A criança é um público abandonado pelo cinema brasileiro

A princesa Anna, de "Frozen - Uma Aventura Congelante", animação da Disney, que foi sucesso nos cinemas com as crianças

A princesa Anna, de “Frozen – Uma Aventura Congelante”, animação da Disney, que foi sucesso nos cinemas com as crianças

Por que o mercado cinematográfico raramente – ou quase nunca – se interessa em produzir alguma coisa para o público infantil?

Será que não temos bons roteiristas, diretores e produtores para este gênero de filme?

Existe dificuldade em captar ou convencer os grandes anunciantes? Ou quem sabe isso possa estar relacionado ao fato de não render bilheterias milionárias, como as observadas em filmes do Wagner Moura, Leandro Hassum  e companhia bela? Parece que temos aí um exemplo de pessoal que gosta de investir apenas na certeza, naquilo que pode render lucro instantaneamente.

De qualquer forma, são muitas as perguntas, e as respostas dificilmente irão aparecer. Até mesmo o principal grupo de comunicação do país, com seu braço de cinema, prefere ficar na miúda. Não esboça qualquer reação.

Enquanto isso, nossas crianças continuam consumindo apenas o que vem de fora, para felicidade dos estúdios Disney e de outros. Lamentável.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.