Boa Esporte 2x 0 Guaratinguetá

 2 x 0 

O Boa Esporte conseguiu ampliar a série invicta na Série B ao derrotar o Guaratinguetá por 2 a 0 no Estádio Melão, em Varginha, pela 13ª rodada da Série B do Brasileiro. Agora com seis jogos sem derrotas, o time mineiro mantém a 8ª posição, com 20 pontos. Já a Garça caiu uma posição, é o 14º com 14 pontos, mas continua fora da zona de rebaixamento.

A noite foi de fortes emoções para o atacante Fernando Karanga. Vaiado pela torcida no primeiro tempo e no início da segunda etapa, o jogador comandou a vitória boveta com uma assistência para o gol de Luiz Paulo e um pênalti que resultou na expulsão do goleiro Saulo. Marcelinho Paraíba converteu e garantiu o segundo gol do Boa Esporte.

Na próxima rodada, o Boa Esporte recebe o Icasa às 21h50 no Estádio Melão. Já o Guaratinguetá visita a Chapecoense na Arena Condá, em Chapecó.

Boa sobe bem, mas não marca

O jogo começou com as duas equipes equilibradas. Bastante ofensivo, o Boa Esporte tentava jogadas rápidas pela lateral esquerda com Airton e tabelas entre Marcelinho Paraíba e Malaquias. O Guaratinguetá não se intimidou com os donos da casa e tentou aproveitar os contra-ataques com Xuxa e Juninho.

No entanto, a partir dos 20 minutos, houve um domínio maior da equipe mineira e o goleiro Saulo, da Garça, teve trabalho. Aos 21, Malaquias recebeu nas costas da zaga, invadiu a área com liberdade e chutou cruzado. Bem posicionado, Saulo espalmou e no rebote, Fernando Karanga cabeceou fraco para defesa fácil do goleiro da Garça.

A melhor resposta do Guará foi aos 23 minutos. Renato Peixe invadiu a área pela esquerda e soltou a bomba. Leandro se esticou e conseguiu espalmar. O Boa continuou atacando, mas desperdiçava as finalizações. Aos 28, cruzamento na área do Guará e Marcelo Macedo subiu livre para cabecear, mas a bola saiu fraca no meio do gol, facilitando o trabalho de Saulo. Assim, o jogo seguiu até os 46 com nenhuma chance clara de gol.

Fernando Karanga é vaiado, mas se redime

Para a segunda etapa, o técnico Nedo Xavier promoveu a entrada do atacante Luiz Paulo no lugar de Marcelo Macedo. A substituição causou indignação na torcida, que queria a saída de Fernando Karanga. As vaias aumentaram aos 9 minutos, quando Luiz Paulo avançou pela direita e cruzou no pé de Karanga, que furou na hora de dominar.

Marcelinho Paraíba durante a cobrança de pênalti no Melão (Foto: Lucas Magalhães)
Marcelinho Paraíba durante a cobrança de pênalti no Melão (Foto: Lucas Magalhães)

Mas a redenção veio aos 13 minutos. Karanga arrancou pelo meio e, entre dois marcadores, rolou para Luiz Paulo, sozinho dentro da área, tocar na saída de Saulo, fazendo Boa Esporte 1 a 0. Após o gol, o Guaratinguetá tentou uma reação rápida. Xuxa rolou para Renato Peixe, que invadiu a área pela esquerda e soltou a bomba. A bola passou muito perto do gol de Leandro.

Aos 24 minutos veio o balde de água fria. Saulo derrubou Karanga na área e o árbitro marcou o pênalti. O goleiro da Garça, que já tinha um amarelo, foi expulso e Everson entrou no lugar dele. Marcelinho Paraíba cobrou e ampliou para os donos da casa, fazendo 2 a 0 no Melão.

Na frente no placar e com um jogador a mais, o Boa Esporte se fechou e só administrou o resultado. Batido, o Guaratinguetá só teve uma boa chance aos 33 com Xuxa, que invadiu a área boveta depois de um vacilo da zaga adversária, mas pegou mal na bola. Assim, o jogo seguiu até os 48 minutos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.