momento tão especial para o clube, todas as torcidas organizadas resolveram se unir para promover festa ainda maior.

– Já existe um projeto para o jogo do Cruzeiro, que está sendo preparado por um designer. A gente viu o do América-RN (contra o Flamengo) e já está fazendo outro para gerar uma repercussão maior ainda. Não posso dar detalhes, mas será algo grande, se possível maior do que o que já fizemos. Isso é ótimo porque fica uma briga sadia e acaba trazendo alguns torcedores para mais perto do time e para dentro do estádio. E até acho que podemos, sim, chamá-lo de “Arena dos Mosaicos” – brinca o torcedor.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.