Atores falam sobre dramas dos personagens Pilar e Binho

Atores falam sobre relacionamentos

 

A novela Rebelde foi marcada por sua abordagem única sobre os mais diversos temas que fazem parte do universo adolescente: amizades, relacionamentos, família, conflitos e emoções, entre outros.

Um dos assuntos mais complicados retratado pela trama foi a questão da gravidez não planejada, mostrada quando Pilar e Binho transaram sem proteção e a filha de Jonas pensou que estava grávida após passar mal.

Embora ele tenha descoberto depois que fora alarme falso, o susto com a possível gravidez mexeu com a garota.

Por causa dessa história, o R7 conversou com Rayana Carvalho e Pedro Cassiano. A atriz afirmou que um relacionamento neste estágio é extremamente importante. Que tal rever a entrevista com os intérpretes do casal sobre esse assunto tão importante?

 

novela Rebelde (Record) tem abordado um assunto complicado para os adolescentes. Pilar (Rayana Carvalho) e Binho (Pedro Cassiano) fizeram amor, mas não se protegeram. No capítulo da última quinta-feira (17), a garota descobriu que não está grávida do rapaz.

Por causa dessa história, o R7 conversou com Rayana Carvalhoe Pedro Cassiano. A atriz afirma que um relacionamento neste estágio é extremamente importante.

 

— É legal porque a novela mostra que se chegar nesse extremo, o que a pessoa deve fazer. A abordagem do tema instrui o jovem a como agir quando passar por isso.

A artista é a favor do adolescente conversar com alguém que confia e que a educou.

— É fundamental você falar com um adulto, alguém que pode te guiar. É muito importante ter uma voz de fora e que tenha experiência. A amiga também é legal conversar, mas por ser uma válvula de escape. Entender como tudo acontece antes de fazer.

Casal

A novela Rebelde (Record) começou a discutir gravidez na adolescência – Michel Angelo/Record

Pedro Cassiano concorda com a colega de elenco e explica por que a orientação é essencial aos jovens.

— Na adolescência é quando os hormônios ‘pipocam’. Os meninos começam a ver as meninas de forma diferente e vice e versa. Não é só seguir a vontade, é preciso ter orientação. É preciso se proteger.
O ator também dá algumas dicas para os jovens terem relacionamentos saudáveis.

— E se tiver certeza do que está fazendo, faça com uma pessoa de confiança, que saiba te dar valor.

Vida real

Rayana também contou para o R7 algumas experiências pessoais. Ela disse que uma vez a mãe chegou logo depois do fato ter acontecido.

— Eles chegaram depois que o bonde estava andando. Me orientaram.
A atriz conta que os pais sempre conversaram com ela.

— É difícil para qualquer um. Não existe cartilha para pai e mãe. Não tem regra para viver e nem para educar.

Já Pedro, disse que nunca aconteceu algo parecido com ele, mas sabe que teria apoio da família.

Ator de Rebelde já sofreu por amor! 

— Teria liberdade de falar com meus pais. Seria as primeiras pessoas que eu conversaria.

Confira as principais audiências da TV desta terça (20/11)

O telejornal “Cidade Alerta” segue com a maior audiência da Record. E, em novo horário, o reality “Fazenda de Verão” segue ocupando a terceira colocação, atrás da Globo e SBT respectivamente.

Na emissora carioca, destaque para “Da Cor do Pecado”, que marcou a sua maior audiência desde a estreia.

E, no SBT, “Programa do Ratinho” impressiona com dois dígitos.

Confira as principais audiências desta terça-feira (20/11):


Mais Você – 7
Bem Estar – 7
Encontro com Fátima Bernardes – 8
Jornal Hoje – 13
Vídeo Show – 11
Da Cor do Pecado – 17
Sessão da Tarde – 18
Malhação – 16
Lado a Lado – 21
Guerra dos Sexos – 22
Jornal Nacional – 25
Salve Jorge – 33
Tapas e Beijos – 21
Louco por Elas – 15
Profissão Repórter – 12
Jornal da Globo – 8
Programa do Jô – 5


Fala Brasil – 9
Hoje em Dia – 6
Balanço Geral – 7
Programa da Tarde – 5
Cidade Alerta – 9
Jornal da Record – 7
Rei Davi – 6
Balacobaco – 4
A Fazenda de Verão – 8
Ídolos – 5


Bom dia & Cia – 6
Um Maluco no Pedaço – 7
As Visões da Raven – 6
Eu, a Patroa e as Crianças – 6
Gotinha de Amor – 4
Canavial de Paixões – 4
Maria Mercedes – 6
Tenha Estilo – 6
Casos de Família – 6
Chaves – 6
SBT Brasil – 7
Carrossel – 13
Programa do Ratinho – 10
Cine Espetacular – 9


Band Kids – 2
Jogo Aberto – 3
Os Donos da Bola – 3
Popeye – 4
Brasil Urgente – 6
Jornal da Band – 5
Quem fica em pé? – 3
A Liga – 4
Agora é Tarde – 3
Jornal da Noite – 2
Claquete – 1


Se Liga Brasil – 0,5
TV Kids – 1
A Tarde é Sua – 2
Estação Teen – 0,4
RedeTV Esporte – 1
TV Fama – 1
RedeTV News – 2

Cada ponto equivale a cerca de 60,2 mil domicílios na Grande São Paulo.

Em dois meses, escritor faz biografia de Gianecchini; livro será lançado em dezembro

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121121133631.jpg

Atualmente, Reynaldo Gianecchini está no ar na novela “Guerra dos Sexos” – Divulgação
Em breve, será lançado uma biografia do ator Reynaldo Gianecchini, que contará suas histórias desde a infância, a fase como modelo, o início da carreira como ator, o sucesso e até a doença do câncer, descoberta no ano passado e curado no início de 2012.
O escritor Guilherme Fiuza finalizou “Giane – Vida, Arte e Luta” ontem. Em conversa com o jornal “Extra”, o autor de “Meu Nome Não é Johnny” contou que o livro foi escrito em apenas dois meses e meio e define Giane como “o cara”. “A história do Giane é como se fosse escrita por Silvio de Abreu ou Manoel Carlos. Muitas casualidades, coincidências e fatores mágicos. É um pouco daquela história do Romário, de ‘Ele é o cara’. Ele é iluminado”, disse.
A obra já teve aprovação de Reynaldo Gianecchini. “Tínhamos o trato de ele ler antes, mas não poderia mexer. Tinha que aguentar o que incomodasse e foi o que aconteceu. Ele não deu um pio”, contou Fiuza, completando: “A biografia não tem só coisas boas”.
Guilherme se encontrou com Giane mais de dez vezes enquanto escrevia e, em certa vez, a entrevista durou sete horas. “Não me lembro de ele levantar para ir ao banheiro”, disse.
Ao todo, o biógrafo contabiliza mais de 50 horas de gravações coletadas em um mês e meio. Entre os entrevistados, constam Claudia Raia, Carolina Dieckmann, Manoel Carlos, Silvio de Abreu e os médicos do ator. “Ele correu risco de vida durante o tratamento por problemas que não tiveram a ver com o câncer”, adiantou o autor.
“Giane – Vida, Arte e Luta” chega às livrarias brasileiras no dia 1º de dezembro.
natelinha

Autor Euclydes Marinho trabalha em projeto sigiloso para a Globo

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121121000613.jpg

Afastado da TV após emendar três produções seguidas (“As Cariocas”, “O Brado Retumbante” e “As Brasileiras”), Euclydes Marinho está de volta ao trabalho em um projeto sigiloso na Globo.

Segundo a coluna Controle Remoto, o autor está trabalhando junto a Rafael Dragaud (da equipe de “Amor e Sexo”) em uma ficção voltada aos adolescentes para o horário nobre da emissora carioca.

Ainda não se sabe se a ideia se trata de um seriado ou de uma novela, formato o qual Euclydes não se dedica há mais de dez anos (a última foi “Desejos de Mulher”, em 2002). Sabe-se, no entanto, que o núcleo será de Ricardo Waddington.

 

natelinha

Não aceitaria voltar, diz Íris Stefanelli sobre o “Big Brother Brasil”

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121121112911.jpg
Há algum tempo, Íris Stefanelli encantou o Brasil com a sua participação na sétima edição do “Big Brother Brasil”. Com seu jeito caipira e o “amor proibido” que protagonizou com Diego Alemão, Iris conversou com o NaTelinha e relembrou dos tempos em que participou do reality.
 
“O programa me abriu portas e foi uma experiência incrível. Sou eternamente grata ao Boninho pela oportunidade”, contou ela, adicionando que não se importa de ser lembrada como uma ex-participante do programa, mas que sente orgulho.
 
A loira revelou ainda que não foi chamada pela produção para retornar ao “Big Brother” e confessou que, caso isso acontecesse, não aceitaria o convite. Vale lembrar que o “BBB 13” contará com seis ex-participantes.
 
“Não voltaria ao programa. Participar do BBB foi tudo de bom, só tenho a agradecer pela oportunidade, mas acho que o meu momento foi aquele e o programa precisa sempre inovar, com novos participantes”, disse.
 
Íris explicou também porque aceitou posar nua quando saiu do reality, frisando que a família foi contra: “De imediato eles foram contra, e eu entendi o lado deles. Também estava insegura. Mas recebi uma proposta irrecusável”.
 
Confira a entrevista na íntegra:
 
NaTelinha –  Você, como poucos, conseguiu seguir carreira televisiva após o “BBB”, na RedeTV!. Ainda há pessoas que vinculam sua imagem ao programa de modo a esquecer da sua atual carreira?
 
Íris Stefanelli – Olha, eu sei de muitos que não gostam de serem chamados de ex-BBBs e que tentam esquecer o passado, mas eu não sou assim. O programa me abriu portas e foi uma experiência incrível. Sou eternamente grata ao Boninho pela oportunidade e não me importo de ser lembrada como uma ex-participante.
 
Agora, como apresentadora e repórter na RedeTV!, tenho conquistado novos fãs e o reconhecimento tem sido maior, até porque já fazem seis anos que estou no “TV Fama” e faço o meu trabalho com muito amor, buscando levar alegria, diversão e informação para o público que assiste ao programa.
 
 
NT – Qual foi o principal desafio que você encontrou após a sua saída do “Big Brother Brasil”?
 
IS – O principal desafio, sem dúvida alguma, foi logo quando eu saí da casa do “BBB” e não fazia ideia do que fazer, como agir com imprensa, assédio, eventos… Foi uma loucura! Hoje em dia os participantes já entram no programa amparados desde o confinamento até a saída, alguns já com assessores e empresários.
 
Eu não tinha estrutura alguma e contei com o apoio de amigos. Tanto é que quem me assessorou nos primeiros anos pós-BBB foi uma grande amiga minha, formada em direito. Mas deu tudo certo e consegui aprender, ao longo do tempo, a lidar e administrar as coisas.
 
 
NT – Sua família concordou em você posar nua depois de sair do reality? Aceitaria fazer o ensaio de novo, hoje?
 
IS – De imediato eles foram contra, e eu entendi o lado deles. Também estava insegura. Mas recebi uma proposta irrecusável, era muito dinheiro! E eu havia saído do “BBB” sem nada, não fiquei entre os três finalistas e muito menos fui a campeã. Queria que a minha participação no programa pudesse dar uma vida melhor para a minha família e, diante dessa oferta da revista, aceitei.
 
Não gosto de dizer que nunca mais vou fazer, mas não é isso que quero para a minha vida. Quero que as pessoas vejam o meu trabalho e não o meu corpo.
 
 
NT – Muitos especulam sobre quais serão os ex-participantes que voltarão à próxima edição do “BBB”. Você já foi contactada? Aceitaria voltar?
 
IS – Não fui chamada e também não voltaria ao programa. Participar do “BBB” foi tudo de bom, só tenho a agradecer pela oportunidade, mas acho que o meu momento foi aquele e o programa precisa sempre inovar, com novos participantes. Mas estou na torcida para que o Kleber Bambam volte, ele é muito divertido, espontâneo… Vai aprontar todas!

Íris Stefanelli na época do “BBB 7”
NT – Toparia participar de um reality-show de outra emissora, como “A Fazenda”, da TV Record, por exemplo?
 
IS – Também não. Como disse, o meu momento foi no “BBB 7”. E os realities estão aí para revelar novas pessoas, novas personalidades.


NT – Ainda mantém contato com alguém que participou da mesma edição do “Big Brother” com você?

IS – Sim, com a Flavinha e o Fernando. Casal lindo!
 
 
NT – Você se sente realizada profissionalmente ou ainda tem objetivos no ramo do entretenimento?
 
IS – Estou apenas começando, meus sonhos vão muito além do que consegui. Gosto do meu trabalho, mas sinto que estou preparada para novos desafios.
 
 
NT – Sente saudade de sua vida como anônima?
 
IS – Não. Até porque continuo a mesma, fazendo as coisas que sempre gostei, curtindo os amigos e a família. Claro que agora tenho que aprender a cuidar da minha imagem e a pensar em tudo que falo, por conta das fofocas. Mas, fora isso, não tenho do que reclamar. Estou curtindo muito!
 
 
NT – Sofreu preconceito depois do “BBB”?
 
IS – Sim. E acredito que todos os ex-participantes tenham sofrido em algum momento. Mas nada que tenha me incomodado. Hoje, com seis anos de RedeTV!, já não sofro com isso.
 
natelinha

“Está doendo muito”, diz Antonia Fontenelle sobre morte de Marcos Paulo

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121121105513.jpg

 

A atriz Antonia Fontenelle, viúva do ator e diretor Marcos Paulo, usou seu perfil oficial no Twitter para desabafar na madrugada desta quarta-feira (21).

“Meu Deus, sei que tudo tem um porquê. Mas é que está doendo muito”, escreveu ela, que logo depois agradeceu o apoio que tem recebido dos fãs.

“Meus amores, leio todas as mensagens carinhosas, obrigada pela força, me conforta… Beijo no coração de vocês. Boa noite”, publicou.

Marcos Paulo faleceu no dia 11 de novembro vítima de uma embolia pulmonar. Ele estava em sua casa, no Rio.
 
Em agosto do ano passado, o diretor havia passado por uma cirurgia para remover o tumor.

natelinha