“A Fazenda de Verão” e um novo erro de novo

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120831172422.jpg

Viviane venceu “A Fazenda 5” na última quarta; Record prepara nova edição para este ano – Divulgação
Aprender com os erros do passado é a melhor maneira de evitar equívocos no futuro.
Essa ideia bastante usada por várias pessoas é o princípio fundamental de quem errou uma vez e aprendeu a não errar de novo da mesma forma. A Record resolveu fazer o reality “A Fazenda” com anônimos, neste próximo verão. Até aí, uma boa ideia. Será interessante. Mas o programa vai ao ar ainda neste ano, pouquíssimo tempo depois da edição com famosos ter acabado.
Vamos fazer uma retrospectiva de decisões semelhantes a que a Record anunciou nesta sexta-feira (31) – de produzir “A Fazenda de Verão” para o quanto antes possível -. No início da década passada, Silvio Santos fez a mesma coisa com “A Casa dos Artistas”, uma edição atrás da outra, sem descanso. Deu no que deu: um fenômeno de audiência, que parou o Brasil e bateu a Globo várias vezes, se transformou num fiasco e saiu do ar.
A própria TV Record fez isso com o mesmo reality em pauta. A primeira edição de “A Fazenda” teve uma repercussão enorme, bateu nos 32 pontos do Ibope em sua final. O canal, então, resolveu fazer uma segunda temporada logo em seguida, sem dar descanso ao formato. Trágico resultado: o programa perdeu quase 30% de audiência. O formato se desgastou muito rapidamente e as edições seguintes continuaram a descer uma ladeira que parecia sem fim, nos números do Ibope.
Agora, após a quinta temporada ter conseguido – ainda que por pouco – frear a queda livre dos números, a Record emendará uma temporada na outra, mais uma vez, fechando os olhos para algo parecido que aconteceu recentemente e não deu bons resultados. Uma atitude suicida. Um preço alto a ser pago.
A edição contará, indo de contra o costume, com anônimos. Há dois erros nisso aí: como possivelmente será exibido no final de 2012 e início de 2013, o programa competirá com o já consagrado “Big Brother Brasil”. Em 2010 houve disputa entre os dois programas. Placar no Ibope: “BBB” 30 x 8 “A Fazenda”. Outro erro: a graça de “A Fazenda” está justamente em ver sub-celebridades se envolvendo no cotidiano.
Há chances de dar certo a ideia. Mas, com certeza, colocar “A Fazenda de Verão” com anônimos no ar é enrolar a corda no pescoço.
Breno Cunha escreve sobre mídia e televisão há quatro anos, passou por vários sites, onde sempre foi conhecido por grandes discussões provocadas por suas críticas. Agora ele está no NaTelinha. Twitter: @cunhabreno 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.