Tom Barros comenta falhas da defesa do Fortaleza contra o Guarani de Juazeiro

 

Dois lances no empate (2x 2) do Fortaleza com o Guarani/J em Iguatu, são alvo de avaliações. Justo os que resultaram nos gols do Guarani. O goleiro Luís Henrique falhou. Mas a defesa também falhou. Luís pode até ter sido o maior culpado, mas não pode levar a culpa sozinho. O técnico Marcelo Chamusca tem de chamar a turma da retaguarda para uma conversa séria. É que o goleiro e a defesa entraram em pânico quando o Guarani insistiu no jogo aéreo. Isso revelou certa fragilidade até então não percebida. Nada de crucificar Luís Henrique que tem histórico de boas atuações. Mas é preciso chamar a atenção da defesa como um todo.

 

Tom Barros – Jogada – Diário do Nordeste – 21.03.2014

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.