Felipe comemora repetição do time e vê Fla ganhando ‘cara de Jorginho’

Time que enfrenta o Campinense nesta quarta-feira será o mesmo que venceu o Fluminense e o Remo. Equipe pode ficar 25 dias treinando

Jorginho jogo Flamengo Remo  (Foto: Luciano Belford / Agência Estado)

Jorginho mantém time que venceu Flu e Remo
(Foto: Luciano Belford / Agência Estado)

A página do Carioca já está virada, e o foco do Flamengo na temporada agora é a Copa do Brasil e o Brasileiro. Há pouco mais de um mês no comando, o técnico Jorginho vai repetir a escalação da equipe que considera titular pela terceira vez na partida contra o Campinense, nesta quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), no Estádio Amigão, pela segunda fase da Copa do Brasil. Para o goleiro Felipe, a equipe voltou a jogar bem e está começando a ficar do jeito que o treinador quer.

– Jorginho está conseguindo repetir. Além disso, apresentamos um futebol bem melhor nos últimos jogos. É nosso melhor momento, quase sem nenhum problema. O esquema tem sido repetido, e o time começa a ter mais a cara do Jorginho.

O início do comandante foi complicado. Em seus quatro primeiros jogos pelo Carioca, foram dois empates (Boavista e Duque de Caxias), uma derrota para o Audax e apenas uma vitória, por 2 a 1 sobre o Bangu. O fraco desempenho fez com que o time fosse eliminado precocemente da Taça Rio com duas rodadas de antecedências. A reviravolta começou na vitória sobre o Fluminense, por 3 a 1 e continuou no triunfo sobre o Remo, por 3 a 0. Nas duas partidas, o time foi o mesmo e será novamente repetido contra o Campinense. A formação com Felipe, Léo Moura, Renato Santos, González e Ramon; Amaral, Elias e Renato Abeu; Rafinha, Gabriel e Hernane parece ser a ideal para o comandante.

Na última partida, porém, Jorginho optou por colocar o time reserva contra o Macaé – o único titular foi o Brocador, que fez dois gols. A vitória por 3 a 1 animou o técnico, já que deu boas opções para a equipe.

Jorginho é um cara honesto e sincero. O que tem que falar, fala na cara. Poucos treinadores dão esse espaço para os atletas”
Felipe, goleiro

O bom relacionamento com os jogadores também é um ponto forte de Jorginho, segundo Felipe. O goleiro acredita que o treinador ganhou o grupo dando abertura para que todos dêem seus pontos de vista.

– O Jorginho é um cara honesto e sincero. O que tem que falar, fala na cara. E isso deixa o jogador tranquilo. São poucos treinadores que dão espaço para os atletas darem suas opiniões. Há treinadores que não dão espaço e se acham os donos da verdade. O Jorginho jogou, jogou bem e ganhou Copa do Mundo. Ele dá espaço para trabalhar em conjunto – elogiou o goleiro.

Caso o Flamengo vença o Campinense por dois ou mais gols de diferença, eliminará o jogo de volta. Com isso, ficaria 25 dias sem disputar uma partida oficial até a estreia pelo Campeonato Brasileiro contra o Santos, dia 26 de maio, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Nesse período, Jorginho vai realizar um período de treinos para preparar a equipe para o ano. Uma das opções é o elenco ficar alguns dias em Pinheral.

– Para o Jorginho, vai ser bom para treinar a equipe. É ruim (em Pinheiral) porque não pega telefone (risos). Já tivemos a pré-temporada no começo do ano e agora teremos outra. É algo bom para equipe.

* Raphael Bózeo, estagiário, sob a supervisão de Bernardo Ferreira.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.