Renato Maurício Prado comenta a vida de Nilton Santos

Não vi Nilton Santos jogar. Dele tenho lembranças apenas nas poucas cenas dos já esmaecidos vídeo-tapes das Copas de 1958 e 1962 e a jogada mais marcante, que me ficou na memória é o famoso pênalti, que comete no jogo contra a Espanha mas, instintivamente, dá um passo adiante e o juiz marca falta fora da área.

Uma imagem de esperteza que não corresponde, na verdade, à brilhante carreira do genial lateral-esquerdo, que vim a conhecer, anos mais tarde, ao entrevista-lo algumas vezes (a primeira delas,em companhia de João Máximo, na lojinha de esportes que tinha, em Botafogo). Já naquele primeiro papo era possível perceber, claramente, sua pureza, sua honestidade e seu imenso amor pelo futebol.

Não foi à toa que recebeu o apelido de “Enciclopédia do Futebol”. Era um monstro sagrado da bola. Para muitos, o maior lateral-esquerdo de todos os tempos e, com certeza, ao lado de Mané Garrincha (seu compadre e grande amigo) uma das maiores estrelas da gloriosa história do Botafogo.

Há alguns anos, quando ainda estava bem lúcido, lhe perguntaram se não tinha uma ponta de inveja dos salários milionários que os jogadores de hoje em dia ganham (Nílton vivia franciscanamente, na velhice). Com a simplicidade e a franqueza de sempre, respondeu, com um sorriso nos lábios:

– Tenho inveja é da liberdade (para atacar) que eles (os laterais) têm no futebol moderno.

Não custa lembrar que um dos lances mais emblemáticos de sua carreira foi exatamente quando, desobedecendo às ordens do técnico Vicente Feola, lançou-se ao ataque e marcou um dos gols do Brasil contra a Áustria, na Copa de 1958.

Descanse em paz, Nílton. Com certeza, Manoel dos Santos, o Mané Garrincha, já o está recebendo agora, na porta de entrada do principal estádio do Céu.

 

Renato Maurício Prado – O GLOBO-27/11/2013

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.