James Akel comenta a boa fase do jornalismo da Record Minas

01d84-recordminas

O jornalismo da TV Record de Minas, sob comando de Thiago Feitosa, vem realizando trabalho que assusta a TV Globo de lá.

Em especial o Balanço Geral que vem obtendo liderança de ibope com tranquilidade durante toda semana.

Igualmente acontece em São Paulo o jornalismo da TV Record, comandado por Douglas Tavolaro, diretor nacional de jornalismo, poderia ser mais bem aproveitado pela emissora e gerar uma média bem superior de ibope no mês e se distanciar da TV SBT.

Mas infelizmente a programação equivocada não permite sucesso e aproveitamento melhor desta gente.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 08h12 no dia 30.07.2014

James Akel comenta qual é o pior ramo de trabalho atualmente

bdd36-sbt-record

Por conta puramente da falta de criatividade dos diretores de emissoras e da falta de entendimento do que seja uma grade de programação de emissora, o ramo de tv passou a ser o pior ramo pra mercado de trabalho.

Alguns diretores vão contestar, principalmente no caso de TV Record e SBT, dizendo que por eles a grade seria diferente e o aproveitamento de artistas no mercado de trabalho também.

Mas se eles estão ocupando os cargos, mesmo que alguém superior determine isto, caberia a eles em tese uma criação diferente.

No SBT o Silvio manda em tudo e ainda quando perguntam isto pra ele ouve-se uma negativa.

Silvio tem a ousadia de falar que quem manda são seus executivos que são pagos pra isto.

A realidade é bem diferente e ninguém ousa colocar nada no ar que não seja aprovado por ele.

Quem um dia fez isto viu a reação irada do chefe.

Onde eu quero chegar é que no caso da TV Globo e da TV Record, as enormes demissões geradas agora entre artistas é fruto de falta de criação de diretores.

No caso da TV Record, o custo de artistas sem estarem trabalhando só existe por falta de planejamento.

A TV Record poderia ter ao menos 3 novelas e algumas séries.

Além de ter bons atores pra isto, acostumaria o público com novelas que não fossem as da TV Globo.

Entendam que se a TV Globo tem seu maior ibope nas novelas, a TV Record deveria enfrentar a TV Globo exatamente no que a TV Globo tem de mais caro.

Isto se chama guerrilha televisiva de verdade.

Se a TV Record que tinha excelentes atores, deveria ter quem realmente criasse uma grade de novelas e séries que mostrasse que a TV Record era a alternativa pra quem não desejasse ver as novelas da TV Globo.

Fizeram isto no jornalismo e deu certo.

Mas no jornalismo existe uma independência de um jornalista, Douglas Tavolaro, que embora não tivesse experiência de TV, era do ramo de jornalismo e portanto tentou e foi feliz numa criação de programação jornalística.

Mas na parte artística não existe ninguém que saiba planejar e colocar em prática tal coisa.

Quando eu escrevo que não existe ninguém eu me refiro aos diretores que mandam e não os que obedecem.

Não existe diretor que mande na programação que não seja da Igreja e sem experiência.

O ramo da TV empolga e faz com que os diretores se sintam os donos da verdade absoluta.

Quando alguém que jamais teve experiência nisto é guindado a tal posição, é o mesmo que pegar um jovem de ensino fundamental e colocar este jovem comandando a seleção de futebol.

Imaginem um jovem de 12 anos dirigindo a seleção e seus craques.

Ele vai se sentir o rei do Brasil e vai achar que sabe tudo de futebol.

Então os diretores da TV Record que são da Igreja são responsáveis por ter um excelente grupo de atores e não ter produção realizada com eles.

Isto reduziu o mercado de trabalho num tempo jamais visto antes.

Então sem a ameaça das produções da TV Record a TV Globo entendeu que não precisa mais manter artistas sob contrato e demite também um monte deles.

Se a TV Record tivesse gente no comando artístico que tivesse a mínima ideia de tv, os atores não ficariam sem trabalho e a programação seria competitiva.

Eu mencionei no começo o SBT porque o SBT, que teve grande sucesso com adaptações de novelas estrangeiras poderia perfeitamente recriar novelas estrangeiras com artistas nacionais e colocar estas novelas no período da tarde ao invés de repetir as antigas.

Bastaria seguir o modelo das estrangeiras de apenas três cenários de estúdio.

Os roteiros estrangeiros são emocionantes e Iris Abravanel já tem larga experiência disto e poderia realizar com sucesso.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 08h00 no dia 30.07.2014

Internacional 1 x 2 Ceará

 1 x 2 

Terceira fase
CEARÁ ACABA COM INVENCIBILIDADE DO INTER NO NOVO BEIRA-RIO E FAZ 2 A 1
Visitantes saem na frente, sofrem empate aos 46 do segundo tempo e chegam à vitória um minuto depois. Times voltam a jogar em duas semanas
O Ceará parece mesmo ser uma pedra no sapato do Inter.  O líder da Série B acabou com a invencibilidade colorada no novo Beira-Rio – eram oito jogos sem perder – ao fazer 2 a 1 na noite desta quarta-feira, em partida de ida pela terceira fase da Copa do Brasil. O jogo, que só terminou aos 52 minutos do segundo tempo, teve dois gols nos acréscimos – Alan Ruschel chegou a empatar aos 46, mas Ricardinho marcou um minuto depois. Houve ainda bonito gol de Nikão, no início da segunda etapa, e pênalti defendido por Dida em cobrança de Magno Alves.

O Vozão vencera no último encontro entre as duas equipes, também no Beira-Rio, pelo Brasileirão de 2011, além de levar a melhor no confronto pela Copa do Brasil de 1994.

A partida de volta está marcada para o dia 13 de agosto, também às 22h, no Castelão. O Inter agora joga pela Série A do Brasileiro: será no domingo, contra o Santos, novamente em seu estádio. Já o Ceará, pela Série B, recebe o Boa Esporte no sábado.

Nikão comemora gol do Ceara contra o Internacional (Foto: Eduardo Quadros / Agência estado)
Nikão comemora com companheiros o primeiro gol do Ceará (Foto: Eduardo Quadros / Agência estado)

Ceará domina, mas quem brilha é Dida

O Ceará viajou a Porto Alegre disposto a mostrar o motivo de ser o líder com folgas da Série B. Só não deixou o gramado no intervalo já em vantagem porque Dida salvou. Aos 14 minutos, Nikão invadiu a área e foi derrubado por Willians e Fabrício. O árbitro Fábio Filipus marcou pênalti. Magno Alves bateu no canto direito, mas o experiente goleiro se atirou e espalmou para escanteio, para delírio da torcida.

A defesa do camisa 1 acordou o Inter, apesar de seguir sem apresentar um bom futebol. Aos 27, Cláudio Winck cruzou para Alex, que cabeceou forte, mas Tiago defendeu. Quatro minutos depois, Gilberto cruzou para Fabrício, que, de frente para as traves, bateu para fora. O Ceará não se assustou e manteve a postura. Esperava o erro da equipe de Abel Braga e saía em velocidade nos contra-ataques. Mas o placar não se mexeu.

Gols nos acréscimos, e Ceará em vantagem

A superioridade do Ceará, enfim, se fez valer no começo do segundo tempo. Nikão recebeu belo lançamento na entrada da área, passou fácil pela marcação e abriu o placar em erro de passe de Willians, aos nove minutos. O gol acabou com a paciência da torcida, que vaiou a equipe. Até vieram gritos de incentivos da arquibancada, mas os donos da casa pouco levavam perigo ao gol de Tiago. Uma das poucas oportunidades saiu de uma falta cobrada por Alex, que fez o goleiro ceder escanteio.

Com diversas pausas, o jogo se estendeu e teve fim somente aos 52 minutos. O tempo a mais em campo foi aproveitado, e mais gols saíram na sequência. O Inter conseguiu o empate num momento de superioridade do Ceará. Alan Ruschel, que entrou no segundo tempo, empatou com um bonito gol aos 46. A igualdade já parecia aliviar um pouco a decepção colorada, quando o adversário, em seguida, fez outro. Ricardinho deixou sua marca aos 47, dando números finais à longa partida.

 

GLOBO ESPORTE.COM

James Akel comenta mal humor de Dilma em sabatina

Ontem Dilma recebeu jornalistas no seu palácio pra fazer sabatina.

Primeira coisa que Dilma fala quando não gosta de uma coisa e vai responder é “Meu Querido”.

Esta fala demonstra que ela está zangada com o que foi perguntado e tenta responder professoralmente.

Ela acha que fazendo isto vai desqualificar a pergunta do jornalista dando a entender que a pergunta foi de gente ignorante do caso.

Depois ela nem soube explicar porque disse na sua declaração eleitoral que tem 152mil reais guardados em casa.

Tentou responder de que ela tem este costume desde o tempo em que era foragida da justiça e dormia de sapatos.

O leitor vai dizer que nada uma coisa tem a ver com outra.

E nem tem mesmo mas os jornalistas estavam no palácio e não fica bem contestar a dona da casa.

Quando perguntaram se ela não se envergonhava de aceitar a indicação de um ministro que foi acertada na cadeia entre Waldemar Costa e Dirceu, ela desconversou dizendo que não sabia desta conversa e que a reunião foi feita no Palácio pra composição de novo ministério.

Mais uma vez os jornalistas apenas ouviram.

Os petistas vão dizer que Dilma foi bem.

Basta ver o vídeo e entender o quanto ela foi bem.

Exceto as perguntas sobre a reunião que escolheu ministro e o dinheiro vivo que ela guarda em casa, as outras perguntas consideradas de difícil resposta foram feitas pelo jornalista Kennedy Alencar, conhecido amigo pessoal de Dilma e Lula.

Kennedy avocou a si as perguntas mais difíceis e ela até que se lembrou de todos os detalhes de resposta.

Quanto ao dinheiro vivo que ela guarda em casa, não nos esqueçamos que ela foi protagonista arquiteta do famoso assalto ao cofre do Ademar, que dizem que teria 2 milhões de dólares e teriam que ter sido guardados por Dilma no esconderijo dos terroristas cubanos.

Primeiro eu não acredito que um cofre de uma residência que poderia ser carregado por assaltantes contivesse tanto dinheiro.

Então alguém vai me perguntar porquê foi divulgado o valor e eu respondo que na mesma semana tinham assaltado o cofre de um banco de verdade, Andrade Arnaud, em Copacabana, onde realmente poderia estar tanto dinheiro.

A razão é que na época, o antigo governador Adhemar de Barros tinha um péssimo conceito de honestidade na mídia.

Então os terroristas achavam que se divulgassem que roubaram o cofre do Adhemar, o povo ficaria ao seu lado.

Então divulgaram que o cofre do Adhemar foi assaltado e o valor era de verdade o correspondente ao roubo do banco.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 07h07 no dia 30.07.2014

James Akel comenta que Bruna Marquezine tem que entender que nem tudo mundo quer tirar fotos com ela

A coluna de Fabíola Reipert hoje mostra que Bruna Marquezine ficou de cara fechada todo tempo que esteve com Neymar na Espanha e mais ainda quando os fãs de Neymar disputavam fotos com ele.

Bruna demonstra uma grande imaturidade.

Deve ter ficado zangada porque os fãs só corriam pra ele e não pra ela.

A gente tem que entender a imaturidade dela, o fato de estar com alguém que é bem mais importante no mundo da mídia e mais ainda, devemos entender que se o amor existisse de verdade do lado dela ela ficaria contente que seu amado estivesse sendo acarinhado pelos jovens que o procuraram pra fotografia.

Quando este amor não existe a tendência é que a disputa pela mídia seja exagerada.

Um dia Bruna vai crescer e entender que quando a gente não tem amor verdadeiro pelo outro a gente deve não aparecer em lugares públicos porque as fotografias tem péssimo costume de revelar pessoas.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 06h50 no dia 29.07.2014

James Akel ironiza derrotas de Fernando Haddad no Tribunal de Contas de Município

Ao que tudo consta Haddad é o Rei da Barra.

O TCM, Tribunal de Contas de Município, já barrou 6 bilhões em licitação do prefeito.

A última foi a licitação de 848 câmeras pra controlar trânsito.

A grande licitação foi a de corredor de ônibus que valia 4 bi e 800 mi.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 06h41 no dia 29.07.2014

James Akel comenta que o Governo Dilma se assemelha a uma salada de frutas #ForaDilma

Quando um fiel assessor petista de governos definiu que Dilma não se preocupa nem com a floresta e nem com as árvores mas sim com as folhas, fico imaginando ela caminhando e colhendo as folhas espalhadas pelo chão nas manhãs de abril.

Que a presidente não tem a menor noção de administração está comprovado no caso da Petrobras em que ela era presidente do Conselho e sob seu olhar disperso tantas barbaridades se fizeram com o dinheiro público.

Mais espantoso foi o TCU acusar um grupo de funcionários da Petrobras e isentar de culpa todos os conselheiros incluindo Dilma, bem agora nas vésperas de eleição.

O que entendi foi que esta posição do TCU vai fazer com que Lula em seus discursos, porque Dilma não tem noção disto, vai esbravejar nas ruas que o PT puniu os próprios membros combatendo a corrupção.

Já fez isto antes com o mensalão.

Pior é que o povo que ignora os bastidores da política é o mesmo povo que elege Dilma e que acredita no que Dilma e Lula falam.

A técnica de Lula é conhecida como sendo a de agredir com palavras os adversários atribuindo aos outros os erros cometidos pelos petistas.

Tudo de errado que os petistas fazem o Lula grita que quem fez foram tucanos.

Sempre foi assim desde o começo quando ele tomou pra si os programas sociais criados pelos governos anteriores e inventou o nome de um programa social dizendo que ele tinha criado.

O que Lula criou não deu certo então ele esqueceu.

E o povo que não tem noção de nada e que é envolvido por todo marketing petista pela falta de um marketing tucano acredita que Lula e Dilma são bons e votam neles.

A vitória de Lula antes e de Dilma agora é puramente e inexistência de uma oposição que saiba combater o PT e que jogue coesa e não um tucano contra outro.


Escrito por jamesakel@uol.com.br às 06h34 no dia 29.07.2014