Chuva causa ocorrências e pontos de alagamentos em Fortaleza

Precipitação de 38 mm, na manhã de ontem, gerou problemas no trânsito, além de cinco registros na Defesa Civil

Fortaleza registrou chuva de 38 mm até 8h de ontem (5), de acordo com a Fundação de Cearense de Metereologia e Recursos Hídricos (Funceme). A precipitação provocou diversos pontos de alagamentos, resultando em transtornos no trânsito. As informações são da Redação do Diário do Nordeste Online.

Foram constatados um risco de desabamento e quatro alagamentos. Os bairros que registraram os chamados da Comdec foram: Comunidade Rosalina, Cidade 2000, Papicu, Monte Castelo e Centro FOTO: ALEX COSTA

Segundo a Funceme, as chuvas são decorrentes das condições atmosféricas favoráveis à formação de nuvens na faixa litorânea e Centro-Sul do Estado, situação que pode continuar nas próximas 24h.

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) recebeu cinco chamados durante a manhã devido à chuva. Foram constatados um risco de desabamento e quatro alagamentos. Os bairros que registraram os chamados da Comdec foram Comunidade Rosalina, Cidade 2000, Papicu, Monte Castelo e Centro.

Conforme a Defesa Civil, apesar da precipitação de 38 milímetros na Capital, a prevenção realizada pela Prefeitura desde o início do ano fez com que o número de ocorrências fosse baixo.

Durante o dia, em parceria com as regionais dos bairros, a Defesa Civil está fazendo a limpeza da Lagoa da Maraponga, da Lagoa do Catão, no Conjunto José Walter, além do Canal Betel, localizado na Serrinha.

No início da Avenida Raul Barbosa, metade da via ficou alagada, mas os motoristas conseguiram trafegar normalmente. Alguns pontos de ônibus ficaram lotados e populares reclamaram do atraso. “É só cair uma gotinha d´água que eles atrasam”, desabafou a empregada doméstica Cristina Mendes.

Interior

A Funceme também registrou chuvas intensas em outros municípios da Região Metropolitana de Fortaleza. Em Aquiraz, o índice pluviométrico foi de 50 mm. Já em Pindoretama, o volume de chuva alcançou 42 mm, seguido de Beberibe (32 mm) e Maranguape (27 mm). Precipitações intensas ainda aconteceram em Iguatu (58 mm), Carius (54 mm), Meruocoa (39,6 mm), Catarina (39 mm), Itapipoca (30,2 mm) e Aratuba (30 mm)

Na página mantida pelo Diário do Nordeste no Facebook, por meio de enquete, mais de 100 internautas citaram transtornos e dezenas de pontos de alagamentos espalhados pela Cidade.

 

Diário do Nordeste-Cidade-06 de junho de 2013

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.