Flamengo poupa Léo Moura, Chicão, Elias e Carlos Eduardo contra o Goiás

Quarteto terá o fim de semana de descanso para ‘não correr riscos’, de acordo com Jayme de Almeida. Paulinho será reavaliado e também pode ficar fora da partida.

 

Leo Moura, André Santos e Elias treino do Flamengo (Foto: Marcos Tristão / Agência O Globo)

Leo Moura e Elias serão poupados, Paulinho será reavaliado (Foto: Marcos Tristão / Agência O Globo)

O planejamento do Flamengo para decisão da Copa do Brasil, contra o Atlético-PR, já começou nesta sexta-feira. Preocupado em recuperar fisicamente o elenco, Jayme de Almeida não relacionou quatro titulares para o reencontro com o Goiás, na noite de sábado, no Maracanã: Léo Moura, Chicão, Elias e Carlos Eduardo. Paulinho, que deixou a semifinal de quarta com um desconforto na coxa, vai para concentração e será avaliado para saber se terá condição de entrar em campo pela 33ª rodada do Brasileirão.

O treinador rubro-negro se apressou em deixar claro que não há problema de lesão. O desejo da comissão técnica é descansar os jogadores. Para partida contra o Grêmio, por exemplo, a última antes do jogo de ida da final, a tendência é que o Flamengo entre em campo somente com reservas.

– Vamos cuidar de detalhes que eles sentiram no jogo. Não é nada demais. É para não correr riscos.

A Copa do Brasil é dia 20, e até lá temos Goiás, São Paulo e Grêmio. Jogos dificílimos. Com 44, ainda é arriscado. Acho que precisamos de 47. Com esses três pontinhos teremos a tranquilidade.
Jayme de Almeida

Com as mudanças, a equipe titular deve ser formada por Paulo Victor, Digão, Wallace, González e André Santos; Amaral, Diego Silva, Luiz Antonio e Gabriel; Paulinho (Rafinha) e Hernane. Apesar da empolgação pela vitória da última quarta-feira, Jayme promete que o Fla não entrará relaxado diante do Esmeraldino e se mostrou preocupado em conquistar mais uma vitória para se livrar de vez do risco de rebaixamento.

– Os jogadores sabem o que alcançaram. Foi muito bonito de ver o que fizeram em um momento difícil que o clube passava. Se uniram e, graças ao esforço e determinação deles, o Flamengo chegou a uma final que ninguém acreditava. Para todo mundo, o ano era perdido. Estamos muito felizes, mas sabemos que temos que voltar a cabeça para os três jogos do Campeonato Brasileiro e focar nisso. Precisamos somar pontos. A Copa do Brasil é dia 20, e até lá temos Goiás, São Paulo e Grêmio. Jogos dificílimos. Com 44, ainda é arriscado. Acho que precisamos de 47. Com esses três pontinhos teremos a tranquilidade.

Por fim, o treinador rubro-negro elogiou o adversário. Em três confrontos na temporada, o Fla tem duas vitórias e um empate. O retrospecto, por sua vez, não deixa Jayme tranquilo.

– O Goiás, pelo que fez até agora no Brasileiro, é um time muito credenciado. Vai ser muito difícil. Eles estão voltados para esta competição, estão pertinho do Botafogo, e vai ser uma parada dificílima. Vai ser pegado, mas espero que possamos vencer. Espero o Goiás forte. Saiu de um torneio, mas segue sonhando com uma classificação possível para Libertadores. Não vai ser um jogo de ressaca. Precisamos ficar muito alerta em relação a ele.

Flamengo e Goiás se enfrentam às 21h (de Brasília) neste sábado, pela 33ª rodada do Brasileirão. Com 44 pontos, o time carioca é o décimo colocado no Brasileirão, enquanto o Esmeraldino, em quinto, tem 52.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.