Versão hispânica de “Fina Estampa” ganhará outro título

 

A versão hispânica de “Fina Estampa”, até aqui chamada de “Fine Pedigree”, terá o seu título alterado. O mais provável é “Reina Madre”, “Rainha Mãe”. A decisão final sairá durante uma reunião, ainda no dia de hoje, entre executivos de Globo e Telemundo. À frente das negociações pela emissora brasileira estão Guilherme Bokel, Diretor de Produção Internacional, e Ramona Bakker, Gerente de Produção Internacional.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Finalistas do “Maior Brasileiro de Todos os Tempos”

No “Maior Brasileiro de Todos os Tempos”, do SBT, exibido na quarta-feira, o nome de Edir Macedo, dono da Record e líder da Universal, foi o primeiro fora da lista dos 12 classificados. Ficou, portanto, em 13º. Agora falta divulgar os finalistas, também aqui já antecipados, mas que também não custa repetir: Pelé, Lula, Fernando Henrique Cardoso, Juscelino Kubitschek, Getúlio Vargas, Ayrton Senna, Chico Xavier, Irmã Dulce, Princesa Isabel, Santos Dumont, Tiradentes e Oscar Niemeyer. No total, esses 12, receberam 77% dos votos.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Substituição musical

Divulgação

Trilha embala romance de Jorginho e Nina

Discretamente, Marisa Monte foi trocada pela cantora britânica Adele nos embalos dos personagens Nina, Débora Falabella, e Jorginho, Cauã Reymond, em “Avenida Brasil”. Isto tem tudo a ver com o lançamento do novo CD internacional da novela.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Reforço

Divulgação/SportTV

Gabriel Mojeen, do SportTV

Gabriel Moojen, ex-MTV e ex-“Zona de Impacto”, apresentará o “Bom dia SporTV”, direto de Londres, durante os Jogos Olímpicos. O programa será transmitido do estúdio panorâmico, com informações das diversas competições e entradas ao vivo dos repórteres.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Record precisa de melhor organização nas suas novelas

  • Os atores Rafael Zulu e Antônia Fontenelle, que atuarão na próxima novela da RecordOs atores Rafael Zulu e Antônia Fontenelle, que atuarão na próxima novela da Record

A próxima novela da Record, escrita por Gisele Joras e direção-geral de Edson Spinello, estreia dia 9 de outubro, uma terça-feira, no lugar de “Máscaras”. O elenco está praticamente fechado, com Juliana Silveira, Bárbara Borges, Roberta Gualda, Bruno Ferrari, Silvio Guindane, Antonia Fontenelle, Wagner Santisteban, Rafael Zulu, Vitor Facchinetti, Rodrigo Phavanello, Rafael Calomeni, Roger Gobeth, Juliana Baroni, Vitor Fasano, Silvia Bandeira, Joana Balaguer, André Mattos e Simone Spoladore. A autora, por sua vez, desde já promete uma história engraçada, pra cima, colorida. Quer desviar do baixo astral, tiroteio e do drama pesado. O que vem aí é uma comédia. Comédia de verdade. Este é um ponto. O outro, também importante, é que a ficha finalmente caiu. A direção da Record sabe que agora, mais do que nunca, é necessário fazer uso de mecanismos diferentes para recuperar o Ibope perdido. Para tanto, não basta – como sempre aconteceu – simplesmente colocar dinheiro ou contratar artistas da Globo. Isto já se mostrou insuficiente. É preciso, antes de tudo, definir uma estratégia de programação, que passa necessariamente pela obrigatoriedade de se fixar os horários de exibição. “Rebelde” e “Máscaras” são os mais recentes exemplos do mal.
Quando o telespectador se sente desrespeitado, seu primeiro movimento é mudar de canal. E televisão, todos sabem, é hábito. Simples assim.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

“Friends”

 
Marcada na história da televisão norte-americana, “Friends” continua sendo sucesso de audiência.
 
Exibida nos Estados Unidos às 17h30 pelo canal TBS, a série tem alcançado a marca de 1 milhão de telespectadores, mesmo exibida fora do “horário nobre”.

 
Lucca Melo NA TELINHA

“Storage Wars” é destaque na TV paga americana

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120719094337.jpg
 
A série “Storage Wars” segue como destaque da TV paga nos Estados Unidos.
 
Na última terça (17), a super produção foi assistida por 4,7 milhões de telespectadores.
 
Com essa audiência, a série foi o segundo programa mais visto da TV a cabo americana no dia.
 
“Storage Wars” conta a história de um caça ao tesouro de celebridades em que os competidores variam de jovens que querem diversão e aventura, dispostos a dizer ou fazer qualquer coisa para vencer, a casais procurando por fortunas rápidas. 
 
Lucca Melo – NA TELINHA

“TV Xuxa” registra pior audiência da história; público envelhece

No último sábado (14), o programa “TV Xuxa” registrou a pior audiência de sua história.
 
Na ocasião, com um baixo número de televisores ligados, a atração registrou apenas 6,6 pontos, quase 50% a menos de público que a apresentadora tinha no início do ano.
 
https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120718171512.jpg
A nova temporada do “TV Xuxa” estreou em janeiro com uma audiência na casa dos 12 pontos.
 
Além das trocas de diretor, o programa ganhou um novo horário em 2011, saindo das manhãs de sábado e indo para as tardes, antes do “Caldeirão do Huck”. A mudança aconteceu para atingir um público mais jovem.
 
Porém, de acordo com a coluna Outro Canal, a audiência de Xuxa Meneghel segue envelhecendo. Atualmente  idades entre 25 e 49 anos, e 33% com pessoas acima de 50. Apenas 17% tem idade entre 12 e 24 anos.

 
Já a busca da Globo pela classe C deu certo. O “TV Xuxa” é uma das atações que mais concentram esse público, com 53%.
 
Procurada, a Globo diz que o programa é líder de audiência e que apenas um dia não serve como parâmetro.