Recadinho para aquele que se acha diretor de jornalismo do SBT

 Aqui vai um recadinho para Marcelo Parada, aquele que se acha diretor de jornalismo do SBT, mas que sequer escala apresentadores.
Pior é que Marcelo é filho de um grande jornalista que fez história no rádio brasileiro, mas parece que não aprendeu nada com o pai.
Olha, Marcelo, foi o próprio Silvio Santos quem contratou Joseval Peixoto pra ser apresentador no lugar do Nascimento.
Então, se ao final do jornal, Joseval faz um editorial de encerramento, igual faz no Jornal da Jovem Pan, este encerramento deve ser respeitado.
Encerramento é pra encerrar e não pra alguém aparecer depois de falar bobagem.
O SBT Brasil tem que terminar literalmente com o editorial do Joseval, por questão de estética editorial e razão de ser do texto.
Se você, Marcelo, continuar deixando a Rachel Sheherazade falar depois do editorial de encerramento, você estará matando o editorial.
O que a Rachel fala depois é totalmente inútil.
E quebra toda emoção do editorial do jornal.
Eu sei que você nem lê esta coluna e vai continuar permitindo que tudo fique do jeito que está.
Afinal, jornalismo não deve ser sua especialidade mesmo.

Escrito por James Akel

Engraçado

 E dizer que tem gente soltando boatos dentro do SBT dizendo que Márcia Goldschmith seria contratada pelo SBT.
Tipo de contratação desnecessária num SBT.
Márcia dava 2 de ibope na Band.
Ainda se fosse alguém que tivesse ibope, tá bom.
Mas ela não conhece isto.
E o SBT já tem muita coisa sem ibope.

Escrito por James Akel

O misterioso domingo da REDETV que deu 0.6 de média de ibope

 Toda mídia falava do programa de Rafinha Bastos.
Demoraram um tempão pra colocar no ar e deu menos de 1 de ibope.
Não é triste porque era esperado por quem viu antes os nomes que iriam participar.
Rafinha manda em tudo, escolhe de quem dirige até quem escreve e quem participa.
Então, a culpa do fracasso é dele e de ninguém mais.
A RedeTV deu estrutura e tudo que fosse necessário e até pagou pra ter o formato de um programa americano.
Muita gente vai dizer que, para o mercado publicitário, este nome vale dinheiro.
Então, se foi por causa do nome do programa americano que a RedeTV conseguiu arrumar 6 anunciantes que assinaram 6 meses de contrato, então estão perdoados por terem comprado este nome.
Mas, se o nome é Saturday e colocam no domingo, já jogaram metade do nome na lata de lixo.
Afinal, devem ter contado com a ignorância cultural do povo brasileiro que não sabe a língua inglesa.
Então, ficamos assim, os patrocinadores já assinaram e tá tudo bem, da próxima vez eles vão pensar melhor e não renovar o contrato.
Durante estes 6 meses então, Rafinha e sua patota vão se divertir no palco achando que estão fazendo TV, com linguagem chula de teatro de revista da década de 70.
Stand up faziam Vasconcelos, Jô Soares e Chico Anysio.
Nem Gentilli, que é muito bom, ainda não chegou nem na cueca dos que citei acima.
Rafinha e sua patota nem atingiram o dorso do sapato dos pais do stand up no Brasil.
Carlos Alberto de Nóbrega, em apenas 1 hora faria texto dez vezes superior ao que foi escrito pela patota do Rafinha.
Mas se os patrocinadores estão pagando, então deixa ficar.
Daqui a 6 meses, a RedeTV pensa o que fazer com o horário.
O Programa do Rafinha, que tem o nome de Saturday, apresentado no domingo, não tem potencial de absolutamente nada.

Escrito por James Akel

Cabrini mantém Vice

Cabrini manteve por 4 semanas uma posição de vice muito tranquila.
Seu programa tem conteúdo e junto com a Praça é Nossa e Astros, pode-se dizer que são os grandes ícones do SBT.
O programa de Silvio não conta pois é fora de concurso.
E o da vida selvagem, que é excelente, o SBT coloca nos horários mais absurdos, jogando fora todo talento de produção.
Não esperem nada disto diferente não.
A cúpula do SBT não tem noção de TV.
O Fernando Pelégio fica zangado quando eu escrevo isto.
Mas é verdade e eu provo por fatos.
Aí eles dizem que quem manda é o Silvio e não podem fazer nada.
Até Daniela Beyruti diz que quem manda é o pai.
Então parece que Silvio tem a mesma ideia que tenho, pois se ele achasse que o pessoal da cúpula do SBT soubesse de TV, ele deixaria que eles trabalhassem à vontade.
Não apareceu ninguém ainda no SBT que enfrentasse o SIlvio e mostrasse o caminho certo pra ganhar da Record de vez.
Então a gente não pode achar grande coisa da cúpula do SBT, Leon, Maciel, Dani, Pelégio.
Os quatro juntos mandam menos que o ajudante de ordens de Silvio, Rafael Larena.

Escrito por James Akel