James Akel comenta o futuro do Brasil se Dilma for reeleita

UM FUTURO DO BRASIL

 

Sei que ainda não é hora de jogar a toalha, mas não custa especular um pouco sobre o futuro.

 

Triste perspectiva !

O capital político do PT parece estar evanescendo.

Se a “presidenta ” for reeleita, será por pouco ,com margem mínima e após grande susto !

Mas acredito que tucanos votam em Marina.

 

Então os planos do PT de após mais quatro anos de Dilma, eleger Lula por mais 8 anos,ficam prejudicados.

O projeto de total hegemonia teria que ser executado a toque de caixa.

As florentinas luvas de pelica arrancadas e postas de lado.

A lenta “venezuelização” do Brasil agora ,a ser super acelerada

Toda aquela máquina planejada para infernizar um eventual governo de Aécio, seria usada ,turbinadíssima por ter continuado no poder,para apressar a “bolivarianização “

De cara, seria escancarado o aparelhamento do STF .

O “controle social” dos meios de comunicação implantado às pressas (e a tapa).

Os “conselhos sociais “do gilbertinho ,idem,idem.

As pressões dos MSTs da vida sobre os legislativos Federal,Estaduais e Municipais  avassaladoras.

Tudo “dominado” antes que se esgote o “volume morto” do prestígio petista.

 

É um quadro assustador,mas muito possível !

 

Assim ,por má que seja uma possibilidade de um governo “sonhático”, me parece menos assustadora do que um Governo petista, apavorado ,oficializando e soltando na arena com força total,todos seus aloprados, revivido o “na lei e na marra”.

 

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 09h39 no dia 29.08.2014

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.