“Salve Jorge” derrapa na coerência e subestima a inteligência do telespectador

Ana Beatriz Nogueira e Cláudia Raia na cena do elevador em “Salve Jorge” (Foto: TV Globo)

“Você vai cair dura quando souber quem é a chefe!”

Esta foi a última fala de Raquel (Ana Beatriz Nogueira) antes de cair dura com a injeção de veneno letal que a vilã Lívia Marine (Cláudia Raia) lhe aplicou no capítulo desta segunda-feira (19/03) de “Salve Jorge”.

Sem conseguir falar com a delegada Helô (Giovanna Antonelli), por causa do sinal do celular, Raquel entra no elevador (oi?). Na sequência, Lívia, que está deixando o hotel, a encontra no elevador, saca sua injeção com “veneno letal” e faz uma nova vítima. Claro, a vilã nem está preocupada com câmeras de segurança, afinal, “ela tem cúmplices no hotel” – como justificou Glória Perez no Twitter depois que a cena foi ao ar. Coerência para quê, quando se pode dar qualquer desculpa para explicar um roteiro mal costurado.

Santa Clara – a padroeira da televisão – deve ter chorado sangue. Diante de tantas críticas acerca de seu roteiro estapafúrdio, a autora desabafou que era preciso “voar” em sua história. Sim, novela é novela. O brasileiro está acostumado às fantasias de nossos folhetins. Mas é necessário um mínimo de coerência para embarcar em uma história que tem a pretensão de tratar de um tema tão real e importante como o tráfico de humanos.

Glória Perez – que já foi chamada de “herdeira de Janete Clair” – adora entrechos absurdos. A novela “Carmem” (TV Manchete, 1987-1988) ficou famosa pela cena em que uma mulher deu seis tiros à queima roupa no marido, a menos de um metro de distância, e errou todos! Um exemplo mais recente: Sol, a personagem de Deborah Secco em “América” (2005), escondeu-se dentro de uma caixa de papelão para fugir da imigração americana, e foi parar no apartamento de Ed (Caco Ciocler), que se apaixonou instantaneamente pela moça assim que ela saiu da caixa (parece que a pessoa escondida na caixa de papelão foi inspirada em um fato real).

Só para lembrar: Janete Clair também foi muito criticada pelos seus roteiros fantasiosos demais, tanto que ela entendeu a urgência em mudar seu estilo, a partir de “Pecado Capital” (1975-1976).

Vilões caricatos (que parecem saídos de um filme de 007 ou de um desenho animado da Disney), situações bizarras, furos de roteiro, entrechos que subestimam a inteligência do telespectador, Morena versão cabelo liso, Morena versão cabelo encaracolado. Fica muito difícil embarcar no balão de “Salve Jorge” e “voar com a novela”, como suplica a autora, quando ela cria uma fantasia descabida no desenvolvimento de um tema realista que merecia um tratamento mais cuidadoso.

Dias Gomes era mestre na realidade disfarçada de fantasia, em novelas como “O Bem Amado”, “Saramandaia” e “Roque Santeiro”. “Que Rei Sou Eu?” (de Cassiano Gabus Mendes) é outro exemplo.  O contrário – a fantasia disfarçada de realidade – também pode agradar, caso de “Avenida Brasil”. Também o realismo pelo realismo, como em “Vale Tudo” e o naturalismo das novelas de Manoel Carlos. Ou a fantasia pela fantasia, sem pretensões realísticas, como em algumas novelas de Aguinaldo Silva (inclusive “Fina Estampa”), ou a fantasiosa “Cordel Encantado”.

A morte de Raquel poderia lembrar uma cena do filme “Vestida para Matar” (de Brian de Palma, 1980), em que uma mulher é morta a facadas no elevador (como bem lembrou @joaolimajr pelo Twitter). Mas o máximo que conseguiu foi remeter à “pegadinha” da menina fantasma no elevador, do SBT. E ainda fez sentir saudades dopendrive da Nina.

Raquel poderia ter morrido de uma forma mais simples e mais coerente. Mas a autora preferiu ampliar a realidade, justificando que sim, câmeras de segurança falham. Optou pela situação surreal, a que chama a atenção, a que causa burburinho. Afinal, a audiência de “Salve Jorge” não anda lá essas coisas e repercussão é sempre bom… Agora, se a repercussão é negativa ou positiva, essa já é outra história. De qualquer forma, o estratagema funcionou na noite fria de São Paulo: 39 pontos no Ibope.

 

Nilson Xavier

Detetive Vê “Salve Jorge”: Lucimar visita Theo de madrugada

Os detetives não deixam passar uma… Assim que foi ao ar a cena em que Lucimar (Dira Paes) visita Theo (Rodrigo Lombardi) em “Salve Jorge”, na noite de terça-feira (19), começaram a pipocar mensagens, no Twitter e por e-mail, de espectadores surpresos com o horário do encontro: 1 da manhã!

É verdade que Lucimar se desculpa com Erica (Flavia Alessandra): “Desculpa. Eu vim tarde assim, sem anunciar.” Mas ninguém poderia imaginar que fosse tão tarde. Ao abraçar a ex-sogra, a câmera mostra claramente o relógio de Theo (clique AQUI para ver a imagem ampliada).

“Acho que se esqueceram de ajustar o relógio do ator, pois não é possível que quisessem levar os espectadores a acreditar que a visita da sofredora ao ex-genro pudesse ser de madrugada!”, observa o leitor Davi.Realmente…

Mas, cá entre nós, numa novela em que até as publicidades exibidas na TV turca são faladas em português, esse detalhe do relógio chega a ser insignificante.

Maurício Stycer

Adriana Araújo assume a bancada do “Jornal da Record”

Adriana Araújo estará na bancada ao lado de Celso Freitas. Foto: Divulgação/ Rede Record
A Record informa que a jornalista Adriana Araújo assume a bancada do “Jornal da Record”, ao lado de Celso Freitas, no próximo dia 26 de março, dia do lançamento da nova programação 2013 da Rede Record.

Adriana, há 7 anos na emissora, foi correspondente em Nova York e Londres, participou das mais importantes coberturas jornalísticas e esportivas dos últimos tempos e ainda apresentou o Domingo Espetacular.

Agora, a jornalista traz sua experiência para esta nova etapa do Jornal da Record.

Só para constar, Ana Paula Padrão que estava à frente do telejornal há quatro anos, decidiu não renovar o seu contrato com a emissora.

O PLANETA TV!

Kiefer Sutherland irá estrelar o filme “Pompeii”

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130321163328.jpg

Divulgação

Famoso por ter estrelado a série “24 Horas”, o ator Kiefer Sutherland foi contratado para participar do filme “Pompeii”, segundo o site The Hollywood Reporter.

O longa se passará em 70 D.C. e contará a história de um escravo (Kit Harington) que sonha em ser livre e casar-se com a filha de seu mestre.

Porém, ele acaba descobrindo que a garota foi prometida para um corrupto senador de Roma (Sutherland).

Quando o Monte Vesúvio entra em erupção, ele precisa ir até a Pompeia para tentar resgatar o seu amor e salvar seu melhor amigo, que tornou-se um gladiador.

“Pompeii” terá a direção de Paul W.S. Anderson (“Resident Evil 5 – Retribuição”) e chega aos cinemas em 2014.

 

natelinha

Série “CSI” é renovada para uma décima quarta temporada

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130320181114.jpg

Divulgação

A premiada série policial “CSI” foi renovada para uma décima quarta temporada pela rede americana CBS. Além disso, o ator Ted Danson renovou seu contrato para permanecer protagonista da trama por mais um ano.

Em sua atual temporada, o programa mantém sua audiência próxima aos 11 milhões de espectadores, números similares ao ano anterior e considerados bons para o canal.

Em seu novo ano, o programa continuará mostrando os casos investigados pela divisão de ciência forense de Las Vegas, liderada por D.B. Russell (Danson).

“CSI” é exibida pela Record e Sony no Brasil.

 

natelinha

Comédia “Hot in Cleveland” é renovada

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130321165243.jpg

Hot in Cleveland foi renovada – Divulgação

A emissora TV Land anunciou nesta quarta-feira (20), a renovação da série de comédia “Hot in Cleveland” para uma quinta temporada, onde ultrapassará a marca dos 100 episódios.

Na primeira metade do seu quarto ano, o programa está mantendo uma audiência similar ao da temporada anterior, que é considerado suficiente para o canal.

“Hot in Cleveland” gira em torno de três mulheres de Los Angeles que acidentalmente vão parar na pequena cidade de Cleveland. Eles acabam se apaixonando pelo estilo mais simples do local e decidem morar lá por um tempo.

A atração é exibida no Brasil pelo canal TBS.

 

natelinha

Vera Farmiga participará de filme com Robert Downey Jr.

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130321163611.jpg

Divulgação

De acordo com o site The Hollywood Reporter, a atriz Vera Farmiga (“A Orfã”) estrelará o longa “The Judge”, que será protagonizado por Robert Downey Jr. (“Homem de Ferro”).

A trama gira em torno de um advogado de sucesso (Downey) que retorna para sua cidade natal para o funeral de sua mãe. Ele então descobre que o seu pai (Duvall), que está sofrendo de Alzheimer e é o juiz da cidade, está sendo acusado de assassinato.

Farmiga interpretará uma garçonete na cidade, que possui um passado com o advogado.

Dirigido por David Dobkin (“Eu Queria Ter a Sua Vida”), o filme não conta com data de estreia.

 

natelinha

Record se apressa para encerrar gravações de “José do Egito”

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130321132509.jpg

Diretor Alexandre Avancini intensifica trabalhos de “José do Egito” – Divulgação/Record
Com suas gravações ocorrendo desde o segundo semestre do ano passado, “José do Egito” está com sua produção intensificada nestes últimos dias.
Segundo a coluna Controle Remoto, existe pressa para a conclusão dos trabalhos da minissérie e as rotinas de gravações estão cada vez maiores. Algumas cenas têm sido feitas em plena madrugada.
Embora a série não tenha enfrentado grandes problemas como sua antecessora “Rei Davi”, as condições climáticas do Chile e do Brasil
prejudicaram o cronograma em algumas ocasiões. As chuvas recentes no Rio de Janeiro, por exemplo, fizeram com que algumas externas na cidade cenográfica fossem canceladas.
Outro motivo para que os trabalhos se encerrem logo está no contrato da Record com a locadora das câmeras de cinema utilizadas nas filmagens. O acordo se encerra no dia 28. Desta forma, a intenção é que os trabalhos terminem até o final de semana e que a partir daí sejam feita apenas as tarefas relacionadas à edição.
No ar, “José do Egito” deverá se estender até o mês de julho ou agosto.
natelinha

Sindicatos mandam carta-aberta ao presidente da Record Rio após demissões

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130321124327.jpg

Divulgação
Na última terça-feira (19), o Sindicato dos Radialistas do Estado do Rio de Janeiro e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio se reuniram, contando com a participação de vários funcionários demitidos da Record Rio.
A reunião aconteceu por um motivo: a emissora estaria planejando mais demissões em massa. De acordo com o sindicato, na mesta terça-feira, cerca de 40 funcionários foram demitidos da Record Rio.
Confira a íntegra da nota divulgada logo após a reunião endereçada a Cláudio Rodrigues, presidente da Record Rio:
“Para a Rede Record, pelo menos no Rio de Janeiro, seus problemas financeiros são culpa dos empregados que diariamente levam a programação ao ar. É esse o recado que a direção da empresa deixa ao anunciar demissões de profissionais de diferentes áreas e classificá-las como ’reestruturação’. Em apenas um dia – a terça-feira 19 de março – 40 profissionais foram demitidos.
 
Alguns dos problemas recentes: tentativa de corte de férias de jornalistas e radialistas, fim do pagamento dobrado do feriado trabalhado, mudança do plano de saúde – para pior –, atraso no salário de trabalhadores contratados como pessoas jurídicas, dispensas, dispensas e mais dispensas. A cartilha de Edir Macedo reza pelo corte de funcionários sem nenhuma preocupação com a responsabilidade social de uma empresa e com os transtornos familiares dessas demissões.
 
O milionário Templo de Salomão é erguido em São Paulo, o dono da empresa tem seu próprio avião a jato e ostenta uma fortuna de R$ 1,9 bilhão, segundo a revista norte-americana Forbes. Ao mesmo tempo, a Rede Record aumenta seu faturamento em 15% na comparação entre 2011 e 2012 e o setor de telecomunicações é beneficiado por desonerações de impostos. Mas, de olho unicamente nos lucros, a emissora já dispensou 85 radialistas e jornalistas desde o ano passado. Profissionais que se dedicaram durante anos à construção da emissora.
 
Fica aqui um novo aviso ao presidente da Record Rio, Cláudio Rodrigues. Espera-se de uma empresa que detém uma concessão pública seriedade no trato com seus trabalhadores e também no diálogo com a sociedade. As últimas movimentações da emissora de Edir Macedo caminham, no entanto, para o lado contrário, com absoluta falta de respeito aos seus funcionários.
 
Sindicato dos Radialistas do Estado do Rio de Janeiro
 
Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio”
natelinha