Tom Barros espera que Eduardo mantenha bom futebol que apresentou contra o Botafogo

Eduardo Antônio Machado Teixeira

 

Cobrança

Todos sabiam que o meia Eduardo, do Ceará, tinha potencial para produzir muito mais. Ele não vinha jogando bem nos jogos passados. No Maracanã, porém, deu show diante do Botafogo. Aquele, sim, é o belo futebol dele. Manter o padrão é necessário.

 

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 29.08.2014

Tom Barros comenta a retomada de Walfrido

Retomada

Que bom ver no Fortaleza a retomada de Walfrido, que esteve fora durante bom tempo em virtude de contusão. Já disse: Walfrido joga bonito, elegante, cabeça erguida, leitura de jogo perfeita. Ótimo estar de volta justo quando o time vai para o desafio do mata-mata.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 29.08.2014

Tom Barros transcreve em sua coluna comentário de Paulo César Norões sobre atuação de Eduardo contra o Botafogo

Eduardo Antônio Machado Teixeira

 

“Para Eduardo, jogar no Maracanã não era novidade, pois aí atuou muitas vezes quando integrava o time do Fluminense”.

Paulo César Norões
Comentarista da TV Verdes Mares

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 29.08.2014

Tom Barros lamenta o Ceará não ter vencido por um placar maior que 2 a 1

Ceará Sporting Club

Definição

Lamentei o Ceará não ter gerado placar mais confortável para o jogo de volta. Teve chances de fazer 3 a 1 ou 4 a 1, mas deixou fugir as chances. A vantagem de 2 a 1 na Copa do Brasil nem sempre é ampla como se imagina. Faz parte desse modelo de competição.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 29/08/2014

Tom Barros comenta que o Ceará não tem que priorizar nenhuma competição

Ceará Sporting Club

 

Nada de prioridade

O Ceará não tem que priorizar esta ou aquela competição. Tem de encarar as duas. Basta gerenciar de forma inteligente a utilização de seu elenco. Provou isso no Maracanã na vitória sobre o Botafogo. Quem era reserva jogou como se titular fosse. E os titulares que se cuidem. Helder, Amaral e Michel que o digam. Creio ter sido um despiste o anúncio alardeado pelo Ceará de que priorizaria a Série B. Em campo, diante do Botafogo, o que se viu foi um time compromissado com o objetivo de buscar este ano o que lhe foi roubado em 1994: o título da Copa do Brasil.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 29/08/2014

Tom Barros divulga em sua coluna foto de equipe do Fortaleza de 1966

Image-0-Artigo-1688698-1

 

Recordando

1966. Time do Fortaleza. A partir da esquerda (em pé): técnico Moésio Gomes, Zé Carlos, Mário César, Nivaldo, Niltinho, Cavalcante e Edilson. Na mesma ordem (agachados): Etevaldo, Vanor Cruz, Edmilson, Chico Pombo e Zé Coelho. Detalhes: Na década de 1960, ficou famosa a Escolinha do Moésio Gomes no Fortaleza. Produziu atletas de qualidade em profusão no Pici. (Colaboração de Elcias Ferreira).

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 29/08/2014

Números de anteontem do TV TOTAL

Vôlei de Praia

País Visualizações
Sinal BrazilBrazil 537
Sinal Estados UnidosEstados Unidos 83
Sinal PortugalPortugal 15
Sinal JapanJapan 5
Sinal ItalyItaly 4
Sinal AustráliaAustrália 4
Sinal GermanyGermany 2
Sinal TurkeyTurkey 1
Sinal New ZealandNew Zealand 1
Sinal United KingdomUnited Kingdom 1
Sinal HolandaHolanda 1
Sinal BélgicaBélgica 1
Sinal ArgentinaArgentina 1

Por causa das concorrentes, Record aumenta salário de Fabíola Gadelha

Fabíola Gadelha substitui Marcelo Rezende aos sábados

 

A apresentadora Fabíola Gadelha está de contrato novo na Record. Assinou no começo da semana.

E em bases bem diferentes de quando aceitou trocar a sua base de Manaus por São Paulo. Em vez de R$ 5 mil, ela vai passar a receber R$ 20 mil por mês.
Dizem que isto foi feito e o dinheiro aumentado porque já existiam concorrentes de olho em cima.
Há 10 anos no jornalismo policial, a repórter Fabíola Gadelha chamou a atenção de Marcelo Rezende, apresentador do “Cidade Alerta”, ao entrevistar estupradores, ladrões e assassinos na TV A Crítica, afiliada da Record no Amazonas. Logo, Fabíola passou a fazer entradas ao vivo diárias no programa de Rezende e, atualmente, é ela quem comanda as edições de sábado da atração.
Para Fabíola, uma das poucas mulheres a trabalharem no segmento policial na TV aberta, foi seu “estilo diferente” que conquistou o público e despertou o interesse da Record. “Sou gordinha, mulher e fujo das regras”, afirmou a jornalista em entrevista ao UOL. “Os telespectadores viram em mim uma pessoa que é gente como a gente. Não emagreço, sambo se quiser, faço o que me dá na telha e ainda boto para cima do bandido”, resume.
Flávio Ricco com colaboração de José CXarlos Nery

Gisele Bündchen tem o maior contrato da propaganda brasileira

Gisele é top mais bem paga do mundo

 

Gisele Bündchen vai continuar estrelando os comerciais da Sky.

Um trabalho, aliás, que ela sempre aparece fazendo muito bem, justificando o alto preço pago por isso.
Mesmo existindo segredo dos valores, sabe-se que é o maior contrato do gênero na propaganda brasileira.
Modelo mais bem paga do mundo
Com ganhos estimados em 47 milhões de dólares no ano passado, entre contratos lucrativos e outros negócios, a brasileira foi a modelo mais bem paga do mundo pelo oitavo ano consecutivo, informou a revista “Forbes” em seu site.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Críticas do Ratinho a gays em novelas são vistas como perseguição

Ratinho faz campanha contra personagens

 

Usando do seu jeito brincalhão, Ratinho sempre foi um grande crítico das novelas da Globo, particularmente aquelas que concorrem com o seu programa no SBT. Até aí, direito dele.

Só que isto já se transformou em uma descarada campanha, de forma bem direta, contra os personagens gays.
Algo que chega a ser desrespeitoso, dada a insistência e ao vocabulário utilizado, com os seus próprios telespectadores.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery