Número de raios em 2013 já supera estatísticas de todo o ano de 2010 e de 2011

Os números partem do Sistema de Monitoramento de Raios da Companhia Energética do Ceará (Coelce)

FOTO: FCO FONTENELE/ O POVO

Só em Fortaleza, neste ano, foram 122 descargas elétricas captadas pelo Sistema de Monitoramento

Mais de 138 mil raios já foram registrados neste ano, no Ceará. O número, calculado de janeiro até esta quarta-feira, 24, já representa mais que o dobro das descargas captadas durante todo o ano de 2011 (aproximadamente 65 mil raios) e 2010 (cerca de 45 mil raios).

As estatísticas partem do Sistema de Monitoramento de Raios da Companhia Energética do Ceará (Coelce), existente desde 2008 e único no Estado, de acordo com o responsável pela operação técnica da Companhia, Eduardo Gomes. Ele destaca que a ausência de um comparativo com 2012 deve-se a um defeito no equipamento que computou, parcialmente, o registro de 18 mil raios nas estatísticas cearenses do ano passado. De acordo com a Coelce, só em Fortaleza, neste ano, foram 122 descargas elétricas captadas pelo Sistema. As cidades com maior número de incidência de raios são Santa Quitéria, com 10359, Hidrolândia, 3929, e Tamboril, 3515 raios.

O setor de Meteorologia da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) informou ao O POVO, no início desta noite de quarta, 24, que seria necessário um estudo mais aprofundado sobre o comparativo apresentado pela Coelce e comprometeu-se a investigar nos próximos dias o porquê da grande incidência de raios de 2013 em relação aos anos anteriores.

Necessidade de aperfeiçoamento do Sistema de Monitoramento deve ser avaliado por especialista 

Nesta quinta-feira, 25, o professor doutor do Departamento de Ciências Atmosféricas do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP,chega a Fortaleza para averiguar o Sistema. Ele deve ficar até a próxima quinta-feira, 26, para reuniões com a Coelce com o propósito principal de conversar com especialistas da empresa sobre o aperfeiçoamento do Sistema.

Cuidados em casa durante chuvas com raios

Eduardo Gomes, da Coelce, diz que alguns cuidados dentro de casa podem ser tomados a fim de se evitar choques e defeitos em equipamentos eletroeletrônicos, durante as chuvas com raios.”Um raio é, em poucas palavras, a passagem de corrente elétrica. Ainda que haja isolamento, isso só é possível até um determinado nível de tensão. Dessa forma, a descarga muito elevada que vem do raio que cai distante da sua casa pode ser trafegada pela rede elétrica e danificar equipamentos dentro de casa”, explica Eduardo.

Ele dá dicas de como evitar choques e aparelhos eletroeletrônicos “queimados” dentro de casa, durante tempestades: 

– Evitar o uso de ferro de engomar e tirar da tomada geladeira, televisão, microondas e afins, além de telefone sem fio ou carregadores de celulares.
– Ficar longe de cercas elétricas, arames farpados e antenas.
– Como a descarga elétrica dos raios escoa pelo solo, evitar também banhos em lagoas, açudes e piscinas.
– Se estiver em área descampada, tentar manter-se agachado até que as descargas diminuam.
– Jamais proteger-se debaixo de árvores altas e isoladas.
– Preferir ficar em casa a sair, durante as chuvas.

Saiba Mais

O Centro de Controle do Sistema (CCS), da Coelce, monitora as descargas atmosféricas no Ceará. A atividade tem o objetivo de acompanhar o sistema, prever tempestades e orientar as equipes de manutenção da Companhia sobre ocorrências na rede elétrica provocadas por descargas atmosféricas, em todo Estado, além de minimizar o tempo de atendimento.

A iniciativa é fruto de um projeto de Pesquisa & Desenvolvimento financiado pela Coelce, com participação técnica dos engenheiros da empresa e realização de pesquisas de estudiosos da USP e da Uece.

 

Jornal O POVO – Fortaleza – 25 de abril de 2013

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.