Autora Cristianne Fridman substituirá Carlos Lombardi na Record

A autora Cristianne Fridman. Foto: Divulgação/Rede Record

 

A direção da Record mudou de ideia e aprovou a sinopse de Cristianne Fridman para às 22h. Ela sucederá Carlos Lombardi no primeiro semestre de 2014. O folhetim tem título provisório de “Maré Alta”.

A novela “Vidas em Jogo”, escrita pela a autora, conquistou o primeiro lugar do Banff World Media Festival, na categoria melhor telenovela de 2012.

Com informações do jornal O Globo.

O PLANETA TV!

“Salve Jorge”: Filho de Morena consegue fugir de sequestrador; saiba como Garoto aproveita distração de pedinte e foge.

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121214153703.jpg

Divulgação

Conforme matéria já publicada pelo NaTelinha, o filho de Morena (Nanda Costa) será sequestrado nos próximos capítulos de “Salve Jorge”. Junior (Luiz Felipe) passará maus bocados antes de conseguir escapar.
Tudo acontece quando o garoto resolve fugir da escola para visitar Théo (Rodrigo Lombardi). No caminho ele acaba sendo sequestrado por um mendigo, que vai obrigá-lo a pedir esmolas nos sinais.


Morena abraça Junior/ Divulgação

O mendigo vai fazer o menino fingir ser filho de uma mulher e junto com ela pedir esmolas aos motoristas de uma avenida. Em certo momento, quando a pedinte se distrai aguardando o dinheiro de um motorista, Junior aproveita e sai correndo.

O sequestrador até que tenta, mas não consegue achar o menino depois.

Morena desesperada

Na Turquia, Morena vai conseguir falar com sua mãe e descobre que seu filho está desaparecido. Ela fica completamente desesperada e acha que foram os traficantes que sequestraram o menino, como vingança.

“Salve Jorge” vai ao ar logo após o “Jornal Nacional”.

natelinha

Próximo episódio de “The Big Bang Theory” tem imagens divulgadas

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121214155258.jpg
Divulgação
A rede americana CBS divulgou as primeiras imagens do próximo episódio da série de comédia “The Big Bang Theory”, que será exibido no dia 3 de janeiro nos Estados Unidos.
A atração gira em torno dos quatro amigos nerds Sheldon (Jim parsons), Leonard (Johnny Galecki), Howard (Simon Helberg) e Raj (Kunal Nayyar), e das garotas Penny (Kaley Cuoco), Bernadette (Melissa Rauch) e Amy (Mayim Bialik).
No episódio, Sheldon é acusado de assédio sexual na Universidade e acaba colocando Leonard, Raj e Howard em uma grande confusão.
“The Big Bang Theory” é exibida pela Warner Channel e SBT no Brasil.
natelinha

Ana Lyvia, a Menina-Fantasma, grava “Carrossel” e estará em “Chiquititas”

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121214092714.jpg

Reprodução / SBT

Conhecida mundialmente pela pegadinha do elevador, exibida recentemente no “Programa Silvio Santos” e divulgada no YouTube, Ana Lyvia Padilha, a Menina-Fantasma, já começou a colher os frutos da repercussão.

A atriz gravou recentemente para “Carrossel”, onde também viveu uma menina-fantasma que assustou outras crianças, e acabou de fechar um contrato mais longo com o SBT. Ela estará no elenco de “Chiquititas”, que tem estreia prevista para o começo do ano que vem.

Com informações da coluna Controle Remoto.

 

natelinha

 

Presidente do Resende acusa advogado do Flamengo de tentar querer o enganar

Wellington Silva - Flamengo (Foto: Paulo Sérgio)

Wellington Silva tem movimentado os bastidores de Fla, Flu e Resende (Foto: Paulo Sérgio) 

A acirrada disputa entre Flamengo e Fluminense para contratar Wellington Silva tem causado um grande furor de informações nos bastidores dos dois rivais que pretendem contar com o lateral-direito para 2013. A concorrência do Tricolor fez com que o Rubro-Negro se apressasse para exercer a prioridade na compra dos direitos econômicos do atleta – esse acordo foi feito assim que o jogador foi emprestado pelo Resende ao clube da Gávea, depois do Campeonato Carioca deste ano.

Ciente de que o Fluminense ofereceu R$ 50 mil de salário para Wellington Silva, o Rubro-Negro, que se dispôs a pagar R$ 40 mil, enviou o advogado do clube, André Galdeano, para que o presidente do Resende, Ricardo Simão, assinasse um documento que comprovasse a prioridade que o clube da Gávea tem na negociação.

Ricardo Simão, porém, disse que o advogado rubro-negro, ao abordá-lo na rua, fingiu ser um membro da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), tentando intimidá-lo.

– Foi lamentável a maneira que esse advogado do Flamengo veio até mim. Ele tentou me convencer de que era um integrante da Ferj, querendo me induzir a assinar o documento. Eu não sou bobo. Quando percebi que ele estava tentando me enganar, disse que não ia assinar documento algum e fui embora – explicou Ricardo Simão.
Transtornado, o presidente do Resende fez questão de desmentir que teria fugido de André Galdeano.

– Eu não fugi de ninguém. É revoltante você ver seu nome citado em um monte de mentiras. Fui aconselhado a não falar sobre isso, mas tenho de ser verdadeiro com os fatos. Eu tenho família e um nome a zelar. Jamais fugiria de alguém, ele que tentou me ludibriar – disparou o dirigente.

Ainda sobre o encontro com Galdeano, Ricardo Simão lamentou a forma que o clube da Gávea tem tratado o assunto.

– O Flamengo agiu de forma amadora. É uma pena o que a atual diretoria tem feito, o clube é muito maior do que isso tudo – ressaltou.

FUTURO A CARGO DE MACEDO

Enquanto o Flamengo corre atrás do Resende para tentar exercer o direito da compra de Wellington Silva, uma informação parece fugir do conhecimento rubro-negro. O clube do interior fluminense não decidirá o futuro do lateral, mas sim Alberto Macedo, dono do Gol de Placa, escritório de marketing esportivo que detém a maior parte dos direitos econômicos do atleta.

Segundo Ricardo Simão, quem comanda o futebol profissional do Resende é a empresa de Alberto Macedo.

– O Resende não está negociando o jogador. Quem está à frente da negociação é o Gol de Placa, que controla o futebol profissional do nosso clube – disse o mandatário, que garante não saber qual será o destino do lateral:

– Quem pode falar sobre o destino do atleta é o Alberto Macedo. Estou por fora disso

© 1997-2012 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!

Rede TV! demite funcionários e não paga plano de saúde

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121214113530.jpg
Divulgação
 
A fase não e boa para a Rede TV! e, principalmente, para seus funcionários. A emissora iniciou mais uma fase de cortes com a demissão de profissionais de quase todos os setores. 
 
Segundo o jornalista Jose Armando Vanucci, da “Jovem Pan”, nos últimos dias foram desligados seguranças, secretárias e pessoas ligadas aos departamentos administrativos. 
 
O corte também passou pelo jornalismo e as produções. Claudia Barthel, que estava no comando do “Leitura Dinâmica”, foi dispensada no final da quarta-feira.
 
Quem foi demitido nas últimas semanas afirma que tem dificuldades para receber o que é devido. Já quem continua contratado pela Rede TV!, garante que o plano de saúde não pode ser utilizado por falta de pagamento, apesar dos descontos em folha, e que o salário permanece atrasado.
 
natelinha

Renato Maurício Prado acredita que o Corinthians precisa melhorar para poder derrotar o Chelsea neste domingo

Sport Club Corinthians Paulista  Chelsea FC.svg

Numa decisão tudo pode acontecer. Mas pelo que Corinthians e Chelsea jogaram nas semifinais e pelos excelentes jogadores que tem, o clube inglês entra como favorito. O que não quer dizer que o Timão não possa vencer. Só que precisará jogar bem mais e os “Blues” bem menos. Inclusive porque o Monterrey é melhor que o Al Ahly. Será que um “gabiru” cairá duas vezes no mesmo lugar? 
Baseado nas últimas atuações do milionário time de Roman Abramovich, na Liga dos Campeões e no Campeonato Inglês, confesso que esperava um Chelsea bem menos eficiente. Considerava até o Corinthians uma equipe mais bem armada que o seu próximo adversário, embora inferior a ele em valores individuais. Ao menos nas semifinais, entretanto a equipe da Inglaterra se mostrou superior nos dois quesitos: suas estrelas brilharam mais e o desempenho coletivo foi indiscutivelmente mais convincente.

É claro que a final será um outro jogo no qual tudo pode acontecer e já vimos, em outros Mundiais, times brasileiros mais fracos que seus adversários europeus acabarem conquistando o título.

O exemplo mais marcante aconteceu em 2006, quando o Internacional, dirigido por Abel, bateu o galático Barcelona, na época áurea de Ronaldinho Gaúcho. Aquele 1 a 0, gol de Adriano Gabiru, é a mais perfeita tradução (ave, Caetano!) de uma zebra no “velho e violento esporte bretão”. Inclusive porque o Barça foi superior o tempo todo e o Inter chegou à vitória num contra-ataque isolado.

Um ano antes, o São Paulo tivera triunfo semelhante contra o Liverpool, na época dirigido por esse mesmo técnico espanhol que agora comanda o Chelsea. Foi outro massacre, com defesas milagrosas de Rogério Ceni e três gols anulados (dois discutíveis) do time da terra dos Beatles. O próprio Rafa Benitez lembrou disso, na entrevista após a vitória, comentando que no próximo domingo é fundamental que o Chelsea transforme em gols o maior número possível das oportunidades que criar.

Ao que tudo indica, a final tende a ser um desses jogos de gato contra rato. Após assistir a impressionante exibição de seu adversário, duvido que Tite não arme o Corinthians fechadinho na defesa, tentando sair apenas em contra-ataques rápidos. E aposto também que o Chelsea vai se lançar à frente, desde o início, como fez contra os mexicanos.

Que o campeão da Libertadores é melhor que o da Concacaf não tenho dúvida. Mas após a vitória inglesa em Yokohama, fiquei com a nítida impressão de que os brasileiros precisarão fazer o jogo de suas vidas para conquistarem o título. O Chelsea deixou claro na última quinta-feira que não foi ao Japão para passear. E tem uma baita equipe.

Coluna redigida pelo jornalista Renato Maurício Prado para o jornal carioca O GLOBO no dia 14 de dezembro de 2012