Botafogo só deve conseguir verba para pagar atrasado no próximo dia 5

Diretoria alvinegra tenta não deixar vencimentos do elenco acumularem o terceiro mês .

Maurício Assumpção presidente Botafogo (Foto: Satiro Sodré)

Com dois meses de salário em atraso (três de direitos de imagem), o Botafogo só deve quitar uma parcela do que deve aos jogadores a partir do próximo dia 5. O clube já conseguiu na Justiça a liberação de dois pagamentos relativos a direitos de transmissão, que inicialmente seriam penhorados para cobrir dívidas fiscais, mas ainda precisa esperar a data do depósito. 

A decisão foi conseguida, mais uma vez, através do Sindicato dos empregados de clubes do estado do Rio de Janeiro (Sindeclubes). Após a época em que faziam protestos antes dos treinamentos, os jogadores têm tentado deixar este assunto de lado. Diante do problema, o presidente Maurício Assumpção tem estado constantemente presente nas atividades, o que é bem visto pelo elenco.

Se conseguir fazer o pagamento antes do quinto dia útil de junho, O Botafogo evita que se complete três meses de atraso, que seria suficiente para ações de atletas pedindo o fim do vínculo com o clube. Paralelamente, o Alvinegro tenta retornar ao Ato Trabalhista e fugir das penhoras. A diretoria também acompanha com atenção a tramitação no Congresso do projeto de parcelamento da dívida dos clubes de futebol.

 

GLOBO ESPORTE .COM

Wagner agradece interesse do Peixe, mas se diz feliz: “A vida melhorou”

Assim como o vice de futebol do Flu, meia desconhece possível negociação e afirma que chegada de Cristóvão trouxe coisas boas: “Jogo entre os titulares” .

Wagner Coletiva Fluminense  (Foto: Bruno Haddad/Fluminense F.C.)

Diferentemente do que aconteceu no início do ano, quando o Fluminense conversou com o São Paulo sobre a possibilidade da troca de Wagner por Osvaldo, o meia tricolor não ficou chateado ao saber que o Santos mostra interesse pelo seu futebol. Na ocasião, ele ficou sabendo do fato pela imprensa e não gostou de não ser comunicado pela diretoria. Agora, titular no time de Cristóvão Borges, o camisa 10 agradece o reconhecimento, mas dá a entender que não pretende deixar o clube das Laranjeiras.

– Não me passaram nada sobre isso. Aconteceu uma vez, no início do ano, mas parece que desta vez não estou ficando chateado. Fico contente, porque os outros clubes estão vendo que eu tenho condições de jogar por eles. Eu estou com a cabeça no Fluminense, tenho contrato até o fim de 2015. A minha vida melhorou. O Cristóvão chegou aqui e passou a me colocar no time, jogo entre os titulares. Estou me preocupando apenas em ficar bem para continuar ajudando o Fluminense – disse Wagner.

A ideia do Santos para contratar o meia já vem sendo discutida há algumas semanas nas reuniões do Comitê de Gestão do Peixe e inclui Cícero, ex-jogador do Tricolor, que poderia ser envolvido em uma troca. O vice-presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, porém, afirmou que o clube carioca desconhece o interesse e que não foi procurado pela equipe paulista.

Desde que o técnico Cristóvão Borges assumiu a equipe tricolor, no início do mês de abril, Wagner é titular no meio de campo, o que não vinha acontecendo sob o comando de Renato Gaúcho. O meia foi campeão carioca e brasileiro pelo clube em 2012.

GLOBO ESPORTE .COM

Válido pela 8ª rodada, Fla x Figueira é antecipado para quarta-feira, dia 28

Partida, que aconteceria na quinta, tem horário de 19h30 mantido. Polícia Militar de São Paulo não concorda com realização no mesmo dia de Corinthians x Cruzeiro .

Estadio Morumbi (Foto: Paulo Pinto / saopaulofc.net)

A CBF anunciou em seu site oficial a alteração da data da partida entre Flamengo e Figueirense, válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro e marcada para acontecer no Morumbi. O jogo, que seria realizado na quinta-feira, dia 29 de maio, passou para quarta, dia 28. O horário das 19h30 foi mantido, e a justificativa dada para a mudança foi de que a Polícia Militar de São Paulo não concorda com a realização da partida no mesmo dia em que Corinthians e Cruzeiro se enfrentam na Arena Corinthians. O jogo entre as equipes mineira e paulista está marcado para as 16h, mas mesmo com horários diferentes o veto aconteceu. 

A transferência da partida entre o Rubro-Negro carioca e o time catarinense para a capital paulista ocorreu a pedido do Flamengo, mandante da partida. Sem poder utilizar o Maracanã, que estará entregue à Fifa a partir do dia 22 para a Copa do Mundo, a intenção da diretoria carioca é uma tentativa de premiar os sócios-torcedores do clube em São Paulo.

GLOBO ESPORTE .COM