A surpresa de “O Maior Brasileiro de Todos os Tempos”

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120828104028.jpg

Divulgação/SBT

Não, não vamos falar sobre a lista dos cem maiores brasileiros segundo a enquete promovida pelo SBT. Nem sobre os resultados dos confrontos que se realizaram até agora entre os semifinalistas ou sobre quem achamos que deva ou mereça ganhar.

Falemos do programa, do formato e do que proporciona como entretenimento televisivo.
 
“O Maior Brasileiro de Todos os Tempos”, do SBT, é a grande estreia do ano. Sim, não estou exagerando. Sei que tivemos Jogos Olímpicos e “A Fazenda” na Record, “Carrossel” no SBT, “Pânico na Band” e “Quem Fica em Pé?” na Band e “Saturday Night Live” na RedeTV!, dentre outros.
 
Mas de todas essas atrações nós tínhamos uma ideia, nem que fosse mínima, do que esperar. Reality show, game, novela, programa de humor, ok. E o “Maior Brasileiro”, o que seria? Ninguém sabia ao certo.
 
O programa que todos imaginavam sendo comandado por Silvio Santos entrou no ar com Carlos Nascimento, que referendava a atração com a sua credibilidade. Não era um concurso puro e simples, nem um programa jornalístico. Uma espécie de debate com a marca da interatividade, que não é novidade na TV, mas com a ideia de colocar frente a frente grandes personalidades da história, cultura, religião e do esporte brasileiros.
 
Nascimento não decepcionou e mostrou jogo de cintura com os imprevistos e dificuldades de comandar o evento ao vivo. 
 
A participação de “embaixadores” dos candidatos ao título de maior brasileiro e as reportagens de Carolina Castelo Branco ajudam o telespectador a se situar. É claro que na prática nem tudo é tão perfeito. Representantes incapazes de acrescentar informação, populares nas ruas e auditório expressando lugares-comuns, mitos e obviedades sobre os personagens em pauta também dão seus ares no programa. 
 
No último dia 22, famosos também participaram por telefone, dando opiniões de pouca utilidade. O grande momento foi Hebe Camargo, mas não falando de algum dos candidatos e sim cutucando a sua emissora, a RedeTV!, ao passo que cortejava o ex-patrão Silvio Santos.
 
De qualquer maneira, por mais superficiais e rasos que possam parecer, a escolha, os debates e a votação demonstram que o público tem, ao contrário do que muitos imaginam, razoável consciência sobre quem foram os grandes homens que serviram a Pátria. Servem de pretexto para discutir personagens importantes do país e estimulam o conhecimento. 
 
Discutir história de maneira simples e popular: isso nenhum outro programa de TV atualmente no ar tem feito.
 
 
Hamilton Kenji é titular dos blogs obaudosilvio.blogspot.com, letrasdotrem.blogspot.com e transcendentes.blogspot.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.