Renato Maurício Prado analisa Atlético Mineiro 3 x 2 Fluminense

A sorte continuou a favor (foram três bolas na trave), o goleiro Diego Cavalieri voltou a fazer uma série de grandes defesas e, mesmo amplamente dominado, o Flu conseguiu abrir o placar (gol de Wellinton Nem).

Diante disso, tudo levava a crer que o tricolor sairia do “Independência” já comemorando o título – ainda mais depois que o Atlético conseguiu virar para 2 a 1 (dois gols de Jô), mas Fred marcou, já no finalzinho, determinando novo empate.

Aos 47 minutos, porém, um gol de cabeça do zagueiro Leonardo Silva, que fora o responsável pela correta anulação de um lindo gol de falta de Ronaldinho Gaúcho, no primeiro tempo (ele empurrou toda a barreira, na hora da cobrança), selou a vitória do Galo mineiro, diminuindo assim para seis pontos a diferença que o separa do tricolor carioca.

 Foi um resultado indiscutivelmente justo, tamanha a superioridade da equipe de Cuca sobre a de Abel. Houve um determinado momento, no primeiro tempo, em que o Atlético já dera doze chutes a gol e o Fluminense, nenhum. O único que arriscou, na verdade, foi no último lance da etapa inicial, numa falta próxima da área que Thiago Neves cobrou por cima do travessão.

O panorama pouco se modificou após o intervalo. Mas o Flu, como de hábito, conseguiu um contra-ataque e abriu o placar. O empate e a virada dos mineiros viria com dois gols de Jô. Mas aos 40, Fred voltou a empatar – reforçando a impressão de que o líder do campeonato escaparia uma vez mais da derrota.

Não escapou, por causa da cabeçada de Leonardo Silva, aos 47. Mas segue com seis pontos de vantagem na tabela. Alguém acha mesmo que o Flu pode perder essa grande vantagem em apenas seis rodadas?

Eu não creio nisso.

 

Coluna redigida pelo jornalista Renato Maurício Prado para o jornal  carioca O GLOBO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.