O texto abaixo é de Arthur Vivaqua

https://i0.wp.com/www.portalhdtvemfortaleza.com.br/wp-content/uploads/2012/03/sbt_oficial1.jpg

“O Fracasso é um doloroso degrau. O Sucesso, um perigoso tropeço.”

Não se trata de um simples acerto.
Carrossel é, sem hipérboles, uma ressurreição.
A Dramaturgia do SBT, há anos marginalizada pela Crítica, reencontrou os aplausos.
Silvio Santos (que nunca gostou de investir fortunas no Setor) deve ter se arrependido ainda mais dos “Baús” desperdiçados ao descobrir que a solução estava dentro de sua casa.
Ao seu lado na cama, aliás.
Íris Abravanel foi quem idealizou o remake de Carrossel.
A mesma Íris que teve sua Novela engavetada por quase 2 anos.
A mesma Íris que ganha muito menos do que seu colega Tiago Santiago.
A mesma Íris que assiste às piadinhas que o marido solta para Helen Ganzarolli.
Um velho ditado diz: “O homem planeja e Deus ri”.
Tomo a liberdade de atualizá-lo e dizer: “Silvio Santos planeja e Íris ri.”
Onde a caríssima Amor e Revolução fracassou, um grupo de crianças numa sala colorida triunfou:
O SBT reconquistou os “SBTistas”.
Os mesmos que testemunharam o auge da Emissora nos Anos 90.
Aqueles que conheceram o DNA da Alegria ousada (e despreocupada) de Silvio.
Aqueles que sempre preferiram o “Açúcar” das Tramas mexicanas à violência e nudez das brasileiras.
Carrossel prova que o SBT perdeu os últimos 8 anos buscando um Público que nunca foi seu.
E agora, que esse Público está de volta, uma Estratégia (com E maiúsculo) precisa ser traçada.
Marcar 17 Pontos contra o Jornal Nacional é maravilhoso.
Faturar com merchandising (no SBT!) é sensacional.
Vender uma linha completa de Produtos é excelente.
Mas nada disso será eterno.
Carrossel irá acabar um dia.
E se o SBT estiver gostando da Vice-Liderança, é preciso planejar-se desde já.
Carrossel pode ser apenas uma lembrança bonita.
Ou pode tornar-se um Marco Histórico.
Carrossel virou o jogo, mas caberá ao SBT sustentar o placar até o apito final.
O que virá a seguir?
O Sucesso de hoje terá sido em vão se não gerar um Sucesso amanhã.
Este, aliás, é um dos pilares da Liderança global: Lá, o Sucesso não é apenas digerido, mas mantido.
Não é explorado, mas gerenciado.
E, acima de tudo, é planejado.
O SBT tem a chance de fazer o mesmo.
Crianças, o mais precioso de todos os públicos, tendem a ser fiéis.
São capturadas com facilidade, pois querem criatividade, não superproduções.
O SBT tem, no mínimo, 10 Pontos nas mãos.
Um Núcleo precisa ser montado.
Uma Filosofia, mantida.
Um SBT Pós-Carrossel deve surgir.
E se este parto for bem-sucedido, a Vice-Liderança pode ter um velho novo dono…
***
Uma rápida constatação:
Nos últimos anos, a Record muito conquistou, mas pouco cativou.
O Jornalismo agressivo e a Igreja que a gere impediram que o Público amasse a Emissora pelo que ela é e não pelo que tem.
O Ibope da Record é fruto da Qualidade.
Bastou que esta caísse e os índices desabaram.
O SBT é a única Emissora que possui Ibope oriundo da Fidelidade.
Poucos de seus Programas são excelentes, mas todos são queridos.
A Marca SBT é limpa, não possui máculas.
Este é mais um trunfo da Anhanguera…
***
Por fim, nasce a Pergunta:
O que deve ser colocado no ar após Carrossel?
A resposta é cristalina:
Uma Novela simples e cativante.
E barata, do jeitinho que o Silvio gosta.
Embarcamos no Carrossel.
Nos faça permanecer, SBT…

Escrito por James Akel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.