Renato Maurício Prado comenta Botafogo 5 x 0 Resende

 

Com a volta do uruguaio Lodeiro, o Botafogo passeou em Volta Redonda, aplicando uma goleada impiedosa de 5 a 0, no Resende, e se classificando para a final da Taça Rio, onde pode até empatar, garantindo o título do turno e, em consequência, o do campeonato estadual, por já ter ganho também a Taça Guanabara.

Dória, Lodeiro, Fellype Gabriel, Rafael Marques e Seedorf foram os autores dos gols, de uma vitória fácil, que deixou a torcida ainda mais confiante.

O time inteiro jogou bem, inclusive o goleiro Jefferson, que evitou um gol de pênalti e fez, pelo menos, mais duas grandes defesas.

Os maestros da equipe, porém, foram mesmo os estrangeiros: Seedorf e Lodeiro. Méritos também para Fellype Gabriel, incansável, no meio-campo e no ataque.

O Fluminense, que enfrenta o Volta Redonda, amanhã, também no Estádio da Cidadania, tem tudo para ser o outro finalista da Taça Rio pois, assim como o Glorioso, joga por um empate, contra uma equipe pequena.

Passando para a final, entretanto, entrará como azarão. Não somente porque a vantagem da igualdade será do adversário como também porque o futebol do tricolor de Abel Braga, esse ano, pelo menos até agora, não se compara com o do alvinegro dirigido por Oswaldo de Oliveira.

 

Coluna redigida pelo jornalista Renato Maurício Prado para o jornal carioca O GLOBO no dia 27 de abril de 2013

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.