Especial Hebe Camargo: A trajetória da rainha da televisão brasileira

Considerada um dos maiores ícones da TV brasileira junto a nomes como Silvio Santos, Chacrinha, Carlos Alberto de Nóbrega, entre outros, Hebe Camargo nos deixou neste sábado (29) após uma longa e brilhante carreira.

Hebe esteve presente em todos os momentos da história da televisão brasileira. A apresentadora, que nasceu em 1929, em 1950 já estava envolvida no meio. Ela foi convidada por Assis Chateaubriand para participar da primeira transmissão ao vivo da TV brasileira, em São Paulo. Entretanto, ela não pode comparecer e foi substituída por Lolita Rodrigues. 


Hebe Camargo: apresentadora é presente em todas as etapas da TV brasileira
Divulgação
Antes mesmo do convite, Hebe também havia ido até Santos, no litoral de São Paulo, para ajudar o grupo que carregava os primeiros equipamentos para dar início à TV Tupi, a qual participou de vários programas.

Hebe Camargo se casou em 1964 com o empresário Décio Capuano. Da união deles, nasceu Marcelo. O casal se separou em 1971. A apresentadora também foi casada com Lélio Ravagnani. Foram mais de 25 anos de casamento até que a morte separou o casal. Lélio faleceu aos 78 anos em São Paulo, após um período de internação.

“Agradeço o apoio de todos. Infelizmente não posso mais ter Lélio comigo. Jesus o quer ao seu lado”, havia desabafado Hebe em uma terça-feira, 18 de junho do ano de 2000. Vários artistas, políticos e celebridades prestaram apoio a ela, como o cantor Sérgio Reis, Adriane Galisteu, Alexandre Pires, Xuxa, Roberto Carlos, Fausto Silva, Silvia Poppovic e o ex-governador Paulo Maluf.
 

Ainda na década de 60, Hebe assinou com a TV Continental e posteriormente com a TV Record.

A apresentadora também passou pela Band, onde ficou até 1985. A partir deste ano ela passou a integrar o casting do SBT, emissora a qual mais tempo foi funcionária. Foram mais de 25 anos dedicados ao canal de Silvio Santos. 


Hebe Camargo ao lado de Silvio Santos: madrinha do Teleton, Hebe é uma das mais engajadas no projeto
Divulgação/SBT
No SBT, Hebe comandou um programa semanal com o seu nome e passou por outros, como o “Fora do Ar”, além de participações em seriados e em eventos, como o “Teleton”, este inclusive um pedido da loira a Silvio Santos, em 1998.

Já em 2010, insatisfeita com os rumos de sua atração no SBT, que vinha marcando baixa audiência, Hebe assinou com a RedeTV!, de seu então amigo Amílcare Dallevo. Sua estreia ocorreu em 2011, sempre nas noites de terça-feira. 


Hebe Camargo em seu programa na RedeTV!: apresentadora rompe com Silvio Santos após mais de 25 anos em 2010
Divulgação/RedeTV!
Hebe Camargo levou o nome “Hebe” à nova emissora, a qual foi contratada até duas semanas atrás. No dia 17 de setembro, a RedeTV! oficializou a rescisão do contrato com a apresentadora, que já estava sem gravar havia algumas semanas devido ao tratamento médico o qual estava submetida. A última exibição do “Hebe” na RedeTV! foi ao ar no dia 25.

Nesta última quinta-feira (27), Hebe Camargo assinou contrato com o SBT, confirmando seu retorno. Ainda não havia informações relacionadas ao seu novo programa, mas cogitava-se um formato diferenciado, com exibição de duas vezes por mês.

 
Hebe Camargo nos deixa neste sábado, aos 83 anos de idade, vítima de uma parada cardíaca nesta madrugada
Divulgação

Um comentário sobre “Especial Hebe Camargo: A trajetória da rainha da televisão brasileira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.