Tom Barros comenta que o “casamento” entre televisão e futebol precisa dar certo

c7da7-rede-globoesportv

 

Casamento a perigo

No mundo todo, a parceria futebol/televisão há rendido lucros extraordinários para os clubes e para as redes de comunicação. Não há mais como dissociar uma coisa da outra. Assim, a notável visibilidade dos certames europeus, com estádios cheios e audiência em alta. No Brasil, como consequência da perda de qualidade do futebol, a audiência tem caído muito. Daí o fato gerador de preocupações com relação ao futuro dessa parceria em rede aberta. Mas ainda creio na possibilidade de recuperação. A ressaca pela derrota na Copa do Mundo trouxe frustração. Isso, claro, elevou o desinteresse dos menos apaixonados. Há ainda a inevitável comparação entre qualidade do que foi mostrado na Copa e o padrão doméstico ora observado. Só o tempo definirá os novos rumos.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 07.08.2014

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.