‘Amigos da Síria’ se reúnem na Jordânia na próxima semana

Participarão EUA, França, Grã-Bretanha, Turquia, Qatar e Arábia Saudita.
Conflito na Síria já deixou 80 mil mortos.

 

Os chefes das diplomacias dos países “Amigos da Síria” se reunirão na próxima semana em Amã, capital da Jordânia, anunciou nesta terça-feira (14) o Ministério jordaniano das Relações Exteriores.

O porta-voz do ministério, Sabah al-Rifai, informou que participarão deste encontro, entre outros países, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Turquia, Qatar e Arábia Saudita.

Esta conferência será realizada após várias reuniões entre líderes da Rússia, um país aliado e fornecedor de armas ao regime sírio, e autoridades dos Estados Unidos, que recentemente reforçaram seu apoio à rebelião.

Moscou e Washington concordaram em organizar em breve uma conferência internacional sobre a Síria, em uma nova tentativa para acabar com mais de dois anos de guerra civil.

Esta conferência, que deve reunir representantes do regime e da oposição, terá como base o acordo de Genebra entre grandes potências de junho de 2012, que prevê um processo de transição para acabar com um conflito que já deixou mais de 80.000 mortos, segundo dados de uma ONG.

Este acordo não faz referência ao destino do presidente Bashar al-Assad.

Os ministros das Relações Exteriores de Arábia Saudita, Qatar, Egito, Emirados Árabes Unidos, Jordânia e Turquia acabam de reafirmar que o chefe de Estado sírio não tem espaço na futura Síria.

 

G1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.