“Estou matando um leão ou dois por dia”, afirma Roberto Cláudio

Prefeito de Fortaleza promete muito trabalho para cumprir obras para a Copa. Foto: Lucas de Menezes

Prefeito de Fortaleza promete muito trabalho para cumprir obras para a Copa. Foto: Lucas de Menezes

O prefeito Roberto Cláudio afirmou que está “matando um leão ou dois por dia” para dar conta das obras de mobilidade no entorno da Arena Castelão. Roberto fez a afirmação durante evento que discute “detalhes” da Copa das Confederações em Fortaleza. A reunião ocorre durante toda esta quinta-feira (14) na Arena Castelão, em Fortaleza, e discute os planos operacionais das cidades-sede para a Copa das Confederações de 2013, que será realizada no Brasil. O evento teve início às 10h e tem previsão de término às 19h.

Roberto revelou a data que utiliza como limite para finalizar os trabalhos. “Meu compromisso é entregar as obras do entorno da Arena Castelão em 15 de junho. Temos tempo para nos preparar bem e recuperar o tempo perdido”, disse, em referência ao que definiu como “atraso” herdado da última gestão municipal. O governador Cid Gomes elogiou a postura do prefeito. “Roberto Cláudio dá claras demonstrações de um novo ritmo no comando da cidade”, afirmou Cid.

Governador garante Centro Olímpico

Cid Gomes garantiu que conseguiu junto à presidenta Dilma Rousseff o apoio necessário para a construção do primeiro Centro de Formação Olímpica do Nordeste. O Centro, segundo o governador cearense, irá abrigar e formar atletas para competirem em 26 das 32 modalidades olímpicas disputadas. “Será um marco nos esportes. Quero fazer o registro oficial de minha gratidão para com o governo de Dilma, que tem atenção especial para com o Ceará”, frisou Gomes.

Alinhamento e integração são discutidos nas cidades-sede

Na Capital cearense estão presentes o ministro do Esporte, Aldo Rebelo; o CEO do Comitê Organizador Local (COL), Ricardo Trade e o Secretário Executivo do Ministério dos Esportes, Luís Fernandes. Eles participam da reunião juntamente ao governador do Estado do Ceará, Cid Gomes, ao prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio, ao  secretário Especial da Copa 2014 no Ceará,  Ferruccio Feitosa e ao secretário da Copa no Município, Domingos Neto.

São discutidos 12 temas que visam definir detalhes da operacionalização das áreas de Segurança, Coleta e Controle de Ingressos, Aeroportos, Transporte e Mobilidade, Acomodação e Receptivo Turístico, Telecomunicações, Energia, Vigilância Sanitária, Saúde, Cultura, Meio Ambiente, Comunicação e Voluntariado.

O grupo reune-se a representantes de várias outras áreas do Governo Federal, entre elas Casa Civil da Presidência da República, dos ministérios do Esporte, do Planejamento, da Fazenda, das Cidades, dos Transportes, da Defesa, da Justiça, da Saúde, do Turismo, do Meio Ambiente, das Minas e Energia, da Cultura e das Comunicações, do Gabinete de Segurança Institucional, da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, da Secretaria de Portos, do COL, do Governo do Estado do Ceará e da Prefeitura de Fortaleza.

Cid fez questão de permanecer no evento para “acompanhar pessoalmente os debates”. A reunião, depois de encerrada em Fortaleza, irá ocorrer em Recife (26/03), Salvador (27/03) e Belo Horizonte (02/04).

Marcos Pitombo também estará no elenco de “Pecado Mortal”

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130314204227.jpg

Divulgação/Record
Longe das novelas desde o fim de “Vidas em Jogo”, onde interpretou o Lucas, Marcos Pitombo é o mais novo integrante do elenco de “Pecado Mortal”, próxima novela de Carlos Lombardi na Record.
Marcos interpretará o Ramiro, aspirante a bandido e que tem como um de seus principais sonhos ser um mestre do crime.
Este será o quinto trabalho de Marcos Pitombo na Record. Ele chegou à emissora em 2008, em “Os Mutantes – Caminhos do Coração” como o Valente e em 2010 protagonizou “A História de Ester” como o Rei Assuero.
natelinha

Qual o conceito de jornalista que o Geraldo Luís tem?

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130314184358.jpg

Divulgação/TV Record
Tem horas que eu não entendo o público. Eu faço um esforço, penso, tento encontrar lógica nas ideias e não consigo ver nenhuma conclusão convincente.
Na última quarta (13), meu colega Breno Cunha escreveu um texto brilhante sobre o estilo muito questionador de Geraldo Luís. Porém, na tarde desta quinta (14), o ápice chegou: no julgamento de Mizael Bispo, acusado de matar a advogada Mércia Nakashima, um dos advogados disse que ficou enojado com alguns comentários do jornalista em relação ao caso, que disse que Mércia morreu porque se envolveu com um homem feio.
 
A resposta de Geraldo foi maravilhosa, de fino trato, através de seu Twitter: “Tô cagando”.
Primeiro: o problema não é ser informal, o problema é que jornalista é jornalista. Ele tem a obrigação de manter a seriedade em um caso tão sério. Como se diz que a moça só morreu porque seu companheiro era feio? Beleza é relativo, pra um e pra outro. Se for assim, mais da metade dos crimes de violência contra a mulher no país estão resolvidos: é feiúra dos acusados. Pronto, fechem o STF, mandem embora juízes e acabem com a OAB.
Segundo: jornalista não pode ser juiz. Logicamente, ele não pode ser um robô, mas se achar no direito de estar acima do bem e do mal, como me parece que Geraldo está se achando?
Terceiro: qual o conceito de jornalista que o próprio Geraldo tem? Quarto: qual o conceito que a própria Record tem da palavra “jornalismo”? Sei que existem profissionais de altíssimo nível (alguns eu já tive a honra de entrevistar), mas outros que dão dó e parecem fazer que uma emissora que diz almejar a liderança, parecer TV de rabeira que não pode ver uma desgraça que já quer mostrar as vísceras.
Novamente, eu concordo com o que Breno disse ontem: a Record nunca vai brigar e nunca vai parecer querer brigar pela liderança, com uma atitude dessas. Só nos resta aguardar para que, um dia, mudem de atitude.
Mas com 11 pontos no horário da tarde, eu duvido um pouco que mude. E leitores, prometo: última vez que falo do Geraldo Luís. Chega de dar atenção e repercussão pra ele, porque é exatamente o que ele deve querer.
Artigo de Gabriel Vaquer
natelinha

Com julgamento de Mizael Bispo, Record lidera por mais de 200 minutos

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130314185051.jpg

Divulgação/ TV Record

A Record está em festa. A emissora realizou uma grande cobertura no desfecho do caso Mizael Bispo durante todo o dia desta quinta-feira (14) e ficou em primeiro lugar de audiência.

Os programas “SP no Ar”, “Fala Brasil”, “Hoje em Dia”, “Balanço Geral” e “Programa da Tarde” alcançaram a liderança no Ibope prévio da Grande São Paulo.

De acordo com dados obtidos pelo NaTelinha, no confronto do “Balanço Geral SP” contra o “Vídeo Show”, da Globo, a Record levou a melhor: 10 a 8 pontos.

Ja o “Programa da Tarde” (foto) venceu a novela “O Profeta”. O placar foi de 10 pontos para a Record contra 9 da Globo.

Na audiência compreendida no horário das 07h00 às 17h42, minuto final da leitura da sentença de Mizael, a Record ficou 279 minutos na liderança, quase 5 horas.

Mizael Bispo foi condenado a 20 anos de prisão pelo assassinato de Mércia Nakashima.

Vale mais uma vez lembrar que estes índices são prévios e podem sofrer alterações no consolidado. Cada ponto representa 62 mil domicílios na Grande São Paulo e esses dados servem de referência para o mercado publicitário.

 

natelinha

“Cidade Alerta” bate recorde anual; “Jornal da Record” sobe no Ibope

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20130314112833.jpg

Marcelo Rezende comanda o “Cidade Alerta” na Record – Divulgação/Record
Impulsionado pelo julgamento de Mizael Bispo, acusado de matar Mércia Nakashima, o “Cidade Alerta” bateu recorde anual de audiência e ainda impulsionou o “Jornal da Record”.
O jornalístico comandado por Marcelo Rezende alcançou média de 11 pontos e se isolou na vice-liderança no ranking do Ibope. O índice foi o mais expressivo do ano e o segundo mais alto desde que o noticiário voltou à grade do canal, em maio do ano passado.
Já o “Jornal da Record” também teve índices acima do comum. O principal jornal da emissora fechou com 7 pontos de média. Entretanto, diferente do antecessor, o “JR” foi terceiro lugar e ficou atrás de “Carrossel”.
Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.
natelinha

Veja como o comunismo pode ser destrutivo

Na foto acima , podemos observar as Península Coreana à noite ! A parte sul está iluminada . A parte norte está às escuras , mergulhada nas trevas ! Sabe por quê ? Porque a República da Coréia é capitalista ! Já a República Democrática Popular da Coréia é comunista ! O país é governado hoje por Kim Jong-un , neto do fundador , Kim Il Sung ! É uma monarquia ditatorial stalinista desde 1948 . Já a vizinha é uma democracia capitalista ! Muitas pessoas afirmam que o capitalismo é injusto , mas o comunismo consegue ser pior , pois divide de maneira igual a miséria . O Norte da Península sofre com uma energia elétrica deficitária há muitos anos e o “Grande Líder” parece não se importar com isso ! Muita gente morre de fome , a liberdade de expressão é um sonho distante para eles . O Sul capitalista respeita todos os direitos humanos , mais até que o nosso país ! As pessoas que moram no Norte não podem sair do país , ao contrário de quem mora no Sul . Até nos esportes a República do Coréia se sai melhor que a República Democrática Popular da Coréia . A seleção sul coreana já participou de 8 Copas do Mundo e a norte-coreana , apenas 2 vezes . Em outros esportes , o Sul também ganha de lavada do Norte . Isso prova o quão destrutivo é o COMUNISMO .

 

Bandeira da Coreia do Sul

C´est fini-Saiba quando a Band lançará de maneira oficial o Arte 1-Flávio Ricco volta amanhã às 12h00 de Fortaleza

Ficheiro:Arte 1 logo.svg

 

Terça-feira que vem, no restaurante Capim Santo, em São Paulo, o Grupo Bandeirantes fará o lançamento oficial do canal Arte 1, que há algum tempo está no ar com uma programação experimental. Na oportunidade, o diretor Rogério Gallo e sua equipe farão uma apresentação completa do projeto.

 

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

 

HORÁRIO DE FORTALEZA

Nadja Haddad vive incertezas na Band

Nadja Haddad é praticante de PILATES

 

Fábio Embu, que era redator da “Liga” e atuou como repórter em algumas oportunidades, assumiu a direção do “Zoo”, na Band.
Aliás, o “Zoo”, mesmo com as férias da Nadja Haddad encerradas, continua com apresentação de Paloma Tocci.
A Nadja está na espera do que pretendem fazer com ela.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery