Números de ontem do TV TOTAL

Isabel Vilela_Juliana Silveira

País Visualizações
Sinal BrazilBrazil 750
Sinal Estados UnidosEstados Unidos 89
Sinal PortugalPortugal 9
Sinal ArgentinaArgentina 6
Sinal AustráliaAustrália 6
Sinal United KingdomUnited Kingdom 5
Sinal EspanhaEspanha 3
Sinal JamaicaJamaica 3
Sinal ColombiaColombia 2
Sinal New ZealandNew Zealand 2
Sinal GeorgiaGeorgia 2
Sinal CanadáCanadá 1

Tom Barros comenta a vunerabilidade da zaga do Ceará

 

Anderson Grasiane de Matos SilvaAlex Tenório Rodrigues de Lima

Os temores de novo resultado adverso do Ceará decorrem de uma observação simples: a repetição de senões que determinaram as derrotas para o ABC, Botafogo e Oeste. Nesses jogos o Vozão poderia ter saído com vitórias, mas os vacilos na defesa acabaram comprometendo os resultados. Depois que a dupla Sandro/Diego Ivo afastou-se por força de contusão, a insegurança passou a ser notória nesse compartimento. Não se trata de queimar a dupla Anderson/Alex Lima. Não é isso. Os próprios atletas, numa autocrítica, devem se perguntar sobre a razão de tanta vulnerabilidade. Anderson e Alex sabem jogar muito mais do que vêm jogando. Qual o motivo da fase atual tão oscilante? O assunto deve ser tratado com profissionalismo, lealdade e respeito recíproco.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 09/09/2014

Tom Barros relembra derrota do Ceará para o América Mineiro na segunda rodada da Serie B

Campeonato Brasileiro – 2014 – Serie B – 2º Turno – 21ª Rodada
Castelão – Fortaleza/CE

Time Rival
Ceará

O Ceará foi goleado pelo América (3 x 0) em Belo Horizonte na 2ª rodada. Lá, Magno Alves não atuou. A defesa foi composta por Sandro e Anderson. No ataque jogaram Nikão e Bill. O jogo de hoje tem característica especial porque representa disputa direta pelo G-4. O Ceará, por vir de duas derrotas consecutivas, viu aumentar a pressão da torcida.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 09/09/2014

Tom Barros comenta como a margem de vantagem para seus concorrentes diminuiu

Serie B PG J V E D GP GC SG %
1Joinville Joinville 39 21 12 3 6 30 21 9 61,90
2Avaí Avaí 35 20 10 5 5 24 14 10 58,33
3Ceará Ceará 35 20 10 5 5 34 29 5 58,33
4Vasco Vasco 35 20 9 8 3 28 19 9 58,33
5Ponte Preta Ponte Preta 34 20 9 7 4 26 20 6 56,67
6América-MG América-MGO cuidado do Ceará aumentou porque há duas equipes que podem ultrapassá-lo na rodada de hoje, caso vençam e o Vozão sofra nova derrota: a Ponte Preta e o próprio América. Isso o tiraria do G-4, o que representaria sério abalo moral. A Ponte, em casa, recebe o Atlético/GO e o América, aqui, enfrentará o Ceará. Vejam como ficou apertada a margem. 33 20 10 3 7 29 20 9 55,00

Tom Barros divulga em sua coluna dados de Airton Fontenele sobre os jogos entre Brasil e Equador

 

Airton Fontenele e suas estatísticas. Hoje, em Nova Jersey, Brasil x Equador. De 1942 a 2001, seleções principais, 28 jogos (23 vitórias do Brasil – última em Córdoba na Copa América por 4 a 2 em 2011), duas vitórias do Equador (ambas em Quito,1 x 0, Eliminatórias 2001 e 1 x 0, Eliminatórias 2004) e três empates. 88 gols a favor do Brasil, 22 contra.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 09/09/2014