Real Madrid campeão da Liga Dos Campeões em final eletrizante

Uma dramática Décima para o Real

Até os 48 minutos do segundo tempo, a décima taça da UEFA Champions League estava escapando do Real Madrid. Após um gol de cabeça de Diego Godin no primeiro tempo, o Atlético de Madri fechou-se atrás e defendeu bravamente a meta de Thibaut Courtois. Só que um lance mudou tudo. Nos descontos, Sergio Ramos encontrou espaço para executar uma cabeçada certeira e mandar o jogo para a prorrogação. No fim, com os Colchoneros esgotados de corpo e alma, o Real deslanchou, marcando mais três gols com Gareth Bale, Marcelo e Cristiano Ronaldo. Por 4 a 1, o clube merengue levou para casa La Décima e conquistou o direito de disputar a Copa do Mundo de Clubes da FIFA Marrocos 2014.

O drama que marcou o fim da partida já esteve presente nos instantes iniciais.  Dúvida durante toda a semana, o lesionado Diego Costa estava entre os 11 do Atlético. Logo que a bola rolou, porém, o atacante viu que não tinha condições de jogo. Aos nove minutos, deixou o gramado para dar lugar a Adrián e só pôde torcer do banco de reservas. A primeira metade do jogo foi nervosa, com muita marcação e poucas chances de gol. O Real chegou bem primeiro, em uma arrancada deAngel Di Maria, que foi derrubado perto da área. Cristiano Ronaldo cobrou, e Thibaut Courtoisdefendeu sem soltar a bola. A melhor oportunidade dos merengues veio pouco depois, aos 32, quando Tiago Mendes errou um passe, e Gareth Bale arrancou no contra-ataque. O galês, com espaço, entrou na área e, na marca do pênalti, chutou para fora. A falha custou caro. Quatro minutos depois, em cruzamento da direita, a bola sobrou na área do Real, e Diego Godín cabeceou por cima de Iker Casillas, abrindo o placar. O Atlético também levou perigo aos 40, em lance parecido, mas Adrián cabeceou forte, sobre o travessão rival. A etapa complementar foi inteira do Real Madrid, que buscou o empate incessantemente. Primeiro, em arrancadas com Di María e Bale. O galês teve outras duas ótimas chances, mas falhou na pontaria em ambas vezes. Sem achar espaço pelo chão, o Real tentou pelo ar. Em uma rara chance, Ronaldo tentou de voleio sem sucesso. Enquanto isso, a defesa do Atlético cortava bola atrás de bola. No fim, entretanto, o esforço merengue foi recompensado. No último de uma sequência de escanteios, Sergio Ramos achou espaço, cabeceou no canto aos 48 e selou o empate. Nunca, na história da competição, um gol havia sido anotado tão tarde no tempo regulamentar. Com o gol, a Liga dos Campeões viu uma final com prorrogação pela 16ª vez.  Depois de 15 minutos sem chances claras de gol, o Real Madrid voltou a agredir com uma arrancada de Di María. O argentino disparou pela esquerda, saiu na cara de Courtois e disparou. O goleiro desviou a bola, mas Bale pegou a sobra de cabeça e não perdoou: 2 a 1. O gol foi um duro baque para osColchoneros, fisicamente esgotados. O Atlético não resistiu mais e, antes do apito final, ainda viu o brasileiro Marcelo marcar o terceiro e o português Cristiano Ronaldo, de pênalti, o quarto. La Décima, enfim, é do Real Madrid.

As marcas da final Ao marcar o primeiro gol do jogo, Godín, que também marcou o tento que deu o Atlético o título do Campeonato Espanhol, tornou-se o primeiro uruguaio a balançar as redes em uma final de Liga dos Campeões. Bale, que fez o gol da virada, conseguiu marca semelhante para País de Gales. Para o português Cristiano Ronaldo, entretanto, a cobrança de pênalti significou a ampliação de um recorde: 17 gols em uma edição da UEFA Champions League. O atacante português estendeu outro recorde: agora são 34 gols em partidas de mata-mata na mais importante competição europeia.

FIFA .COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.