Datena desabafa sobre condenação: “Estou me sentindo perseguido”

Datena fez um desabafo em seu “Brasil Urgente” nesta última sexta-feira (01), em resposta à condenação que sofreu por parte da Justiça Federal de São Paulo, que considerou algumas declarações do apresentador e de seu repórter, Márcio Campos, como desrespeito aos ateus.

“Isso é um absurso! Estou me sentindo perseguido religiosamente. Quando falei que quem matou não tem Deus no coração, não foi uma crítica a quem não acredita em Deus. Na verdade, eu tenho pena de quem não acredita em Deus, porque eu acredito muito”, disse Datena no programa de ontem.
Ele se referiu ao fato que aconteceu em 2010. Na época, falou com o seu repórter: “Então, Márcio Campos, é inadmissível; você também que é muito católico, não é possível, isso é ausência de Deus, porque nada justifica um crime como esse, não Márcio?”.

E Campos respondeu: “É, a ausência de Deus causa o que Datena? O individualismo, o egoísmo, a ganância”.

O processo foi movido pelo Ministério Público Federal.

natelinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.