“A Grande Família” fará episódio em homenagem a Rogério Cardoso

A edição especial contará com a participação da atriz Suely Franco.

No próximo dia 18, quinta-feira, será exibido um episódio especial de “A Grande Família”, na Globo, em homenagem a Rogério Cardoso, falecido há dez anos, em julho de 2003.

“Um Homem Chamado Flor”, nome do episódio, contará com a participação da atriz Suely Franco que interpretará dona Juva, uma das namoradas de Floriano nos primeiros anos da série.

 

O Planeta TV

Globo faz nova “dança das cadeiras” no jornalismo

O jornalismo ganhará maior espaço e importância na grade da emissora.

Carlos Henrique Schroder. Foto: Divulgação

Sob a direção-geral de Carlos Henrique Schroder, a Globo vem fazendo mudanças em seus núcleos. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a emissora fará novas mudanças que entrarão em vigor a partir do dia 29 deste mês. Confira:

DIREÇÃO DE MÍDIAS DIGITAIS: assume Erick Bretas (sai Luiz Claudio Latgé)
DIREÇÃO EXECUTIVA DA CENTRAL GLOBO DE JORNALISMO: assume Mariano Boni (sai Erick Bretas)
DIREÇÃO DE JORNALISMO DE BRASÍLIA: assume Ricardo Villela (sai Mariano Boni)
CHEFIA DE REDAÇÃO DE SÃO PAULO: assume Denise Cunha (sai Ricardo Villela)
CHEFIA DE REDAÇÃO LOCAL DE SÃO PAULO: assume Ana Escalada (sai Denise Cunha)
CHEFIA DE EDIÇÃO DO “PROFISSÃO REPÓRTER”: assume Marcel Souto Maior (sai Ana Escalada)

Os motivos de tantas mudanças na Globo pretendem intensificar que o jornalismo ganhará maior espaço e importância na grade da emissora.

O Planeta TV

Audiência do Hoje Em Dia no dia 10/07/2013

Divulgação/Rede Record

O “Hoje em Dia” conseguiu ameaçar a liderança do “Encontro com Fátima Bernardes” nesta última quarta-feira (10). Segundo dados consolidados, o matinal da Record ficou bem próximo da concorrente.

O “Hoje em Dia”, apresentado pro Celso Zucatelli, Chris Flores e Edu Guedes, registrou 5 pontos de média, enquanto Fátima Bernardes marcou 6. Por alguns momentos, os dois programas chegaram a ficar empatados em primeiro lugar.

Não muito distante, o SBT atingiu 4 pontos no mesmo horário, exibindo os desenhos do “Bom Dia & Cia”.

Cada ponto no Ibope equivale a cerca de 60 mil televisores ligados na Grande São Paulo, dados que servem de referência para o mercado publicitário.

NaTelinha

School worker admits sexual abuse of young girl

2:31 PM Thursday Jul 11, 2013

A man who worked for an Auckland primary school has pleaded guilty to sexually abusing a girl under the age of 12.

But the man’s occupation and his name have been suppressed until his sentencing date in September.

A further suppression order prevents the school being named but a final decision on that will be made tomorrow.

Both suppression orders were challenged by the media.

The 46-year-old appeared at the Auckland District Court today where he pleaded guilty to three charges of indecently assaulting a young girl under the age of 12.

Judge Philippa Cunningham remanded the man on bail so he could complete a sex-offender’s programme.

She said he had already completed an alcohol programme.

The hearing was largely taken up by lengthy legal arguments surrounding the suppression orders.

The court was told that the offending did not happen at the school and the victim was not a pupil of the school where the man worked for five years.

The school has argued that its identity should remain secret because of public speculation that the man may have offended while he worked there.

The school’s lawyer Holly Brown said the school had written to parents and told them about the charges. They had also done full background checks and police checks before employing the man.

She said there was no evidence that the man had offended while working at the school.

The man’s lawyer Michael Talbot also produced a letter from his client’s estranged partner and the mother of his two children who said the offending had placed pressure on the family.

Judge Cunningham said the letter talked about the family suffering from “real trauma”.

 

The New Zealand Herald

Private practice in public hospital scheme ‘chaotic’: AMAQ

July 12, 2013 – 12:01AM

Amy Remeikis

State political reporter

The Queensland Health scheme found to have cost more than $800 million in 10 years has been described as “chaotic and vulnerable to misinterpretation” by the AMA.

An audit of the program allowing private doctors to work in Queensland public hospitals found the scheme, meant to be cost-neutral, had cost the public system hundreds of millions of dollars since the Goss Labor government introduced it in 1992.

AMA Queensland president Dr Christian Rowan welcomed the opportunity to improve the system, which he said had been vulnerable to confusion.

“We hope this report will bring about wholesale changes to the way Queensland Health processes its private practice billing, making it easier for doctors to follow the rules and ensuring adequate access to billing support and advice.

Advertisement

“Queensland Health must now work collaboratively to develop consistent and transparent billing practices which ensure patients, doctors and administrators can have confidence in the system.”

United Australia Party MP Alex Douglas said the Auditor-General’s report while “strictly true” did not take into account “what was originally supposed to happen when senior medical officers and others charged privately in a public hospital and what eventually resulted”.

“It also fails to address the income Queensland Health generated from private funds for bed days were real 24 days or not, and whether theatre fees were back charged to the funds,” Dr Douglas said.

Queensland Auditor-General Andrew Greaves found the primary reason for the failure of the arrangement to return money to the public system was a lack of understanding about the scheme, by both senior medical officers and hospital administrators.

Most doctors operating under the scheme are paid a base salary as well as an allowance, which is worth up to 65 per cent of a doctor’s base salary.

The state was meant to reclaim fees from insurers and Medicare for the use of the public facilities.

But Mr Greaves’ audit found that of the 2591 doctors who received the allowance, more than 93 per cent did not generate enough revenue to cover their allowance.

And more than 1200 doctors who received the allowance billed for private work they did not do, and received about $100,000 each.

Mr Springborg said the government would look at recovering money from doctors found to have abused the system, which Dr Rowan said the AMAQ would support as long as there was a prior “full and appropriate investigation”.

Brisbane Times

Fortaleza 0 x 0 Luverdense

Partida de volta acontece no dia 18 de julho, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde-MT

 

O Fortaleza recebeu a equipe do Luverdense na noite desta quarta-feira (10), no PV, e ficou noempate sem gols. A partida marcou o primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil.

O Leão teve várias chances de balançar as redes, mas os jogadores pecaram nas finalizações. O segundo jogo está marcado para o dia 18 de julho, às 21h50, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde-MT.

Foto: Kid Júnior

O jogo

Com o apoio da torcida, que lotou o PV, o Fortaleza jogou melhor no primeiro tempo. Mas apesar do Leão ter mais posse de bola e pressionar o Luverdense, faltou as oportunidades para criar as jogadas de perigo.

O Luverdense jogou mais recuado e ameçou o Leão nas jogadas de contra-ataque. O zagueiro Fabrício chegou a marcar para o Fortaleza, mas o jogador estava em posição de impedimentoe árbitro anulou a jogada.

Em uma das chegadas do Luverdense, Tozin recebeu bola após cruzamento e livre de marcação furou feio na hora da finalização.

Aos 35 minutos, Guaru aproveitou cruzamento e na hora de finalizar, a zaga do Luverdense chegou junto e evitou chute. Na outra oportunidade do Leão, Ruan desperdiçou depois de mandar a bola por cima do gol de Gabriel.

2º tempo

Logo no início da etapa complementar, o Fortaleza teve uma chance de gol com Ruan. O atleta aproveitou falha da zaga adversária e mandou chute direto. Ele não pegou bem na bola e mandou pra fora.

O Luverdense respondeu com Tozin. Aos 5 minutos, o jogador aproveitou cruzamento e cabeceou para o gol, levando muito perigo para o goleiro João Carlos.

Os treinadores realizaram todas as alterações e os times foram pra cima de vez. Em um dos lances do Fortaleza, Lúcio recebeu cruzamento da direita e  finalizou. A bola esbarrou em Assisinho, desviando a bola que tinha endereço certo.

O Luverdense também não ficou atrás. Tatu recebeu um ótimo passe na esquerda e na frente do goleiro, livre de marcação, chutou fraco e João Carlos ficou com a bola. Mesmo com as chances de ambos os lados, o placar permaneceu inalterado no Estádio Presidente Vargas até o apito final.

 

Diário do Nordeste-Jogada-11 de julho de 2013

Coluna do Tom Barros -11/07/2013

 

 

Luverdense resistiu

Três vezes com Ruan o Fortaleza teve a vitória na mão. Mas Ruan não soube aproveitar. No lugar da aclamação pela vitória no Acre, ele ouviu o ensaio de vaias da torcida tricolor. É a vida. O Luverdense veio com objetivo claro: contra-ataque com Misael como caminho para a vitória. E até criou algumas chances. A melhor com Tozin no primeiro tempo. A rigor, o técnico Hélio dos Anjos fez o que deveria ser feito ao promover a entrada de Erivelton, Lúcio e Jailson. Colocou o Leão na frente para apertar o visitante. Mas o Luverdense resistiu. E, com Nei e Tatu, até tentou jogar nos espaços dados pelo Leão, mas ficou no empate. Não foi um bom resultado para o Leão.

Desconforto. Ricardinho precisa voltar a jogar o futebol que motivou há algum tempo a sua contratação pelo Ceará. No jogo passado não se encontrou. A função dele é essencial para a ligação e o municiamento ao ataque. Claro, os demais do setor também são responsáveis, mas a pressão pesa mais sobre Ricardinho.

Sem Fantasmas

A história do futebol há mostrado situações onde os supersticiosos se deixam levar por fantasmas inexistentes. É o caso do Asa diante do Ceará. Não há fantasma: há realidade. O Asa tem virtudes e limitações como qualquer outro. Nada de extraordinário para gerar monstros.

Aqui

Se o Ceará explorar pontos vulneráveis do visitante, suas chances de vencer são enormes. Foi assim que ganhou por 3 a 0 no jogo de volta da Copa do Brasil. Se jogar o que sabe, o alvinegro tem amplas condições de vencer. Se jogar como o fez sábado passado em Juazeiro, Deus meu…

“Se o futebol cearense não fizer seu futuro nas bases, ficará sempre assim: sobe, passa um ou dois anos na Série A e cai no ano seguinte”.

Celso Gavião
Técnico de futebol (ex-jogador campeão mundo pelo Porto de Portugal

Preços

Futebol já foi espetáculo para a classe menos favorecida. Já foi. Vejam os preços dos ingressos, impeditivos para os de baixa renda. Estes somente têm acesso a treinos, isso quando os técnicos permitem portões abertos. A rigor, nos estádios, somente da classe média para cima. E olhe lá! Quanto à Copa do Mundo, aí é para a elite. Gente de salário menor terá de ir mesmo para o bar da esquina. Elitizaram o futebol. E o pobre…

Convocação

Dois cearenses estão na Seleção Brasileira de Futsal que joga aqui no dia 4 de agosto contra a Bélgica: Matheus, do Maranguape, e Diece, que atua no Benfica de Portugal. Que os dois são bons de bola, todo mundo sabe, mas não se pode deixar de ressaltar o prestígio político do jornalista Sílvio Carlos pela dinâmica que deu ao futsal cearense quando articulou a parceria com a TV Diário. Desde então, o futsal cearense voltou à projeção nacional.

 

Coluna redigida pelo jornalista Tom Barros para o jornal cearense Diário do Nordeste no dia 11 de julho de 2013

Conmebol determina Mineirão como local da final da Libertadores

Entidade publica decisão no site oficial, contrariando desejo da diretoria do Galo de ficar no Independência, apesar da capacidade de cerca de 23 mil

 

A Confederação Sul-Americana de Futebol divulgou, em seu site oficial, que o segundo jogo da decisão da Taça Libertadores, no dia 24 de julho, será realizada no Mineirão, em Belo Horizonte. O primeiro jogo será na próxima quarta, no Defensores del Chaco, casa do Olimpia.

Na última quarta-feira, após a épica classificação atleticana, nos pênaltis, sobre o Newell’s Old Boys, da Argentina, o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, afirmou que ainda tinha esperanças de que o confronto final pudesse ser realizado no Independência. O problema é que o estádio do Horto tem capacidade para apenas cerca de 23 mil pessoas, enquanto o regulamento da competição internacional determina que, para as duas decisões, a capacidade mínima tem de ser de 40 mil. Assim, nesta quinta-feira, a Conmebol publicou que o jogo será no Mineirão, com capacidade para 63 mil espectadores.

Mineirão, Atlético-MG (Foto: Reprodução / Site Oficial da Conmebol)

Conmebol marca final da Libertadores para o Mineirão (Foto: Reprodução / Site Oficial da Conmebol)

– O Galo venceu por pelo mesmo marcador a revanche com o Newell’s Old Boys e ganhou acesso à final nos pênaltis. Para a final, o Galo sairá do estádio Raimundo Sampaio, mais conhecido como Estádio Independência, propriedade do América-MG, onde se realizou a semifinal – diz o texto do site.

A diretoria do Atlético-MG ainda deverá tentar manter o jogo no Horto. Os ingressos para a primeira partida, em Assunção, começam a ser vendidos nesta sexta.

C´est fini-Record garante que nenhum participante de A Fazenda se comunica com gente de fora-Flávio Ricco volta amanhã ás 18h00 de Juazeiro do Norte

 

Embora existam denúncias e recados colocados nas redes sociais, a Record assegura que não há nenhuma comunicação dos integrantes da “Fazenda” com o lado de fora.
Segundo a emissora, as normas de seguranças, em torno disso, são muito severas.

Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery