O que esperar das novelas da Record em 2013?

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120806095855.jpg

A Record, que não vem muito bem das pernas neste ano, principalmente após a estreia de “Carrossel”, já começa a fazer planos para 2013.

O diretor do Comitê de Dramaturgia do canal, Marcelo Silva, segundo a coluna “Outro Canal”, pretende colocar no ar três novelas simultâneas no ano que vem. Todo mundo sabe que esse sempre foi o grande desejo da Record: ter três tramas inéditas simultâneas na grade. Estrutura pra isso, tem.

O que acontece é que a emissora se perdeu no caminho que estava trilhando. Contratou demais – parcialmente errado, diga-se de passagem –, investiu muito e deixou que o foco fosse perdido. Sem foco, qualquer trabalho está fadado ao erro.
Com o sucesso absoluto da novela infantil do SBT, a Record deve ter percebido algo óbvio: brasileiro gosta de telenovelas e investir nelas é o jeito mais seguro de conseguir estabilidade.
Porém qualquer engano quanto a isso é fatal. Fazer novela custa caro, errar na produção custa mais ainda. Quando um folhetim não traz o retorno desejado, significa que alguma coisa deu errado. Brasileiro gosta de novelas, mas está acostumado a novela boa, da TV Globo, indiscutivelmente as melhores do mundo.
“Máscaras” é um fracasso de audiência e repercussão. Talvez, seja o produto que trouxe mais decepção desde o início desta arrancada da Record, que começou em 2007. A obra artística é boa, o trabalho é bem feito, mas falta história, falta texto, direção. Falta, então, tudo. Agora junte a isso tudo a inconstância no horário, que muitas vezes coloca “Máscaras” pelas madrugadas. O público não acompanha.
A novela de Lauro César Muniz deve servir de exemplo para as próximas tramas da Record – inclusive se a promessa de haver três inédita simultâneas for cumprida. A boa fase da Globo, com a dobradinha de “Cheias de Charme” e “Avenida Brasil”, também pode ser tirada de lição. Não se trata de cópia, mas de parâmetro.
A próxima novela da Record, “Balacobaco”, de Gisele Joras, não tem um nome sugestivo. Vai depender da autora e da própria Record tornar a novela um pouco mais que uma simples sugestão ao telespectador.
Breno Cunha escreve sobre mídia e televisão há quatro anos, passou por vários sites, onde sempre foi conhecido por grandes discussões provocadas por suas críticas. Agora ele está no NaTelinha. Twitter: @cunhabreno

Daniela Beyruti retorna

Hoje Daniela Beyruti, filha de Silvio Santos, retoma o cargo de diretora geral sabe-se lá de que no SBT.
Ela não fez a menos diferença com sua ausência.
O SBT caminhou igualzinho e caminha com ela ou sem ela.
Quem manda de verdade é seu pai Silvio.
Então, já que ela não tem estratégia de comando que tenha objetivo real, deveria ter um cargo que não a obrigasse a ir até o SBT.
Uma conselheira de algo.

Escrito por James Akel no dia 06 de agosto de 2012

Cenas de Dulce María em “Rebelde” irão ao ar a partir desta segunda

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120805232103.jpg

Dulce María posa para fotos com os Rebeldes – Divulgação/Record

As primeiras cenas de Dulce María em “Rebelde”, que foram gravadas entre a semana retrasada e a semana passada, começarão a ir ao ar a partir desta segunda (06).

Nas cenas em questão, Eva Messi (Adriana Garambone) apresenta a cantora mexicana aos rebeldes. Alice (Sophia Abrahão), Tomás (Chay Suede), Pedro (Micael Borges), Roberta (Lua Blanco), Diego (Arthur Aguiar) e Carla (Mel Fronckowiak) ficarão encarregados de apresentar o Rio de Janeiro à estrela do RBD.

Com o objetivo de elevar os índices de audiência, que estão em baixa, a Record tem intensificado as chamadas da participação de Dulce.

Em tempo:

As gravações de Dulce María no Brasil mobilizaram um forte esquema de segurança por parte da Record. Dulce foi recebida por vários fãs desde seu hotel até os estúdios do RecNov, na Zona Oeste do Rio, e também nas externas no Cristo Redentor e no Pão de Açúcar.

“Rebelde” vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 20h40.

natelinha

Laura Cardosa foi entrevistada por jornalistas portugueses no Projac

  • Divulgação

    Laura Cardoso concede entrevista para jornalistas portugueses no Projac

Uma das nossas maiores atrizes, Laura Cardoso, concedeu longa entrevista no Projac para um grupo de jornalistas portugueses que visitam o Brasil.

Ela falou sobre sua carreira, o atual trabalho em “Gabriela” e o grande amor que tem por Portugal.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Gente sem noção falando bobagem na internet

Tem gente que ultrapassa os limites de tudo. Creditar à TV Record o fraco desempenho do Brasil na Olimpíada é um pouco demais. Mas é o que mais está acontecendo na Internet. A propósito, é bom esclarecer que no HD, ao contrário do sinal analógico, a marca d´água da Record permanece no mesmo lugar. No canto inferior direito da imagem.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

You Tube hospeda reportagens de investigação

O Youtube, site de vídeos do Google, agora tem um canal exclusivo com reportagens investigativas produzidas por vários veículos. A princípio lá estão trabalhos da britânica BBC, da americana ABC News e da árabe Al Jazeera. Por enquanto, pelo menos, nenhuma do Brasil.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Juliana Silveira exibe visual para nova novela da Record

Foto: Reprodução/Twitter
  • Juliana Silveira está com os cabelos compridos. Na madrugada deste domingo (5), a atriz postou em seu Twitter uma foto com o novo look para a nova novela da Record.

    “Cabeludissíma”, escreveu ela na legenda da imagem.

    Juliana será a protagonista do novo folhetim, que tem estreia prevista para outubro .

    O PLANETA TV!

“Eliana” vence Gugu e Olimpíadas; programa tem uma das maiores médias

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120805230756.jpg

A edição do programa “Eliana”, exibido na tarde deste domingo (05), garantiu altos índices de audiência ao SBT.

A atração comandada por Eliana teve um dos melhores números de 2012 e desbancou a Record, que exibia o “Programa do Gugu” e as Olimpíadas de Londres. O placar foi favorável à loira por 10,5 pontos a 8.

Em tempo:

Além de Eliana, o “Domingo Legal” também fechou com bons números. Foram 8 pontos de média com picos de 12 ante 6 da Record, que também exibia os jogos olímpicos e parte do “Programa do Gugu”.

Esses índices são prévios e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo. Dados consolidados podem variar para mais ou para menos.
natelinha

Record amarga três dias sem alcançar dois dígitos no Ibope

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120806123127.jpg
Após fases em alta, chegando a conquistar dois dígitos de média noturna baseados em novelas, realities e jornalísticos, a Record amargou uma baixa performance em audiência neste fim de semana.
Entre sexta-feira (03) e domingo (05), nenhum produto da emissora chegou aos dois dígitos de média.
Na sexta, o recorde da casa foi “A Fazenda 5”, com 9 pontos, seguida pelo “Cidade Alerta” – em um retorno que sequer havia sido divulgado -, com 6 pontos, e o “Fala Brasil”, com os mesmos 6.
Já no sábado, as Olimpíadas de Londres e “A Fazenda 5” encabeçaram o ranking com 8 pontos. “O Melhor do Brasil”, de Rodrigo Faro, então uma das maiores audiências da casa, fechou com apenas 7 pontos.
Por fim, no domingo, o teto da Record foi obtido com o “Domingo Espetacular”, com 9 pontos de média. “A Fazenda 5” veio na sequência, com 8 pontos.

Na concorrência com o SBT, na sexta-feira a emissora de Silvio Santos levou a melhor com uma média-dia de 5,8 a 5,4 pontos. Já no sábado, mesmo a Record não tendo alcançado altos números, os registrados foram suficientes para garantir a vice isolada com um placar de 7,1 a 4,2 pontos – uma das maiores diferenças dos últimos três meses.

No domingo, houve uma nova derrota por 8,8 a 6,8 pontos.

Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo.

natelinha

Mochileiro

Reprodução/Twitter

Otávio Mesquita e o filho Luiz Otávio usando uniforme de uma pizzaria de Paraisópolis (4/8/12)

Na manhã da última sexta-feira (3), acompanhado do seu filho, Luiz Otávio, de 19 anos, Otávio Mesquita saiu de casa, com uma mochila nas costas, e passou dois dias, sábado e domingo, morando e trabalhando na favela de Paraisópolis, no Morumbi. Toda essa experiência será apresentada no seu programa, “Claquete”, da Band.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery