Versão estadunidense de “Fina Estampa” estreará em 2013

 Ficheiro:Telemundo.svg

A versão americana de “Fina Estampa”, na melhor das hipóteses, só deve estrear no começo do próximo ano.
Lá, a coprodução com a Telemundo, receberá o título de “Fine Pedigree”.
 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Crise da Record repercute até no momento em que os breaks são inseridos

Tudo pela audiência. A Record está abrindo um bloco grande no “Jornal da Record” e coloca dois pequenos breaks no encerramento.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Novidades sobre “José – de escravo a governador”

 

Madre de Deus e Tiradentes serão as duas locações principais da minissérie da Record, “José – de escravo a governador”, em Minas Gerais.

Aliás, a sua produção está se cercando de todos os cuidados para que não se repitam os mesmos problemas do ano passado, em Diamantina.

Em especial os atos de indisciplina por parte de alguns componentes da equipe. Como se recorda, houve até um caso de pulada de cerca.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Direito de resposta

Ficheiro:Band Marca.png

A respeito de nota publicada na coluna de sexta-feira, sobre demissões na Bandeirantes – Rio, insatisfação e prováveis mudanças na sua direção, o vice presidente Frederico Nogueira procura a coluna e informa que a operação engloba, além da TV e duas emissoras de rádio, empresas de outros setores de comunicação. Os negócios se expandiram muito nos últimos tempos, com a aquisição de outra emissora de rádio, uma empresa de mídia digital, além de gráfica e um jornal.

Todas as atividades, prossegue ele, estão dentro das metas estabelecidas. E, por último, informa que número de funcionários, que em 2009 era de 220, pulou para 460 em 2012. Taí.

A nota de sexta, vale repetir, falou de demissões, insatisfação e prováveis mudanças.

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Curiosidades de Avenida Brasil parte 2

Ficheiro:Avenida-brasil-logo-300x225.jpg

Aliás, o que não se pode levar à risca em “Avenida Brasil” é o sotaque dos seus personagens. A boliviana Suellen, Ísis Valverde, por exemplo.

Outro caso é a Nina. Quando criança falava no bom carioquês, mas aí foi para a Argentina e voltou meio mineira, meio paulista.
 

Flávio Ricco com colaboração de José Carlos Nery

Curiosidades de Avenida Brasil parte 1

Ficheiro:Avenida-brasil-logo-300x225.jpg

Nascida na argentina, a personagem Begônia (Carol Abras), irmã de Nina (Débora Falabella), parece ter passado uma boa temporada em São Paulo.

Já entrou no Brasil e em “Avenida Brasil”, falando um bom português, mas com forte sotaque paulistano.

Flávio Ricco com José Carlos Nery

Bom e barato

O jornalismo da Rede TV! deve ganhar o reforço de “web repórteres” durante a cobertura das eleições 2012. A emissora jura de pés juntos que possui mais de uma centena deles.

O web repórter também é conhecido como “repórter-abelha” – entrevista e filma, ao mesmo tempo. Foi bastante utilizado no passado porque reduzia custos.

Flávio Ricco com José Carlos Nery