Jair Rodrigues participa do quadro “Sabe Tudo” no “Programa do Ratinho”

https://i2.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/8b59f229543adff8461376971960e298.jpg

Nesta terça-feira (30), Ratinho recebe o cantor Jair Rodrigues no quadro “Sabe Tudo”.

Uma fã participa do jogo e tem que acertar várias curiosidades da vida do artista. Caso saiba tudo sobre Jair Rodrigues, ela ganha uma quantia em dinheiro e ainda pode conhecer o ídolo.

No quadro, o cantor ainda canta vários sucessos de sua carreira.

O “Programa do Ratinho” vai ao ar a partir das 21h15, no SBT.

NaTelinha

Nasce segunda filha do jornalista Evaristo Costa

https://i2.wp.com/natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/e8f0653572c5acd78d9b3ab0f272e24b.jpg

Jornalista e apresentador do “Jornal Hoje”, da Globo, Evaristo Costa se tornou pai mais uma vez.

Fruto de seu casamento com a fisioterapeuta Amália Stringhini, Antonela nasceu com 3 quilos na noite desta última segunda-feira (29).

A informação foi dada por Sandra Annenberg na edição de hoje do jornal. Além disso, ela falou que o âncora ficará alguns dias fora do noticiário, já que ele juntou sua licença-paternidade com suas férias.

Evaristo já tinha uma filha, que nasceu em 2011 e se chama Francesca.

“Estamos muito felizes, tudo de bom para o Evaristo, sua mulher e pra nova cria”, concluiu Sandra.

NaTelinha

Site de esportes da Globo precisa de uma reciclagem

É fato que o GLOBO ESPORTE.COM é o site mais completo sobre esportes no Brasil ! Conteúdo a perder de vista ! São tantas informações que o nosso humilde blog “pesca” algumas . Porém é triste constatar o que acontece na zona dos comentários ! Após a notícia , as pessoas podem fazer comentários . Mas o que se vê um FESTIVAL DE ABSURDOS SEM TAMANHO ! Vejam só alguns comentários feitos no post

Dedé consegue liminar que libera a sua transferência para o Cruzeiro

Carlos Rocha30 minutos atrás

EU ODEIO O CRUZEIRO TIME LIXO

28 RESPOSTAS

FACEBOOKTWITTER

DENUNCIAR

Imagem do usuário
MAIS 3 RESPOSTAS

    • Guilherme Oliveira20 horas atrás

      “EU ODEIO O CRUZEIRO…BUAAA”……CHORA SUA FRANGAAAAA

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Thales Santos20 horas atrás

      Logico ,depois de ter levado varias goleadas, e ver o cruzeiro levantar varios titulos,, era o mais certo vc como atletica odiar o maior de minas…..

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Jorge Lima19 horas atrás

      Mas o Cruzeiro te adora. Afinal, de quem a gente ia rir se não fossem voces?

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Biteludo Mal19 horas atrás

      kkkkkkkkkkkk so de ver esta camisa linda já fica tremendo kkkkkkkkkkkkkkk

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Joao Algusto19 horas atrás

      Carlos Rocha, com certeza vc torce para o Gaylon, otario chupa que é de uva, melhor time do brasil na atualizade, CRUZEIRÃO.

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • China Azul19 horas atrás

      Ja começou o medo kkkkkkkkkk dia 12/05 vai voar pena

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

      Imagem do usuário
    • Augusto Henrique18 horas atrás

      odeia o cruzeiro mas ñ saida pág dele.

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Adelson Viana18 horas atrás

      Augusto Henrique ,imagine o que faz uma raposa numa rinha de galo… È pena pra todo lado. Kkkkkkk!kkkkkkk

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Ramonilson Santos18 horas atrás

      entao pare de torce para seu time rsrsrsrsrsrsrsrsrsr quem nem descrição tem rsrsrsrsrsrsrsr

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Jose Sena15 horas atrás

      o seu time deve ser o resto desse lixo não.? carlos Rocha qual seu time vc. conhece de futebol.!

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Marcelo Melo14 horas atrás

      Esse time de lixo, vai ganhar o MINEIRO, A COPA DO BRASIL E O BRASILEIRO este ano, e vocês gayloadas o que ganharam desde 71, NADAAAAAAAAAAA, kkkkkkkkkk

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Washington Maia14 horas atrás

      Se rasga toda então franguinha.

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Luiz Guilherme14 horas atrás

      EU ADORO SUA MÃE!!!

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Alassi Sampaio13 horas atrás

      O CERTO SERIA EU TENHO INVEJA DO CRUZEIRO TIME GIGANTE

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Guerreiro Gramados13 horas atrás

      deve ser duro né amigo competir com uma ferrari quando só se tem um fusquinha kkkkkkkkkkkkkkkkk no classico vcs vão engolir a seco toda essa arrogancia saudações celeste pra vc

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Paulo Expedito11 horas atrás

      bom mesmo odiar ,normal pior seria atreticano gostando do cruzeiro,,,cruz credo.

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Rafael Metzeller4 horas atrás

      GaloQueer

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Giselle1 hora atrás

      Pode odiar o tanto que vc quiser, isso mostra a importância que ele tem mesmo para os adversários porque se fosse um time qualquer vc nem daria notícia! Obrigada pelo reconhecimento ao MAIOR de Minas! Ahhh e para seu ódio aumentar, o Cruzeiro vai existir com ou sem seu ódio e nem sabe que vc existe!hauhauhauhau

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Carlos Rocha1 hora atrás

      Giselle nossa que medo eu to de vc, vai lavar roupa

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

      Imagem do usuário
    • Giselle1 hora atrás

      Carlos Rocha hahahahhahah tá com medo de perder a discussão é??!!por isso me mandou lavar roupa! Vira homem e encare a verdade que o Cruzeiro é o MAIOR de Minas por isso está tão incomodado!kkkkkkkkkkkk

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Carlos Rocha1 hora atrás

      Giselle DEPOIS de lavar toda a roupa, passa elas tambem kkkkkkkkk

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

      Imagem do usuário
    • Giselle1 hora atrás

      Carlos Rocha fugindo de novo da discussão é??!!!!uauhauhauhahahauha É só isso que vc sabe falar?hauhauhauhau Volta!!!hahahah

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Rafael Metzeller36 minutos atrás

      Giselle, preocupa não, isso é um fake, deve ser menino de 12 anos cuja família esta enraizada com épocas coloniais para falar assim de uma mulher. Atleticano que está inconformado de só ver o cruzeiro ser campeão e o seu time sendo zoado e nadando e nadando pra morrer na praia todos os anos

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

    • Joel Elias33 minutos atrás

      Giselle 3, Carlos Rocha banana 0. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      RESPONDER

      FACEBOOKTWITTER

      DENUNCIAR

 
Não acham isso desagradável ? Um debate vira uma briga infantil e acaba caindo no campo da ofensa !
Nas notícias sobre o Flamengo então , o nível dos comentários é BEM PIOR !

Dedé consegue liminar que libera a sua transferência para o Cruzeiro

Justiça do Trabalho atende ao pedido do zagueiro, que tinha os direitos presos na Federação do Rio por causa de dívida do Vasco com a Fazenda

Dedé liminar justiça (Foto: Reprodução)

Ofício do TRT enviado à CBF comunicando liberação
da transferência de Dedé (Foto: Reprodução)

 

O zagueiro Dedé obteve nesta segunda-feira uma liminar que permite a transferência de seus direitos federativos para o Cruzeiro. O jogador acionou a Justiça do Trabalho alegando que não poderia ter impedido o direito de exercer sua profissão. Os direitos dele estavam presos na Federação de Futebol do Rio por causa de um mandado de segurança conquistado na semana passada pela Fazenda Nacional, credora do Vasco, ex-clube do zagueiro.

Por meio de seu advogado, Dedé conseguiu um mandado de segurança em segunda instância no Tribunal Regional Federal da 2ª Região, no Rio de Janeiro. Os desembargadores da 4ª Turma do TRF já mandaram o ofício da decisão ser expedido para todas as partes envolvidas já nesta segunda-feira. No entanto, a Fazenda Nacional, que havia entrado com o recurso na 9ª Vara de Execuções Fiscais, ainda pode recorrer da decisão.

– É uma decisão que coloca as coisas em seus devidos lugares. O atleta tem o direito constitucional de trabalhar, e a Justiça respeitou esse direito – resumiu Carlos André de Freitas Lopes, advogado de Dedé.

O clube carioca deve aproximadamente R$ 50 milhões à Fazenda, que, por isso, bloqueou a transferência dos direitos federativos de Dedé ao Cruzeiro. Os cruz-maltinos receberam R$ 14 milhões pela transação e alegam que já gastaram todo o dinheiro depositado pelos mineiros. Com a liminar conquistada nesta sexta na Justiça do Trabalho, Dedé está liberado para ser inscrito pelo Cruzeiro.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Felipe comemora repetição do time e vê Fla ganhando ‘cara de Jorginho’

Time que enfrenta o Campinense nesta quarta-feira será o mesmo que venceu o Fluminense e o Remo. Equipe pode ficar 25 dias treinando

Jorginho jogo Flamengo Remo  (Foto: Luciano Belford / Agência Estado)

Jorginho mantém time que venceu Flu e Remo
(Foto: Luciano Belford / Agência Estado)

A página do Carioca já está virada, e o foco do Flamengo na temporada agora é a Copa do Brasil e o Brasileiro. Há pouco mais de um mês no comando, o técnico Jorginho vai repetir a escalação da equipe que considera titular pela terceira vez na partida contra o Campinense, nesta quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), no Estádio Amigão, pela segunda fase da Copa do Brasil. Para o goleiro Felipe, a equipe voltou a jogar bem e está começando a ficar do jeito que o treinador quer.

– Jorginho está conseguindo repetir. Além disso, apresentamos um futebol bem melhor nos últimos jogos. É nosso melhor momento, quase sem nenhum problema. O esquema tem sido repetido, e o time começa a ter mais a cara do Jorginho.

O início do comandante foi complicado. Em seus quatro primeiros jogos pelo Carioca, foram dois empates (Boavista e Duque de Caxias), uma derrota para o Audax e apenas uma vitória, por 2 a 1 sobre o Bangu. O fraco desempenho fez com que o time fosse eliminado precocemente da Taça Rio com duas rodadas de antecedências. A reviravolta começou na vitória sobre o Fluminense, por 3 a 1 e continuou no triunfo sobre o Remo, por 3 a 0. Nas duas partidas, o time foi o mesmo e será novamente repetido contra o Campinense. A formação com Felipe, Léo Moura, Renato Santos, González e Ramon; Amaral, Elias e Renato Abeu; Rafinha, Gabriel e Hernane parece ser a ideal para o comandante.

Na última partida, porém, Jorginho optou por colocar o time reserva contra o Macaé – o único titular foi o Brocador, que fez dois gols. A vitória por 3 a 1 animou o técnico, já que deu boas opções para a equipe.

Jorginho é um cara honesto e sincero. O que tem que falar, fala na cara. Poucos treinadores dão esse espaço para os atletas”
Felipe, goleiro

O bom relacionamento com os jogadores também é um ponto forte de Jorginho, segundo Felipe. O goleiro acredita que o treinador ganhou o grupo dando abertura para que todos dêem seus pontos de vista.

– O Jorginho é um cara honesto e sincero. O que tem que falar, fala na cara. E isso deixa o jogador tranquilo. São poucos treinadores que dão espaço para os atletas darem suas opiniões. Há treinadores que não dão espaço e se acham os donos da verdade. O Jorginho jogou, jogou bem e ganhou Copa do Mundo. Ele dá espaço para trabalhar em conjunto – elogiou o goleiro.

Caso o Flamengo vença o Campinense por dois ou mais gols de diferença, eliminará o jogo de volta. Com isso, ficaria 25 dias sem disputar uma partida oficial até a estreia pelo Campeonato Brasileiro contra o Santos, dia 26 de maio, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Nesse período, Jorginho vai realizar um período de treinos para preparar a equipe para o ano. Uma das opções é o elenco ficar alguns dias em Pinheral.

– Para o Jorginho, vai ser bom para treinar a equipe. É ruim (em Pinheiral) porque não pega telefone (risos). Já tivemos a pré-temporada no começo do ano e agora teremos outra. É algo bom para equipe.

* Raphael Bózeo, estagiário, sob a supervisão de Bernardo Ferreira.

 

GLOBO ESPORTE.COM

Na companhia do filho, torcedor viaja para reencontrar o Fla após 12 anos

Sebestião estava com o filho de 6 anos para ver o desembarque do time carioca, em João Pessoa. Equipe enfrenta o Campinense na quarta-feira

Uma paixão que já dura mais de 20 anos. O motorista Sebastião Inácio viajou cerca de 55 quilômetros de Sapé até João Pessoa, apenas para acompanhar o desembarque do Flamengo na madrugada desta terça-feira, no Aeroporto Internacional Castro Pinto. E para não fazer o percurso sozinho levou uma boa companhia: o filho Renan Pereira, de apenas seis anos.

Ao lado de cerca de 500 torcedores no aeroporto, Sebastião aproveitou a passagem do Flamengo pela Paraíba para rever o time de perto. É que nesta quarta-feira o Rubro-Negro vai fazer o jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil contra o Campinense.

– É uma emoção muito grande. Sou torcedor do Flamengo desde criança e tento passar essa paixão que sinto para o meu filho também. Aproveitei esta oportunidade só para ver a chegada do meu time do coração.

Se Sebastião levou Renan para o aeroporto, a ida do garoto para o estádio será difícil. A previsão é que os torcedores lotem o Amigão e o público passe de 20 mil. Então, o pequeno deve acompanhar a festa mesmo só pela televisão.

– Estou pretendendo ir, mas não vou levar meu filho. Vou sozinho. Ele é pequeno demais para poder acompanhar aquela festa toda que a torcida vai fazer – prevê Sebastião.

Desde pequeno torço para o Flamengo. Começou no tempo de Zico. Quando eu vi Zico jogar me apaixonei. Isso faz mais de 20 anos”
Sebastião Inácio

Paixão pelo Flamengo

Ainda criança, Sebastião torcia para o Flamengo. E é essa paixão que ele quer passar para o filho Renan. A paixão do motorista pelo clube começou ainda quando Zico vestia a camisa 10.

– Desde pequeno torço para o Flamengo. Começou no tempo de Zico. Quando eu vi Zico jogar me apaixonei. Isso faz mais de 20 anos.

sebastião inácio e o filho de 6 anos (Foto: Cadu Vieira / Globoesporte.com/pb)Com aspecto de cansado, Sebastião segura o filho Renan no colo, que exibe o cordão com a bandeira do Fla (Foto: Cadu Vieira / Globoesporte.com/pb)

Última vez

A única vez que Sebastião acompanhou o Flamengo pessoalmente foi em 2001 durante um jogo pela Copa dos Campeões, competição que nem faz mais parte do calendário nacional. Naquela ocasião, o Rubro-Negro venceu o Cruzeiro por 3 a 0, no Estádio Almeidão, em João Pessoa.

– Foi muito emocionante aquele jogo. E que foi a primeira vez que eu vi a equipe ao vivo e a cores. Essa também foi a última vez. Então, espero estar lá no Amigão. Quero o placar de 2 a 0 e a classificação garantida para a próxima fase.

O confronto entre Campinense e Flamengo está marcado para quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), e terá transmissão ao vivo da Rede Globo. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real. Uma vitória por dois gols de diferença garante os cariocas na fase seguinte da Copa do Brasil sem a necessidade da partida de volta.

Multidão invade a madrugada e faz festa para o Fla em João Pessoa

Desembarque conta com cerca de 500 rubro-negros. Delegação segue de ônibus até Campina Grande, palco do duelo de quarta pela Copa do Brasil

Como de costume, o encontro entre Flamengo e Nordeste foi sinônimo de festa na Paraíba. O relógio já apontava 1h10m da madrugada quando a delegação desembarcou no Aeroporto Castro Pinto, em João Pessoa. Mas quem disse que o horário foi problema para os rubro-negros? Cheios de entusiasmo, cerca de 500 torcedores – de acordo com a estimativa da polícia – receberam os jogadores que enfrentam o Campinense, quarta-feira, pela Copa do Brasil. A viagem, no entanto, não chegou ao fim, e o grupo segue de ônibus para Campina Grande, palco do confronto.

Desembarque do Fla em João Pessoa (Foto: Cahê Mota / Globoesporte.com)O técnico Jorginho sentiu de perto o carinho da torcida no desembarque da delegação do Fla em João Pessoa (Foto: Cahê Mota / Globoesporte.com)

Mesmo com a possibilidade de seguir de avião até a cidade do interior em voo com conexão em Salvador, o Flamengo optou por ir para João Pessoa e fazer a perna final por via terrestre por questões logísticas, principalmente para evitar riscos com material esportivo ou atraso na troca de aeronave. Na chegada à capital paraibana, os mais assediados foram Hernane e Jorginho, que tiveram dificuldades para deixar o saguão e se juntar ao restante da delegação no ônibus.

Ao gritos de “Uh, terror, o Hernane é brocador”, o atacante foi o último dos jogadores a deixar o local e precisou de escolta de seguranças. Sorridente, Jorginho encarou o assedio com simpatia e fez elogios aos torcedores.

Desembarque do Fla em João Pessoa (Foto: Cahê Mota / Globoesporte.com)
Nem o avançar da hora desanimou os rubro-negros
no aeroporto (Foto: Cahê Mota / Globoesporte.com)

– É uma alegria para a gente. Foi assim na minha época de atleta. Fico feliz por ser assim ainda. É essa paixão que o Flamengo tem, principalmente no Norte e Nordeste. É algo impressionante. Isso que nós queremos, que essa torcida esteja presente em massa e nos dê um grande apoio.

Após treinar pela manhã no Ninho do Urubu, o elenco do Flamengo se reapresentou no início da noite e passou quase que despercebido pelo Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Com direito a embarque prioritário, os atletas já se encontravam a bordo da aeronave quando foi aberta a entrada do restante dos passageiros. A viagem de cerca de 2h40 minutos ocorreu tranquilamente.

Com chegada a Campina Grande prevista para por volta das 3h, o Flamengo terá a manhã de terça-feira livre para repouso. Na parte da tarde, os jogadores participam de um treinamento de reconhecimento do gramado do Estádio Amigão. O confronto com o Campinense está marcado para quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), e terá transmissão ao vivo da Rede Globo. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real. Uma vitória por dois gols de diferença garante os cariocas na fase seguinte da Copa do Brasil sem a necessidade da partida de volta.

Desembarque do fla em João Pessoa (Foto: Cahê Mota / Globoesporte.com)O torcedor paraibano aguardou ansioso a chegada da delegação rubro-negra a João Pessoa
(Foto: Cahê Mota / Globoesporte.com)

 

Agilidade, texto afiado e nova classe C marcaram a estreia de “Sangue Bom”

 

Protagonistas de “Sangue Bom” (Foto: divulgação TV Globo)

Ótima estreia a de “Sangue Bom”, nesta segunda-feira (29/04) – a nova novela das sete da Globo, de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari. Um primeiro capítulo bem dirigido (Dennis CarvalhoCarlos Araújo e equipe), marcado por agilidade, com cenas curtas e clipadas. A dupla de novelistas veio com um texto afiadíssimo, em diálogos rápidos, espirituosos e sarcásticos – lembrou o texto de Carlos Lombardi. Frases de duplo sentido e expressões irônicas: “Não gosto de mulher que pisa” (personagem desaprovando slogan de campanha de sapato), “Mas morreu em que sentido?” (Barbara Ellen/Giulia Gam ao saber que o ex-marido havia morrido), “cara de cu-í-ca” (outra de Barbara Ellen, que, parece, tem muito a dizer na novela).

Será que os autores continuam neste ritmo ou foi apenas para impressionar? Pergunto porque não é bem o estilo das novelas de Maria Adelaide Amaral. Parece claro que “Sangue Bom” bebeu da fonte dos dois últimos sucessos do horário das sete: “Ti-ti-ti” (2010), também deMaria Adelaide e Villari, e “Cheias de Charme” (2012), de Filipe Miguez e Izabel de Olveira. Como elas, a nova trama das sete é colorida, viva, e combina com a agilidade proposta.

Agilidade também combina com juventude – reza a cartilha publicitária. Não por acaso, não se viu atores mais velhos no elenco. Os protagonistas são seis personagens jovens, em seus dramas de ter e ser. O mundo das celebridades e seus clichês ficaram explicitados em vários diálogos e situações. Lembrou a série “A Vida Alheia” (2010), de Miguel Falabella, e a novela “Celebridade” (2003-2004), de Gilberto Braga – que também tinha Dennis Carvalho na direção geral.

Referências à parte, “Sangue Bom” deve demarcar sua identidade própria já nos próximos capítulos. E passa longe de qualquer comparação com “Malhação” – como chegou a ser cogitado quando as primeiras chamadas foram veiculadas.

Os personagens centrais – que são vários – foram quase todos apresentados já nesta estreia, mesmo que em cenas rápidas – já deu para sentir a tônica deles (Bruno GarciaLetícia SabatellaMarisa OrthIngrid Guimarães, por exemplo). A trilha sonora, bastante executada, também chamou a atenção: hits internacionais e regravações brasileiras “descoladas” – como o próprio tema de abertura.

Malu Mader, quem diria, foi parar na Zona Norte de São Paulo, fazendo papel de pobre – ou de “nova classe C”. Os bairros da região foram devidamente mapeados e citados. A nova classe C – lembrada no texto – se sentiu homenageada. A Globo parece que não quer mais esquecê-la – como aconteceu em “Guerra dos Sexos

 

Nilson Xavier

O que pode explicar a queda abrupta de audiência do “Dentista Mascarado”?

Ao escrever sobre a estreia de “Dentista Mascarado”, considerei o seriado mais bem estruturado e menos descartável que os últimos três (“Separação?!”, “Macho Man” e “Como Aproveitar o Fim do Mundo”) criados pela dupla Alexandre Machado e Fernanda Young. Pelo visto, o público não concorda comigo.

O primeiro episódio, que marcou também a estreia de Marcelo Adnet na Globo, registrou audiência na casa dos 17 pontos – um índice considerado bom para o horário, às 23h30, de sexta-feira, depois do “Globo Repórter”. Na semana seguinte, o programa repetiu este desempenho, mas subitamente despencou, no terceiro episódio, para 12 pontos – uma perda de 30% do público. Nesta última sexta (26), o quarto episódio voltou a marcar apenas 12.

É um número baixo, para a Globo, e que lembra o mau desempenho de “Casseta & Planeta Vai Fundo” no mesmo dia e horário, há um ano. Depois de passar 2011 longe das telas, o programa voltou reformulado e na estreia registrou 15 pontos. Foi o melhor resultado da atração. A audiência caiu para 12 no final da primeira temporada, em junho, e chegou a 10, no último episódio da segunda temporada, em dezembro.

Já escrevi mais de uma vez que televisão não é ciência. Ainda assim, me parece lógico acreditar que a rejeição do público a um programa de humor deve ser creditada, em primeiro lugar, ao fato de não ser visto como engraçado. Alguém arrisca outra explicação?

 

Maurício Stycer