Zoo da Band terá edição também à tarde

O “Zoo”, que a Band leva ao ar todas as noites, com Nadja Haddad, agora terá uma edição na parte da tarde. Para tal, foi escolhida a apresentadora e repórter Mônica Apor.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Globo já planeja a substituta da substituta de Salve Jorge

Depois de “Salve Jorge” e da próxima, do Walcyr Carrasco, está decidido na Globo que será a vez do Manoel Carlos. E já está definido também que será um trabalho em parceria com os diretores Jayme Monjardim e Leonardo Nogueira – dupla atualmente envolvida em “Flor do Caribe”, do Walther Negrão.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Jornalismo está cada vez mais preguiçoso

Como a boa pergunta e a boa reportagem estão em baixa na TV, o que se tem notado é que mesmo nos acontecimentos de alcance nacional, os profissionais, de um modo geral, salvo – é claro – as raras e honrosas exceções, acabam se perdendo e se deixando levar pelas informações oficiais, nem sempre confiáveis.

No caso do incêndio na boate, em Santa Maria, até agora ninguém foi buscar a informação com o funcionário da Prefeitura ou do Corpo de Bombeiros que assinou o último alvará concedido. Por que assinou? Com que interesse? Alguém de cima que mandou? Teriam que falar com ele em pessoa, como ir atrás do bombeiro e do funcionário municipal. Mas só ficaram entrevistando o Comandante do CB, que apesar de muito educado, quase sempre vem com respostas evasivas.

No caso das três mortes num Hospital de Campinas, após exame de ressonância magnética, os repórteres também ficaram à espera das informações oficiais. Se é verdade que as três pessoas receberam o contraste de dois laboratórios diferentes e usaram duas máquinas, a resposta só pode estar ou em quem manuseou o contraste no hospital mesmo ou no fornecedor de matéria prima para o contraste. Alguém perguntou o nome dos enfermeiros e outros funcionários que manipularam o contraste? Não. Alguém perguntou quem fabrica ou forneceu a matéria prima do Contraste para os dois laboratórios? Não.

Precisamos rápido de uma Escola de Perguntas para Repórteres.
Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“Qual é a música?” é um mistério na Record

Antonio Chahestian/TV Record

Gugu Liberato, que pode apresentar o quadro em seu programa

Gugu Liberato, que pode apresentar o quadro em seu programa

Que mal pergunte, alguém tem notícias do “Qual é a Música?”.

A compra do formato foi anunciada pela Record no ano passado, mas até agora persiste absoluto silêncio sobre o seu lançamento no “Programa do Gugu”.

Será que no meio disso aconteceu alguma coisa que a gente não sabe?

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Paolla Oliveira terá filho roubado em novela

Foto Rio News

A atriz Paolla Oliveira

A atriz Paolla Oliveira

Paolla Oliveira dará início aos seus trabalhos na próxima das 9, na Globo, do Walcyr Carrasco, com boas doses de drama.

A personagem da Paolla vai ter uma menina no banheiro de um bar. Depois de um parto complicado, a criança é jogada numa caçamba pelo irmão da protagonista, Mateus Solano, que depois será encontrada por Bruno, Malvino Salvador.

Evidente que no decorrer da história, Paolla e Malvino irão se envolver, mas também passarão a disputar a guarda da criança.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Record acerta a mão com minissérie “José do Egito”

Divulgação/Record

Taumaturgo Ferreira é Potifar na minissérie "José do Egito", da Record

Taumaturgo Ferreira é Potifar na minissérie “José do Egito”, da Record

Um dos assuntos mais comentados no dia, ontem, foi a estreia de “José do Egito”.

Os elogios feitos ainda são poucos. Trata-se, efetivamente, de um trabalho da mais alta qualidade. O diretor Alexandre Avancini, a sua equipe e todo o elenco merecem ser reconhecidos por isso. Estreou com 13 de média em São Paulo e 18 no Rio.

A Record pegou a mão das minisséries bíblicas.

 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Renato Maurício Prado comenta o chocolate do Flamengo contra o Vasco no Engenhão ontem

Apresentação Vasco X Flamengo

No ar no Central Fox, de 20 às 21hs, não pude ver a vitoria do Flamengo sobre o Vasco por 4 a 2! Assisti apenas aos minutos finais e, portanto, seria leviano tecer comentários táticos ou individuais, antes de ver o jogo inteiro (o que farei, na reprise, mais tarde, para comentar com base, na coluna de domingo).

De qualquer forma, pelo número de gols e pela marcha do placar, dá pra dizer que foi uma partida animada, que merecia um dia e um horário bem mais dignos do que esse de, quinta-feira às 19h30mins. Mais esdrúxulo, impossível!

Quase todos os gols foram bonitos, com destaque para as participações do pequeno mas endiabrado Rafinha, que deixou o seu (uma pintura!) e teve participação decisiva no de Cleber Santana. Invicto até então, o Vasco acabou batido mas a derrota nem de longe deve desmerecer o bom trabalho que parece estar sendo feito por Ricardo Gomes e Gaúcho. Assim como a vitoria não deve empolgar em demasia o Flamengo, que até então, não vinha jogando bem.

É cedo ainda para conclusões definitivas.

 

Coluna redigida pelo jornalista Renato Maurício Prado para o jornal carioca O GLOBO no dia 31 de janeiro de 2013

Renato Maurício Prado revela mais um escândalo da gestão de Patrícia Amorim

Patrícia Amorim transformou o FLAMENGO nisso aí na foto

Que a administração de Patrícia Amorim tinha sido desastrosa todos já se sabia. Mas a sucessão de escândalos administrativos que têm sido revelados é impressionante! Há poucos dias foi a tal história de um camarote no Engenhão alugado para cada vice-presidente.

Eis o último…

 


Conta de celulares da antiga gestão assusta e bate R$ 220 mil por mês

Nova diretoria revê questão de telefonia e discute contrato com operadora. Número de linhas chegou a 120 e será reduzida para conter gastos

Por Janir Júnior Rio de Janeiro

Na semana passada, o presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello publicou no site oficial do clube uma carta aberta que só confirma a caótica situação financeira do clube. A auditoria contratada pelo clube faz uma análise minuciosa, e alguns casos vem à tona. Como por exemplo, a conta de telefones celulares disponibilizados para funcionários e vice-presidentes de Patricia Amorim que tinham direito a uma linha da mesma operadora que patrocina o clube.

O gasto mensal chegou a atingir R$ 220 mil, com contas de até R$ 8 mil por mês. Muitos documentos do antigo departamento de finanças também têm deixado integrantes da nova diretoria intrigados e em breve as questões devem ser expostas. Procurada pelo GLOBOESPORTE.COM, a ex-presidente Patricia Amorim e outros membros da diretoria dela não foram encontrados.

A nova diretoria está revendo a questão da telefonia e reduzirá o número de aparelhos disponibilizado para funcionários, que chegava a cerca de 120 linhas, além do corte de aparelhos Nextel.

Além disso, o contrato com a TIM que vai até 2015 e que estampa a marca no número da camisa, será rediscutido. Pelo primeiro ano de parceria, que será completado em março, foi depositado R$ 2 milhões nos cofres do clube. No contrato consta que, a partir do segundo ano, os valores seriam reajustados.

E já é consenso no clube que, ao fim da auditoria que é realizada pela empresa Ernst & Young, o relatório detalhado das finanças do Flamengo serão levadas a público.

No clube, existe a certeza que os números, documentos e o balanço das finanças do clube atingirão em cheio a ex-presidente Patricia Amorim e Michel Levy, então responsável pela pasta na última gestão.

A nova diretoria já trouxera a público o fato de os responsáveis pelo Flamengo nas últimas gestões não terem repassado o Imposto de Renda de funcionários à Receita Federal, utilizando o dinheiro para outros fins, o que caracterizaria apropriação indébita ou sonegação de impostos.

 

Coluna redigida pelo Renato Maurício Prado para o jornal carioca O GLOBO no dia 31 de janeiro de 2013

Bandidos rendem e roubam armas de policiais na Aldeota

Assaltantes roubaram as armas de dois policiais do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) próximo à Praça do Centro de Artesanato do Ceará (Ceart), na Aldeota, na manhã desta quinta-feira, 31.

Segundo informações da Polícia Militar, os bandidos se aproximaram num veículo Gol de cor azul de placa quente e renderam os policiais com pistolas. Foram levadas duas pistolas .40 e uma 380.

Os assaltante fugiram do local após a ação e viaturas da Polícia realizam diligências para encontrar os suspeitos.

Jornal O POVO 31/01/2013