Mesmo após goleada, Caio Jr. pede pés no chão: ‘Não tem nada ganho’

Treinador do Vitória comemora triunfo por 7 a 3 sobre o Bahia, mas diz que time só deve comemorar a conquista quando acabar o segundo jogo

Bahia 3 x 7 Vitória: Goleada histórica e gritos de 'campeão' na Fonte Nova

O Vitória não perde um Ba-Vi há sete partidas. Venceu o rival nos três clássicos deste ano. No primeiro jogo da final do Campeonato Baiano, deu 7 a 3 no Bahia. Agora, só perde o título estadual se perder por cinco gols de diferença no Barradão. Nem por isso, o técnico Caio Junior quer jogadores e torcedores comemorando um título antecipado.

Depois do jogo deste domingo, Caio Junior demorou bastante no vestiário do Vitória. Quando foi para a coletiva de imprensa, o treinador mostrou tranquilidade para comentar o resultado positivo. O técnico fez questão de enaltecer o rival e pediu para que todos mantenham foco no segundo jogo, que será realizado no domingo, no Barradão.

– Tem que valorizar a vitória. Foi um momento marcante na história do clube. Três vitórias em um clássico na Fonte Nova. Ainda não está ganho porque não terminou. A prova que não terminou é que ninguém esperava um resultado desse. Temos que comemorar só quando acabar e a gente estiver a taça na mão – pediu um precavido Caio Junior.

Para o treinador do Vitória, o Bahia teve momentos importantes dentro de campo, mas Caio Junior lembrou que o Rubro-Negro estava em uma tarde inspirada.

– A gente trabalhou muito como o Bahia ia jogar. Isso foi decisivo na minha opinião. Só que nós tivemos uma tarde bem inspirada. Fizemos gol cedo e uma série de coisas que desanimou o adversário. Queria exaltar que o adversário teve fibra e, em alguns momento do jogo, teve uma reação assustadora. Mas os gols saíram no momento decisivo, inclusive o último. Eu fiquei muito chateado de a gente ter tomado o terceiro gol. Fernandão foi um herói dentro de campo, se superou e fez a jogada do terceiro gol – comentou Caio Junior.

Durante a coletiva, o técnico ainda lembrou que o Bahia deve entrar em campo motivado a reverter o resultado. Por isso, ele reforçou o pedido de cautela ao elenco rubro-negro.

– Não tem nada ganho porque não temos a taça e tem um jogo ainda. Existe um adversário que vai estar com raiva, com gana de reverter. Se você não ganhar tem a critica. Se ganha bem te colocam em uma situação que não existe pra ganhar pressão – finalizou o treinador do Vitória.

O Leão só perde o título baiano se for derrotado por cinco gols de diferença no Ba-Vi do próximo domingo, no Barradão.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.