Retrospectiva NT 2012: A estreia de “Carrossel” e a queda da Record

Confira o que foi destaque na telinha ao longo de 2012

* Texto e pesquisa: Diogo Mendes Rodrigues
O ano se aproxima do fim e chegou a hora de recordarmos os principais fatos que agitaram a telinha em 2012.
As estreias, as coberturas esportivas, as contratações, as rescisões, os sucessos e fracassos… Para não se esquecer de nenhum detalhe que marcou o ano, o NaTelinha preparou sua tradicional retrospectiva. Confira:
Janeiro
Apesar de janeiro ser um mês de férias, os 31 primeiros dias foram bastante agitados na televisão. No dia 2, a Band surpreendeu o público e continuou a exibir o “Show da Fé” no horário nobre, ao contrário das chamadas que anunciavam a estreia do seriado “24 horas”. No mês seguinte, seria a vez da RedeTV! abrir espaço para os telecultos de R.R. Soares no horário nobre.

Estreia de “Mulheres Ricas” na Band gerou grande repercussão na internet; reality ganha segunda temporada em 2013
Foto: Divulgação/Band
O mês foi de estreias. Na Band foi ao ar “Mulheres Ricas”, reality que reuniu as milionárias Narcisa Tamborindeguy, Val Marchiori, Brunete Fraccaroli, Débora Rodrigues e Lydia Sayeg para mostrar suas vidas de luxo. Outra novidade foi o “Muito Mais” com Adriane Galisteu. O vespertino não rendeu o esperado pela direção, sendo cancelado no segundo semestre.
Na Globo, estreou “Video Game de Verão” com André Marques. Com fraco desempenho, o game não durou um mês no ar. No dia 10, estreava a 12ª edição do “Big Brother Brasil”. Vencido pelo veterinário Fael, o reality registrou a pior média histórica e se envolveu em uma polêmica. O participante Daniel foi eliminado após suspeita de ter estuprado a participante Monique dentro da casa.
Em janeiro, chegava ao fim a novela “Amor & Revolução”, de Tiago Santiago no SBT, que registrou baixos índices na faixa das 22h. Assim, a direção da emissora resolveu estrear “Corações Feridos” às 20h30 e transferiu a faixa especial para as 22h, elevando sua audiência. O mês também marcou a estreia da bem sucedida minissérie bíblica “Rei Davi” na Record e as rescisões de contrato de Rita Lisauskas na RedeTV! e Márcia Goldschimidt na Band.
Fevereiro
No dia 2, estreava na Globo o seriado “As Brasileiras” com a missão de barrar a minissérie “Rei Davi”. O seriado devolveu a liderança no horário para a rede carioca e ainda marcou o retorno da veterana Betty Faria ao canal. Três dias depois, a estreia do Fox Sports sacudia o mercado de TV por assinatura e deixava os assinantes de várias operadoras de cabelo em pé. O motivo: o sinal da emissora demorou a ser disponibilizado nas maiores empresas, levando os telespectadores a perderem vários jogos da Libertadores.

Após nove anos na RedeTV!, “Pânico” surpreende e assina com a Band
Foto: Divulgação/RedeTV!
No mesmo mês, Netinho de Paula retornava à TV após locar horário na RedeTV!. Estreava o “Programa da Gente”, que duraria poucos meses no ar, já que o apresentador precisou se afastar para se candidatar a vereador.
Já Rafinha Bastos acertava contrato com a mesma emissora para apresentar o “Saturday Night Live”, enquanto Silvia Poppovic e Luize Altenhofen rescindiam seus contratos com a Band e Giane Albertoni deixava o comando do “Hoje em Dia”, na Record.
Em fevereiro, a RedeTV! perdeu seu principal programa. A equipe do “Pânico na TV!” assinou contrato com a Band e toda a equipe da atração mudou de canal. O mês ainda foi marcado pelas transmissões da folia de rei momo. Mais uma vez, “Globeleza”, “Band Folia” e “SBT Folia” levaram o carnaval para as casas dos telespectadores. A novidade foi que o SBT expandiu sua transmissão para as festas do Rio e de São Paulo. Com a perda de patrocinadores, a RedeTV! deixou de exibir o tradicional Gala Gay.
Março
Silvio Santos surpreendia em seu retorno no SBT. Após as férias, ele apareceu com um visual grisalho no ar. A nova aparência durou pouco tempo, já que o dono da rede não gostou do resultado e resolveu tingir o cabelo novamente. Já o diretor Carlos Manga foi desligado da TV Globo, após 32 anos de trabalho.
No SBT, o programa “Eliana” passou por ajustes em março. A diretora Leonor Correa deixou a atração e foi substituída por Ariel Jacobowitz. As mudanças renderam resultado e Eliana passou a vencer com frequência Gugu Liberato.

Em março, estreava na Globo a novela que se tornaria o grande sucesso de 2012, “Avenida Brasil”
Foto: Divulgação/TV Globo
“Fina Estampa” chegava ao fim no dia 23. Com audiência estável do início ao fim, a trama recuperou os índices da faixa, fechando com 39 pontos de média geral. Três dias depois, estreava a sucessora “Avenida Brasil”, que se tornou um grande sucesso. A vida da família de Tufão (Murilo Benício) e das rivais Nina (Débora Falabella) e Carminha (Adriana Esteves) conquistaria o público e fecharia com 39 pontos.
O mês foi de muita agitação na RedeTV!. A emissora atrasou os salários e deu início a uma onda de demissões, na qual cerca de 30% de seus colaboradores foram dispensados. Os cortes atingiram vários programas e levou o jornalístico “Aconteceu” a ser cancelado. Paralelamente a isso, a direção do canal acertou com Gilberto Barros seu retorno à telinha.
O mês ainda marcou a estreia do talk show “Roberto Justus +” na Record, a exibição de mais uma edição do “Troféu Imprensa” no SBT, o retorno de Daniela Cicarelli à MTV, a saída de Claudete Troiano da Gazeta, a estreia do humorístico “Casseta & Planeta Vai Fundo” na Globo e o início da segunda temporada de “Rebelde” na emissora de Edir Macedo
O adeus ao mestre do riso
No dia 23 de março, o Brasil perdia um de seus maiores talentos. Chico Anysio falecia após quase cinco meses internado. Aos 80 anos, o comediante faleceu vítima de complicações cardiorrespiratórias.

Divulgação
Cearense, o comediante começou no rádio e com o surgimento da TV, migrou para a telinha. Trabalhou em diversas emissoras, como TV Rio, Record e Tupi, mas foi na Globo em que se firmou.
Foram mais de 40 anos no canal carioca, no qual comandou programas como “Chico City”, “Chico Anysio Show”, “Chico Total” e “Escolinha do Professor Raimundo”. Foram mais de 200 personagens criados, entre eles alguns inesquecíveis, como Alberto Roberto, Raimundo Nonato, Pantaleão e Coalhada.
Abril
No dia da mentira ia ao ar a primeira edição do “Pânico na Band”. O programa repetiu o sucesso da época de RedeTV! e registrou onze pontos na estreia. No entanto, ao longo do ano, o humorístico foi se tornando repetitivo e chegou a registrar apenas cinco pontos em um domingo de dezembro.
O mês ainda marcou a estreia do game “Quem Fica em Pé?”, com José Luiz Datena, que conseguiu bons índices. No entanto, com a ampliação dos dias de exibição, o programa se desgastou.

Estreia de “Máscaras” em abril ocasionou em uma crise na teledramaturgia da Record
Foto: Divulgação/TV Record
O SBT aproveitou abril para promover mudanças em sua grade noturna. Foi lançado o informativo “SBT São Paulo” e uma versão do “Roda a Roda” comandada por Patrícia Abravanel e Liminha. A tentativa fracassou e o canal voltou a veicular o seriado “Chaves” no lugar.
No mesmo mês, a Globo anunciou o cancelamento do quadro “Vídeo Game”, devido à gravidez de Angélica. Na RedeTV!, estreou o game “Estação Teen”, apresentado por Dudu Surita e, posteriormente, pelo grupo Restart. O programa registrou índices inexpressivos e não terá continuidade em 2013.
Abril contou com novidades na teledramaturgia. Na Globo, estreou “Cheias de Charme”, que apresentou a vida de três empregadas que se tornaram estrelas musicais. A novela elevou os índices do horário para a casa dos 30 pontos e se tornou um grande sucesso.
Já a Record entrou em sua maior crise nos últimos anos a partir da estreia de “Máscaras”. O folhetim de Lauro César Muniz despencou a audiência do canal e passou a registrar médias em torno de cinco pontos.
Maio
A crise na Record se estende pelo mês de maio e, consequentemente, várias mudanças aconteceram na grade. O “SP Record” teve um retorno relâmpago no horário nobre e “Rebelde” mudou de horário várias vezes.

“Carrossel” estreou em maio e alavancou o SBT
Foto: Divulgação/SBT
Para piorar a situação da emissora, o SBT estreou seu maior sucesso. No dia 21 de maio, ia ao ar a versão brasileira de “Carrossel”. Registrando média em torno dos 13 pontos, a novela tornou o SBT vice-líder isolado no horário nobre e impulsionou a grade noturna do canal.
No mesmo mês, “Saturday Night Live” com Rafinha Bastos foi a aposta da RedeTV! para substituir o “Pânico” aos domingos. Porém, a atração fracassou e não ultrapassou a casa dos dois pontos.
O programa foi transferido para os sábados e apresentou tímido crescimento. Alguns meses depois da estreia, Rafinha deixou o humorístico e comunicou sua rescisão de contrato. Os baixos índices dos programas e o excesso de televendas e telecultos na grade levaram a RedeTV! a ser superada pela TV Cultura na média-diária em maio. Fato que voltaria a ocorrer com frequência no segundo semestre.

“Saturday Night Live” também estreou em maio, mas não deu certo
Foto: Divulgação/RedeTV!
Já no dia 29, estreava a quinta edição de “A Fazenda”, repleta de intrigas e polêmicas. A morte da irmã de Ângela Bismarchi chamou a atenção do público e dos jornais. Mesmo com a tragédia, a loira resolveu permanecer no confinamento. Outro destaque foi a desistência da cantora Gretchen. Ao longo do reality, as rivais Nicole Bahls e Viviane Araújo trocaram farpas. E Viviane se deu melhor, já que foi a vencedora e faturou o prêmio de R$ 2 milhões. O programa elevou os índices da Record, porém registrou a pior média geral desde a primeira edição.
Junho
Em junho, a Record apostou em Marcelo Rezende para estancar a queda na faixa da 18h. E deu certo. O retorno do “Cidade Alerta” estabilizou a emissora na vice-liderança no horário. Em pouco tempo, foram lançadas versões locais no Rio, em Salvador e em Belo Horizonte.
Já a faixa das 21h continuou sendo um problema para o canal que tentou, sem sucesso, emplacar a reprise de “Vidas Opostas” e a nova temporada de “CSI Las Vegas”. “Rebelde” e “Jornal da Record” trocaram de horário e desabaram ainda mais. Já a novela “Máscaras” teve seu diretor trocado e foi encurtada. Saiu Ignácio Coqueiro e entrou Edgard Miranda. A crise na Record levou o SBT a fechar o mês de junho na vice-liderança, o que se repetiria com frequência no segundo semestre.

Apesar de não fazer tanto sucesso quanto a versão original, remake de “Gabriela” foi bem na Globo
Foto: Divulgação/TV Globo
Na Band, o programa “Pânico” foi proibido pela Justiça de imitar Silvio Santos e de se aproximar do apresentador. O motivo foi que o dono do SBT não gostou de uma dublagem, que colocou na boca dele um palavrão que ele não teria dito. Na semana seguinte, o “Pânico” fez um velório ao vivo do personagem vivido por Wellington Muniz (o Ceará), o que rendeu repercussão e críticas na internet. Ainda na Band, teve início a transmissão da Eurocopa, que sagrou a Espanha como campeã. As transmissões triplicaram a audiência do canal.
A Globo estreou duas grandes apostas em junho. A nova versão de “Gabriela”, escrita por Walcyr Carrasco e protagonizada por Juliana Paes, não repetiu o sucesso da versão original, mas rendeu bons índices na faixa das 23h. Já o “Encontro com Fátima Bernardes” estreou com bastante expectativa e poucas novidades. Desde sua estreia, a atração sofre com a instabilidade. Troca de diretor e alguns ajustes já foram promovidos, mas o programa segue se revezando na liderança com o SBT e a Record.
No mesmo mês, Angélica se afastou do “Estrelas” para sua licença-maternidade, Sílvia Pfeifer deixou a Record e, meses depois, acertou com a Globo, e Gilberto Barros estreou seu “Sábado Total” na RedeTV!. Além disso, a insatisfação de Hebe Camargo com a emissora passou a pipocar na imprensa.
Retrospectiva NT
A segunda parte da Retrospectiva será publicada nesta quinta-feira (27), relembrando o que mais chamou atenção nos outros seis meses de 2012 na televisão. Fique ligado!
Melhores do Ano
Você votou e escolheu os melhores de 2012 na televisão na premiação “Melhores do Ano NaTelinha”.
A votação está encerrada e passa agora pelo processo de apuração. Você vai conhecer os vencedores em uma reportagem especial na próxima sexta-feira (28). Aguarde!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.