Renato Maurício Prado acredita que flamenguistas e vascaínos terão um ano de 2013 bem difícilp pela frente

 

Aos torcedores do Flamengo e Vasco resta apenas uma palavra: paciência! Mas haja paciência…

 

Coluna redigida pelo jornalista Renato Maurício Prado para o jornal O GLOBO no dia 09 de abril de 2013

Renato Maurício Prado comenta trajetória de Vitinho

 

Vitinho é carioca do Complexo do Alemão — onde mora até hoje. Começou no antigo Sendas (atual Audax) e, em 2010, ainda juvenil, jogou duas vezes contra o Botafogo, chamando a atenção do então diretor de futebol amador, Sídnei Loureiro, atualmente gerente técnico do time profissional.

Emprestado, Vitinho chegou ao Glorioso em janeiro de 2011 e foi campeão estadual de juniores, ao lado de outros que fazem parte hoje do elenco principal, como Gilberto (lateral), Gabriel (volante) e Cidinho (apoiador). O alvinegro, então, comprou parte de seus direitos econômicos, agora assim divididos: 60% do Botafogo, 40% do Audax. Seu contrato, até 2017, foi assinado no ano passado

Apesar de jovem (19 anos), Vitinho está prestes a ser pai. Seu primeiro filho nascerá em maio. Fã de Robinho, emocionou Oswaldo de Oliveira, que o lançou no time principal, ao revelar o seu grande sonho: “Comprar uma casa para meus pais, Rinaldo e Fernanda, e vê-los juntos novamente”.

 

Coluna redigida pelo jornalista Renato Maurício Prado para o jornal carioca O GLOBO no dia 09 de abril de 2013

Renato Maurício Prado comenta que o Botafogo está de vento em popa na Taça Rio

 

Está dando gosto ver o Botafogo. Mesmo sem Seedorf, o Glorioso segue vencendo com autoridade — já são seis triunfos seguidos. Depois dos 3 a 0 sobre o Vasco, mais um 3 a 0 no Olaria, com dois golaços de Vitinho. Que ironia! Rafael Marques, Bruno Mendes e Henrique foram contratados, mas a carência de um camisa 9 pode ser suprida por esse garoto que chegou ao clube em 2011.
Estou curioso para ver como Oswaldo de Oliveira armará o time com o retorno de Seedorf. A tendência é que volte a escalar apenas Rafael Marques no ataque, como antes. Mas do jeito que tem entrado Vitinho, acho que logo será titular. E aí, permanecerá o sistema com dois atacantes e menos um no meio-campo? Problema de Oswaldo de Oliveira. Ótimo problema.

O Botafogo segue de vento em popa e não me espantarei se ganhar também a Taça Rio, dispensando a final. E pensar que durante a Taça GB a torcida queria a cabeça do Oswaldo de Oliveira, hein?

 

Coluna redigida pelo jornalista Renato Maurício Prado no dia 09 de abril de 2013

James Akel comenta que João Kléber não sustenta audiência na REDE TV!

 

Hoje João Kleber teve um péssimo ibope.
Deu 1 das 9,30 às 12,00.
Alguns otimistas vão dizer que ele pegou com 0 de ibope do programa anterior.
Uai, no Rio de Janeiro, o Luiz Bacci pega com 0 de programa religioso às 6,30 da manhã e leva o ibope pra 5 a 6.
Mas no Rio o Luiz Bacci tem produto pra mostrar pra dona de casa, além de seu excelente desempenho em palco.
Na RedeTV o João Kleber tem bom desempenho de palco, tem dinâmica, tem voz de comando, mas o programa não tem roteiro adequado, carece de direção mais aprimorada e o conteúdo deixa a desejar.
No programa de hoje, esperava-se a complementação de um quadro de ontem das gêmeas, e nada foi mostrado pra dona de casa e nem foi dada nenhuma satisfação.
Isto faz perder credibilidade pra quem espera uma conclusão de quadro do dia anterior.
Nem satisfação o João deu pra quem quer que seja do fato.
De novo o problema da falta de microfones de lapela porque os participantes não tem obrigação de saber usar microfone de mão.
Isto é primário.
Mas o pior ainda estaria por vir, plagiando o próprio João em seu programa.
Um participante declarou que apanhava na prisão e o João fez cara de paisagem, passou por cima, nada disse.
Isto é um escândalo jornalístico em um programa que vive de escândalos e o apresentador fez de conta que nada aconteceu.
Hoje João Kleber estava muito pior que ontem e o programa também estava muito abaixo do de ontem.
Este tipo de programa é pra se fazer ao vivo e precisa de competência e coragem pra isto.
Se João Kleber perdeu a coragem com o passar dos anos, que mude de ramo.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 12h14

James Akel transcreve e comenta denúncia contra Eike Batista

 

Governo monta operação de guerra para socorrer o bilionário Eike Batista; uma das propostas é obrigar a Petrobras a transferir sua base de operações do pré-sal para o porto do Açu, em São João da Barra, no Rio de Janeiro; Graça Foster já tem problemas demais para resolver, mas Eike pode vir a se tornar o maior de todos; há a suspeita até de que o porto, mal construído, corra o risco de afundar; argumento do governo é de que a quebra de Eike faria mal à imagem do País

COMENTÁRIO

Este tal de Eike pegou também 200 milhões de reais do BNDES pra reformar um hotel no Rio e entregar pra Copa.

Reduziu a capacidade do hotel de 610 pra 350 apartamentos e nem vai entregar pra copa.
Quanto à Petrobras, tem muito a ser mostrado.
Compraram a refinaria de Pasadena pelo triplo do que valia.
Compraram a Riopol por quatro vezes do que foi investido.
E a locação do prédio do Rio por um valor que em pouco tempo compraria o prédio.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 11h36 no dia 09 de abril de 2013

James Akel comenta que Marcos Mendonça é o virtual presidente da TV Cultura

 

Com uma reunião de ontem na Fundação Padre Anchieta onde o presidente da TV Cultura ,João Sayad declarou que está fora das coisas e nem vai mais participar de reuniões e Marcos Mendonça se declarar candidato único do Palácio, então o fato é que dificilmente alguém vai tentar afrontar o Palácio nesta eleição.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 10h04 no dia 09 de abril de 2013

James Akel acredita que Salve Jorge é uma novela pornográfica

 

Glória Perez pode se jactar de ter criado o mais imoral personagem das novelas brasileiras na figura do tal de capitão Theo, interpretado por Rodrigo Lombardi.
A TV Globo em seu site de apresentação de personagens diz que o Capitão Theo é honesto e corajoso.
Realmente precisa de muita coragem pra transar com tantas mulheres ao mesmo tempo, numa mesma novela, sendo uma mulher mais rival que outra e o personagem sabendo de cada uma o que deseja e mesmo assim fazendo sexo com todas.
Na realidade desta novela de Glória, basta um buraco à altura de sem membro para que o capitão Theo demonstre sua sexualidade.
No jeito que vai, o Theo vai fazer sexo com a fechadura da porta.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 02h53

James Akel faz comparação entre Regina Volpato e João Kléber

 

Em seu primeiro programa nas manhãs da RedetV, João Kleber deu uma aula de como apresentar um merchandising em programa.
Ele participa de verdade do merchandising, interpretando o anúncio e não apenas lendo o texto, como fazia sua antecessora Regina Volpato.
Não existe, aliás, a menor comparação entre João Kleber e Regina Volpato, não apenas em merchandising quanto em dinâmica de palco e postura de voz de comando.
João é incomparalvelmente superior à Regina.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 02h48 no dia 09 de abril de 2013

James Akel comenta situação inaceitável na REDE TV!

O notável jornalista Flávio Ricco, que escreve a maior coluna sobre tv do Brasil, mostra em sua coluna de hoje algo inaceitável.

“Boa parte do pessoal que a Rede TV! dispensou no ano passado, não recebeu nada até agora.
Alguns, como não houve homologação, alegam que perderam direito ao seguro desemprego. Tem gente em situação muito difícil.”

Depois, quando alguma entidade de classe solicita ajuda do Palácio do Planalto para resolver os problemas, o dono da RedeTV, Amilcare Dallevo, fica zangado.
Vejam que a notícia está na mais conceituada coluna sobre tv do Brasil, escrita por um dos mais conceituados e bem sucedidos membros da categoria.

Escrito por jamesakel@uol.com.br às 02h44 no dia 09 de abril de 2013