Daniel Blanco fala de 1º beijo em cena: ‘Achava que beijo técnico não existia’

Daniel Blanco e Alice Wegmann revelam os bastidores do primeiro beijo de #GiLia  (Foto: Malhação / TV Globo)
Daniel Blanco e Alice Wegmann revelam os
bastidores do primeiro beijo de #GiLia

Daniel Blanco, que interpreta o Gil nessa nova temporada de Malhação, está encarando muitos dos desafios do dia a dia de gravação de uma novela pela primeira vez. Com isso, vem também o primeiro beijo – grande momento para todo ator. Nessa última semana de trama, seu personagem beijou Lia, vivida pela atriz Alice Wegmann. Como será que o jovem ator se sentiu?

Para Daniel, não foi nada além de uma cena. “É bem diferente da vida real, mesmo. Eu achava que essa história de beijo técnico não existia, mas saí de cena como se nada tivesse acontecido. Ficou bem claro na minha cabeça que quem beijou foi o Gil, não o Daniel”, conta o ator.

Será que para Alice, a Lia, também foi mole assim? Mais experiente, a atriz foi fundamental para que Daniel se sentisse à vontade no set. Mas ela encara as cenas de beijo de outra maneira. “Eu nunca me sinto totalmente à vontade, afinal, é um beijo, né?”, entrega a atriz de só 16 anos, que já tem em seu “currículo” beijos em personagens de Bernardo Mesquita e Rafael Almeida.

 

Ok, tudo é de mentirinha. Então como foi o primeiro beijo de verdade? Daniel entrega o jogo e diz que começou cedo. “Perdi meu BV (expressão para boca virgem) aos nove anos de idade e foi totalmente armado. A minha irmã e a irmã da menina queriam mais o beijo do que a gente”, revela o ator.

Já Alice deixou esse momento tão importante na vida de todo jovem para mais tarde, mas não fica tão atrás assim de Daniel: “Eu beijei pela primeira vez aos 11 anos, mas não foi nada demais. Estava numa colônia de férias e tudo aconteceu depois de uma discoteca. Nossos dormitórios ficavam um de frente para o outro e antes de dormir nos beijamos. Nunca mais vi ele de novo”, confessa Alice.

O fato é que em cena os dois mandaram muito bem. Será que vai rolar alguma coisa a mais entre o Gil e a Lia? Não perca os próximos capítulos de Malhação para saber!

Informações extraídas do site da Rede Globo

Alice Wegmann conta que faz aulas de música para viver a roqueira Lia

Além de arriscar acordes em sua guitarra, a roqueira Lia, que vem fazendo o maior sucesso na trama de Malhação, solta a voz e canta muito na novela. A personagem tem até uma banda virtual e toca com os amigos via web.

Na vida real, a atriz Alice Wegmann, de apenas 16 anos, também canta, mas só debaixo do chuveiro. “Eu amo música, mas nunca passou pela minha cabeça montar uma banda ou fazer show. Só toco violão em casa, com meus amigos, para passar o tempo”, revela. Já é alguma coisa, né? Multitalentosa a menina!

Para não fazer feio, a atriz tem acompanhamento de um profissional. Flávio Marinho Campos, músico e professor de guitarra, violão e contrabaixo, dá aulas para a atriz: “Estou com a Alice há mais ou menos dois mses. Ela é intelignete à beça e pega as coisas muito rápido. É dedicada e tem muito talento. A Lia está mandando bem!”, aprova.

A atriz Alice Wegmann treina com o professor Flávio nos bastidores de Malhação (Foto: Malhação / Tv Globo)A atriz Alice Wegmann treina com o professor Flávio nos bastidores de Malhação (Foto: Malhação / Tv Globo)

Em Malhação, Alice já cantou duas músicas: “Malandragem”, famosa na voz de Cássia Eller, e “Meu Erro”, dos Paralamas do Sucesso. “A Lia não é cantora, é uma menina que toca no quarto”, comenta, ressaltando, com bom humor, que não precisa cantar tão bem assim.

Quem curte a banda virtual de Lia, pode se animar. Alice já stá se dedicando a mais duas músicas: “Quando o sol se for”, do Detonautas, e “Exagerado”, de Cazuza. Assim como a personagem, a atriz também curte rock brasileiro. “Mas o que eu mais tenho escutado é Maria Gadu, Los Hermanos e John Mayer”, conta.

Informações extraídas do site da Rede Globo de Televisão

Pa$tor $ila$ Malafaia terá coragem de criticar a Globo após uma evangélica fazer um striptease em um casamento ? Casamento celebrado por um pastor ? Essa cena será exibida na novela Avenida Brasil em breve …

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120925111758.jpg

Nos próximos capítulos de “Avenida Brasil”, Dolores (Paula Burlamaqui) vai dar o maior vexame durante seu casamento com Diógenes (Otávio Augusto).

Tudo acontece quando sua irmã Nicole, Xandão e Roger, ex-parceiros nos tempos do pornô, aparecem na festa. Mesmo tendo tomado todas as providências para que a cerimônia acontecesse em paz, sem bebidas e músicas animadas, o desastre surge.

A turma antiga chega na festa com garrafas de bebidas que passam de mão em mão deixando os convidados animados e bêbados. Após a bênção do pastor, Xandão assume o som e coloca músicas da época em que Dolores fazia shows .


Diógenes (Otávio Augusto) e Dolores (Paula Burlamaqui)
Foto: TV GLOBO / Raphael Dias

Ela fica desesperada e pede para Xandão parar. “Tira essa música. Cê sabe o que acontece quando a Dolores ouve essa música”, diz Diógenes. Logo depois, Dolores é “possuída” pela ex-atriz pornô, joga os sapatos longe e faz um striptease. O show dela só é interrompido quando Roni (Daniel Rocha) desliga o som, acordando a mãe do transe.

“Avenida Brasil” vai ao ar logo após o Horário Político.

natelinha

“Da Cor do Pecado” reestreia com baixa audiência na Globo

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120925114741.jpg

“Da Cor do Pecado” reestreia com baixa audiência na Globo – Divulgação/Globo

O primeiro capítulo da reprise de “Da Cor do Pecado”, que foi ao ar no “Vale a Pena Ver de Novo” na tarde desta segunda-feira (24), não teve bons índices de audiência.

A novela de João Emanuel Carneiro, que foi produzida em 2004 e reprisada pela primeira vez em 2007, marcou média de 12 pontos – ante os 18 obtidos por “Chocolate com Pimenta” em seu capítulo final, transmitido na sexta-feira (21).

Apesar do baixo Ibope, “Da Cor do Pecado” não encontrou problemas para se manter em primeiro lugar. Na faixa de confronto com o folhetim, a Record, com o “Programa da Tarde”,  teve 6 pontos e o SBT, com suas novelas, registrou 4.

Estes índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo .

natelinha

Overdose de Carrossel

Que o elenco de “Carrossel” tem aparecido em todos os programas do SBT já não é novidade. Que os atores comparecem vestidos com os figurinos da novela e usando os nomes dos personagens, também.
 
Mas no último “Programa Silvio Santos” esta prática finalmente fez sentido. Parte do elenco mirim participou do “Jogo dos Pontinhos” e, em cena, atuaram como os personagens, respondendo ás perguntas de acordo com as personalidades e características da ficção. Ficou interessante.
 
 
Hamilton Kenji é titular dos blogs obaudosilvio.blogspot.com, letrasdotrem.blogspot.com e transcendentes.blogspot.com

A hora dos palhaços

A onda retrô chega com tudo no universo dos palhaços!
 
Atchim e Espirro lançam dia 12 de outubro, num show em São Paulo, um novo CD retomando a parceria de sucesso dos anos 80. No repertório, regravações de sucessos deles próprios, da Xuxa, do Trem da Alegria e do Balão Mágico, e uma participação especial de Patati e Patatá.
 
Para a mesma época há quem espere a volta do Bozo no SBT, mas ainda é cedo para se garantir qualquer coisa. Será que a Família Bozo, com Vovó Mafalda, Papai Papudo e Salci Fufu, será reeditada? Quem serão os novos intérpretes? Qual será o formato do programa? E o diretor? Por enquanto, mistérios.
Hamilton Kenji é titular dos blogs obaudosilvio.blogspot.com, letrasdotrem.blogspot.com e transcendentes.blogspot.com

O momento para ser espontâneo

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120925105730.jpg

Silvio Santos começou seu programa do último domingo (23) com um novo microfone

Situações da televisão que em outros tempos passariam despercebidas, hoje, graças à repercussão das redes sociais e do YouTube, se tornam grandes assuntos do dia seguinte.

Desta vez aconteceu com Faustão. Durante seu “Domingão”, o apresentador mostrava um livro de autoria de Helô Pinheiro e cometeu um ato falho “daqueles”, ao anunciá-la como a “eterna garota de prog… Ipanema!”. 
 
Ao contrário do habitual, Faustão, que costuma rir dos erros do programa, dentre estes aqueles cometidos por ele mesmo, seguiu em frente, evitando maiores comentários sobre a gafe, constrangedora.
 
À noite, Silvio Santos, também apreciador da espontaneidade e dos improvisos, mas muito pouco afeito a falhas técnicas, entrou em cena com um microfone do tipo “earset” e, passados alguns minutos, interrompeu o programa para substituir o aparelho pelo seu tradicional microfone preso ao peito. Toda a cena, com técnicos do SBT em volta de Silvio e o auditório aguardando, foi ao ar, sem cortes, e, em seguida, o animador prosseguiu normalmente.
 
Na TV muitos querem ser espontâneos e ousados, mas é preciso conhecer os limites e as ocasiões certas para tanto. Os dois casos acima são interessantes para demonstrar que situações inesperadas podem ocorrer e a naturalidade da reação do apresentador é crucial para que o programa flua normalmente. Outro exemplo vem a calhar: Bóris Casoy espirrou e disse: “sou um ser humano. Ainda”. Pois é, nem tudo precisa ser tão certinho .
Hamilton Kenji é titular dos blogs obaudosilvio.blogspot.com, letrasdotrem.blogspot.com e transcendentes.blogspot.com