Números de ontem do TV TOTAL

Isabel Vilela_Juliana Silveira

País Visualizações
Sinal BrasilBrasil 573
Sinal Estados UnidosEstados Unidos 70
Sinal United KingdomUnited Kingdom 21
Sinal PortugalPortugal 14
Sinal HolandaHolanda 5
Sinal AustráliaAustrália 5
Sinal EgitoEgito 2
Sinal ArgentinaArgentina 2
Sinal RomêniaRomênia 1
Sinal AlemanhaAlemanha 1
Sinal MéxicoMéxico 1
Sinal PeruPeru 1
Sinal Arábia SauditaArábia Saudita 1

Zeca Camargo poderá ganhar quadro de viagens no “Vídeo Show”

Zeca Camargo poderá ganhar quadro de viagens no "Vídeo Show"

Divulgação/Globo

Além da função de apresentador e de influência no conteúdo editorial do “Vídeo Show”, ZecaCamargo deverá ganhar um quadro próprio no programa.

Segundo a coluna Controle Remoto, existe um projeto bastante avançado para Zeca de um quadro de viagens. Toda a ideia já foi formalizada e está em fase de aprovação para começar a ser executada.

Vale lembrar que, em paralelo às novidades que o “Vídeo Show” vem recebendo, há um clima de insegurança. São fortes os rumores de que Boninho vá voltar para a direção e que Ricardo Waddington deixe o projeto.

Caso tal troca se confirme, os projetos tocados por Waddington e as pessoas contratadas por ele para reforçar o programa possam ser destituídas e substituídas por nomes de confiança de Boninho e pelas suas próprias ideias.

 

NaTelinha

Flamengo encaminha renovação de Marcelo e estuda contratos perto do fim

Cláusula prevê ampliação de vínculo com zagueiro por quatro anos. Arthur não deve ficar, e Chicão e Márcio Araújo terão salários revistos com proposta por meta

Marcelo, Flamengo, torcida, Flamengo x Atlético (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)

Dos que têm contrato perto do fim, Marcelo é o com situação mais encaminhada (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)

Sem alarde, o Flamengo começa a fazer contatos para definir o futuro de jogadores com os contratos perto do fim. As conversas ainda estão em estágio inicial, mas a diretoria já tem em mente os termos a serem propostos para quem estiver nos planos para próxima temporada. O caso mais bem encaminhado é o do zagueiro Marcelo, que tem uma cláusula de renovação automática por quatro anos. Além dele, Chicão, Léo Moura, Nixon, Arthur, Márcio Araújo e João Paulo encerram seus vínculos com o Rubro-Negro em dezembro.

Revelação do Volta Redonda no Campeonato Carioca, Marcelo tem os direitos econômicos divididos e está vinculado ao Cianorte, do Paraná. O empréstimo até o fim de 2014 prevê que o Flamengo pode exercer o direito de ampliação do vínculo até o 2018, com reajuste salarial anual já previsto. Com 12 partidas sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, o zagueiro de 23 anos é visto como um bom investimento e a expectativa é de que emplaque 2015 na Gávea.

Apresentado juntamente com Marcelo, Arthur não deve ter o mesmo destino. Em 11 partidas, o artilheiro do Campeonato Paranaense sequer fez gol pelo Flamengo e a tendência é que retorne ao Londrina. Já as situações de Chicão e Márcio Araújo estão bem definidas: tidos como importantes para o elenco, ambos têm salários considerados altos e precisarão aceitar uma redução para assinatura de um novo contrato de um ano, que teria gratificação a partir de metas alcançadas.

Quem já conversa para seguir no clube é Nixon. Autor do gol da vitória por 2 a 1 sobre o Figueirense, o atacante de 22 anos deseja ter mais oportunidades de jogar e uma das possibilidades é a assinatura de um contrato longo com o Flamengo seguido de empréstimo de uma temporada para pegar experiência.

A diretoria rubro-negra estuda ainda os casos de Léo Moura e João Paulo. Prestes a completar 36 anos, o lateral-direito tem assinado vínculos anuais e completará uma década de Flamengo caso tenha o contrato renovado. A situação do lateral-esquerdo segue indefinida. Titular com Vanderlei Luxemburgo, o jogador é contestado pela torcida e é consenso nos bastidores de que é necessária a chegada de um nome para posição.

GLOBO ESPORTE.COM

Diante do Flamengo, líder busca recuperação e primeira vitória no novo Maracanã

Cruzeiro acumula seis jogos sem vitória no palco da final da última Copa, inaugurado em 2013. Marcelo Moreno espera ajudar a equipe com informações do adversário

Seis jogos e nenhuma vitória. Essa estatística não parece combinar com o líder Cruzeiro, mas pertence ao time de Marcelo Oliveira. A Raposa ainda não saiu vitoriosa do Maracanãdesde que ele foi reformado para receber, entre outras partidas, a final da Copa do Mundo. É no palco da final do último Mundial que o time mineiro tentará se recuperar da derrota desta quarta-feira, para o Corinthians. No domingo, pega o Flamengo, às 16h (de Brasília), no Rio de Janeiro, e quer mostrar que o revés para o adversário paulista foi apenas um deslize. De quebra, espera acabar com o tabu de não sair com os três pontos do Maraca.

– A gente vai com tudo. Vamos jogar contra um time bom, que conheço muito bem. Agora temos que pensar só na vitória, descansar para conseguir essa vitória que a gente ainda não conseguiu no Maracanã – afirmou o atacante Marcelo Moreno.

Nos seis jogos que fez no Maracanã desde que o estádio foi reinaugurado, em abril do ano passado, o Cruzeiro somou três derrotas e três empates. Em 2013, perdeu para Fluminense, no Brasileirão; para Flamengo, na Copa do Brasil; e para o Vasco, pela Série A. Novamente o time voltou a jogar com o rubro-negro, pelo Brasileiro, e saiu de campo com um empate. Nesta temporada, foram mais duas igualdades, com Botafogo e Fluminense, este último com drama, pois vencia até os 43 minutos do segundo tempo .

A gente vai com tudo. Vamos jogar contra um time bom, que conheço muito bem
Marcelo Moreno

O atacante Willian destacou a necessidade de o Cruzeiro reagir com uma vitória no Maracanã. Para ele, o revés para o Corinthians não pode atrapalhar na caminhada celeste, e um triunfo no Rio de Janeiro seria uma demonstração de força

– Indiferentemente do estádio, é um jogo importante. Espero que a gente possa mostrar um bom futebol e conseguir a vitória. Sabemos da dificuldade que vai ser, mas vamos impor nosso ritmo. O Maracanã é um estádio bom para se jogar e tomara que a gente saia com a vitória.

Se Willian enfrentou um ex-clube nesta quarta, no domingo será a vez de Marcelo Moreno. O boliviano estava no Flamengo até o final do ano passado e espera tirar proveito disso para ajudar o time mineiro com informações.

Marcelo Moreno, atacante do Cruzeiro (Foto: Reprodução / TV Globo Minas)
Marcelo Moreno marcou gol no empate por 3 a 3 com o Fluminense, no Maracanã (Foto: Reprodução / TV Globo Minas)

– Acho que sim. Conheço muitos jogadores que ainda estão jogando lá. O que eu puder passar para ajudar meu companheiros e o Marcelo Oliveira, estou à disposição.

Jogos do Cruzeiro no novo Maracanã:

Fluminense 1 x 0 Cruzeiro
Flamengo 1 x 0 Cruzeiro
Vasco 2 x 1 Cruzeiro
Flamengo 1 x 1 Cruzeiro
Botafogo 1 x 1 Cruzeiro
Fluminense 3 x 3 Cruzeiro

 

GLOBO ESPORTE.COM

Com 110 mil gatos abandonados em Fortaleza, entidades querem retomada de controle populacional

Thatiany Nascimento | 15h30 | 10.10.2014

Técnica que já foi usada em 2012 e tem 3 etapas visa controlar a população de felinos e diminuir a quantidade destes animais em locais públicos

Gatos são abandonados em locais públicos de Fortaleza. Foto: Natinho Rodrigues

Ter o controle populacional de gatos abandonados nas ruas e minimizar o problema que atinge parques, praças, cemitérios e campus universitários nas cidades é o objetivo da aplicação da técnica C.E.D (captura, esterilização e devolução), conhecida mundialmente. O método que realiza as três ações nos felinos já foi aplicado em um projeto piloto, em Fortaleza, em 2012. Porém agora, as organização de proteções aos animais não realizam mais a ação em grande escala, pois carecem de apoio e aguardam a iniciativa do poder público para retomar a técnica.
Segundo a ex-presidente do Movimento SOS Gatos Fortaleza, consultora e blogueira de pets, Renata Costa, quando em curso, o projeto de aplicação do método C.E.D conseguiu castrar 300 animais que estavam abandonados no Parque das Crianças, no Centro e no Cemitério do Mucuripe.
De acordo com ela, o projeto piloto foi idealizado pelo SOS Gatos, que era um Grupo de Trabalho formado por ONG’s protetoras animais e protetores independentes, mas que agora está desativado. A ação que, no decorrer de 2012 realizou mutirões, contou com a ajuda dos profissionais da Faculdade de Veterinária (Favet) da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e apoio financeiro da Prefeitura.
“Estimamos que há cerca de 110 mil gatos abandonados em logradouros públicos do município. E temos que ressaltar que o simples recolhimento é ineficaz e improdutivo”, afirmou Renata. Um levantamento feito pelo SOS aponta que o Parque das Crianças, o Parque Adahil Barreto, oParque do Cocó, o Parque Rio Branco, o entorno das lagoas da Maraponga e dePorangabussu, a Praça do Hospital Militar, praças do bairro José Walter, os cemitérios, oscampus de universidades e o Polo de Lazer da Avenida Sargento Hermínio, são locais com grandes concentrações de felinos na Capital.
Hoje, no auditório da Uece a professora e idealizadora do projeto Felinos Urbanos em São Luís (MA), Otávia Mello, participou de um evento do Projeto de Extensão Animus – Educação Humanitária e falou sobre a técnica. De acordo com ela – que há três anos atua voluntariamente na capital maranhense aplicando o método – nesse tempo 825 animais – sendo a maioria gatos e alguns cachorros – foram castrados. O custo total da aplicação da técnica C.E.D em fêmeas é de R$ 170,00 e em machos R$ 110,00. O método já é adotado por grupos de proteção e voluntários nas cidades Goiânia, Salvador, São Paulo e Porto Alegre.
Diário do Nordeste – Cidade – 10.10.2014

Nicole Balhs faz declarações picantes sobre Thor Batista

14h31 | 10.10.2014

Apresentadora faz declarações picantes sobre ex namorados. Thor Batista sente-se desrespeitado e critica a moça

Depois de cutucar Emerson Sheik em uma de suas declarações da entrevista que acompanha seu terceiro ensaio no Paparazzo, revelando que o jogador não a surpreendeu na cama, Nicole Bahls continua criando polêmicas. Primeiro, disse que procura um homem como o Padre Fábio de Mello, e depois contou que de todos os 8 homens com quem teve relação sexual o melhor foi Thor Batista.

“Thor foi quem mais me surpreendeu na cama. Não gosto de transar em lugares diferentes, mas tinha vontade de fazer em um barco. Realizei esta minha fantasia com o Thor”, elogiou o rapaz sem entrar em muitos detalhes.

O playboy, contudo, ficou ofendido com o comentário da ex e fez questão de se posicionar. “Meu caso com a Nicole durou um mês e foi há cinco anos atrás. Sinceramente eu acho essa declaração uma falta de respeito com a minha namorada e comigo. A Lunara (Campos, a atual namorada) é 100 vezes melhor em todos os sentidos”, alfinetou.

Diário do Nordeste – Zoeira – 10.10.2014

Tapas & Beijos segue A Grande Família e deve terminar no auge

As atrizes Andréa Beltrão e Fernanda Torres em Tapas & Beijos, humorístico da Globo
Por RAPHAEL SCIRE, em 08/10/2014 · Atualizado às 19h01  

Fátima (Fernanda Torres) e Sueli (Andréa Beltrão) começaram Tapas e Beijos, em 2011, solteiras, casaram-se no ano seguinte, separaram-se logo depois e hoje vivem enroladas, aos tapas e beijos, com Armane (Vladimir Brichta) e Jorge (Fabio Assunção), justificando assim o título da série.

Em tempos em que as séries nacionais não passam da primeira temporada, Tapas & Beijos destaca-se por manter-se no ar pelo quarto ano seguido. É de se considerar que, quando comparado com A Grande Família, que ficou 14 anos em exibição, o seriado é uma menina na puberdade.

Boa parte do sucesso e da história se dá ao carisma de suas protagonistas. É visível a química entre as duas atrizes, o que deixa o enredo e o texto mais naturais e, portanto, mais engraçados, como convém a uma série de humor. Mas, assim como ocorreu com A Grande Família, Tapas & Beijos deixará de ser produzido ainda no seu auge _a temporada de 2015 será a última.

A história das duas solteironas que, ironicamente, trabalham em uma loja de noivas, poderia desbancar para a melancolia, mas é o riso que dá o tom da narrativa sem, contudo, ser escrachado. A graça está no jeito como o texto é dito, nas piadas inseridas no tempo certo e até mesmo no gestual e olhar dos atores.

O elenco integrado é outro ponto a favor da série. Flavio Migliaccio (Seu Chalita) é um dos melhores comediantes da TV brasileira e, a cada vez que entra em cena, dá show _o sotaque forçado é quase imperceptível. O mesmo pode ser dito de Vladimir Brichta, na pele do trambiqueiro Armane. E até Fábio Assunção, que nunca teve papéis cômicos de destaque, encontrou o tom de Jorge.

Dinâmica, a história dá espaço para que os personagens secundários também passem por transformações _o que a sustenta há tanto tempo no ar. Tavares (Kiko Mascarenhas) é o melhor exemplo desse dinamismo: de advogado passou a mendigo e agora volta a atacar de representante da lei. Flavinha (Fernanda Fernandes) é outra: já foi gerente da Djalma Noivas e agora ataca de dançarina do La Conga, a boate de Jorge. Até personagem sem intérprete a série se dá ao luxo de ter: Clotilde, a ex mulher de Armane que vive atormentando a paciência de Fátima só de ter o nome pronunciado.

Microcosmo de um Rio de Janeiro nada idealizado, a Copacabana de Tapas & Beijos mostra os perrengues da turma, que vira e mexe está metida em confusão _principalmente quando o assunto é dinheiro. Atualmente, Sueli não tem onde morar e vive de favores na casa da melhor amiga. Ontem (7), as duas ainda tiveram de aturar a prole gigantesca de Armane: seus cinco filhos quase botaram fogo no apartamento onde moram.

Tapas & Beijos conta, ainda, com a direção de núcleo de Maurício Farias, uma espécie de Midas do riso na Globo e responsável pela atual reformulação do cambaleante e desgastado Zorra Total. Em Tá no Ar, Farias, junto com Marcelo Adnet e Marcius Melhem, também trouxe ar novo para o humor dos programas da emissora, engessado nos últimos tempos.

Embora tenha inúmeras qualidades, é acertada a decisão de abreviar a trajetória de Tapas & Beijos antes que o seriado comece a dar sinais de convalescência, arrastando-se por episódios e perdendo a graça natural que ainda consegue ter.