Oeste 4 x 1 Bragantino

4 x 1

26ª RODADA
OESTE GOLEIA BRAGANTINO E VÊ LONGE ZONA DE REBAIXAMENTO DA SÉRIE B
Com um jogador a mais em boa parte do 2º tempo, Rubrão vence Massa Bruta por 4 a 1 e abre nove pontos de vantagem para o Z-4

Após quatro jogos sem vencer, o Oeste reencontrou o caminho da vitória na tarde deste sábado ao derrotar o Bragantino por 4 a 1, no estádio dos Amaros, em Itápolis. Com o resultado, o Rubrão abre nove pontos de vantagem para o Icasa, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento. Já o Bragantino permanece com 32 pontos e vê a equipe de Itápolis ficar apenas dois pontos atrás. Com um primeiro tempo equilibrado e com o 1 a 1 no placar, o duelo foi decidido na segunda etapa e após a expulsão do atacante Mota.

Com um homem a menos, o Oeste ditou o ritmo do jogo e conseguiu golear o adversário. Na próxima rodada, o Oeste vai ao seu segundo jogo seguido como mandante. No sábado, às 21h, o time de Itápolis recebe o ABC-RN, no Amaros. Já o Bragantino joga novamente fora de casa. Na sexta, às 21h, o Massa Bruta encara o Vasco, em São Januário.

Igualdade

Mesmo fora de casa, o Bragantino começou atacando. Com maior volume de jogo, o Massa Bruta abriu o placar aos 14 minutos com o atacante Mota que, livre de marcação, recebeu cruzamento de Bruninho e na marca do pênalti empurrou para o fundo do gol de Anderson. Controlando a partida, o Bragantino desperdiçou outras duas oportunidas com Magno e Sandro.

Se a máxima do futebol diz que “quem não faz, toma”, o Oeste seguiu a risca e empatou o placar aos 35 minutos, e em lance que gerou muita polêmica. Em rápido contra-ataque puxado por Serginho, o atacante sofreu falta. O meia Roger Gaúcho aproveitou a vantagem dada pelo árbitro e, quase caído, conseguiu tocar para o gol. A bola bateu na trave e percorreu a linha antes de entrar. O goleiro Matheus ainda tirou a bola, mas o árbitro deu o gol para o Rubrão.
Quatro minutos mais tarde o Oeste quase virou o placar com Serginho, em chute de fora da área que explodiu na trave esquerda do goleiro Matheus.

Uma expulsão, três gols

Se o primeiro tempo foi marcado pela igualdade em campo, a segunda etapa foi de total domínio do Oeste. Após a expulsão do atacante Mota, aos 10 minutos, o Bragantino não resistiu a pressão e acabou dominado pelo Oeste.

Aproveitando a superioridade numérica, o Oeste passou a trocar passes e em uma inversão de bola conseguiu a virada. Ezequiel virou o jogo para Roger Gaúcho que, livre de marcação, bateu forte no canto esquerdo do goleiro Matheus. Quatro minutos mais tarde, o Rubrão ampliou em cobrança de falta cobrada por Denis. Sozinho no meio da área, o atacante Serginho bateu de chapa: 3 a 1.

E a vantagem se tornou goleada quando Roger Gaúcho tocou na entrada da área para João Denoni, que limpou o zagueiro do Bragantino, e bateu no canto esquerdo do goleiro Matheus, dando número finais ao duelo em Itápolis.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.