Produtora de Lusa x Flamengo segue em débito com Arena Castelão

Ceará

Segundo consórcio administrador do estádio, ainda existe débito da Xaxá Produções referentes ao aluguel do Castelão. Dívida pode chegar a R$ 140 mil

Torcida no Castelão em Portuguesa x Flamengo pela Série A (Foto: João Marcelo Sena)

Torcida no Castelão em Portuguesa x Flamengo pela Série A (Foto: João Marcelo Sena)

Uma semana após o ‘estouro’ da polêmica resultante da partida Portuguesa x Flamengo, na Arena Castelão, em Fortaleza, o impasse quanto à falta de pagamento da Xaxá Produções, empresa promotora do evento, continua.

De acordo com a Arena Castelão, consórcio responsável pela operação do estádio, ainda não foram pagos pela Xaxá Produções os 10% da renda (cerca de R$89 mil) previstos em contrato, divulgado no site oficial da própria Arena. Além disso, o acordo entre as partes prevê ainda o pagamento de uma multa estipulada em R$ 50 mil em caso de não pagamento dos valores acordados. Isso faz com que valor devido chegue próximo aos R$ 140 mil.

Por meio de nota em seu site, a Arena Castelão informou que entrou com uma ação judicial contra a Xaxá Produções por conta do não pagamento. No entanto, o acordo entre a produtora e a Galvão G7, empresa repsonsável pela prestação de serviços no dia da partida, foi cumprido integralmente.

Caso os débitos com a Xaxá Produções não sejam pagos com a Arena Castelão, a responsabilidade cai sobre a Portuguesa, equipe mandante da partida. A assesoria do clube do Canindé informou estar ciente da situação e que vai arcar com os custos por ser mandante do jogo e que, caso isso ocorra, vai cobrar a Xaxá Produções na justiça o dinheiro gasto. A Portuguesa informa ainda que 93% da cota pela cessão do mando de campo já foi paga, ou seja, existe um débito de 7% desse valor da produtora junto com a Lusa.

O Departamento Jurídico da Federação Cearense de Futebol (FCF) entrou com um pedido de abertura de inquérito na Delegacia de Defraudações e Falsificações para que o caso seja investigado. De acordo com a FCF, a acusação é de estelionato.

O GloboEsporte.com/ce tentou, sem sucesso, entrar em contato com Fabiano Rodrigues, também conhecido como Xaxá, representante da empresa produtora da partida entre Portuguesa e Flamengo.

Entenda o caso

Após o jogo, Fabiano Rodrigues foi acusado de ter sumido com o dinheiro da renda de Lusa x Flamengo. Em entrevista ao GloboEsporte.com/ce, ele negou o calote e afirmou que a única cota que de fato não foi paga é a referente a um imposto do aluguel do estádio, pois diz não concordar com a taxa, apesar de ela estar prevista em contrato com a Arena Castelão.

– Tudo foi pago, as federações, todos os quadros móveis, bilheteiro, o pessoal da catraca, a segurança, policiamento, ambulância, só não concordamos com um valor de 10% do aluguel do estádio. Não podemos pagar um imposto sobre um imposto – afirmou Fabiano Xaxá, em entrevista ao GloboEsporte.com/ce um dia após a partida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.