“Rebelde” continua sem reagir no Ibope

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120522233535.jpg

 

Mesmo com as recentes mudanças em seu texto, que incluíram a redução das tramas relacionadas ao RPG, “Rebelde” continua sem reagir no Ibope.

No capítulo exibido nesta última terça-feira (22), a novela exibida por Margareth Boury marcou apenas 6 pontos de média. O índice foi suficiente para garantir a vice-liderança e um empate com o SBT.

A Band, nesta mesma faixa, registrou 5 pontos.

Esses índices são prévios e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores da Grande São Paulo. Dados consolidados podem variar para mais ou para menos.

NA TELINHA

Gilberto Barros nega gravar piloto de programa para a REDETV !

  • De acordo com informações do jornal O Diário de São Paulo, Gilberto Barros decidiu não gravar pilotos do seu novo programa na Rede TV!. O apresentador do “Sábado Total” entende que não há essa necessidade, pela sua experiência com programas de auditório.

    Serão realizados apenas testes de áudio e vídeo, sendo que os principais uma semana antes do primeiro programa.

    “Sábado Total” tem estreia prevista para o dia 23 de junho

Diretor diz que sua ausência desinibe entrevistados em quadro do “Fantástico”

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120524152431.jpg

No último domingo (20), Xuxa Meneghel surpreendeu o Brasil – e até o mundo – com revelações de sua intimidade.

Em depoimento ao quadro “O que vi da vida”, do “Fantástico”, a apresentadora contou que sofreu abuso sexual na infância até os seus 13 anos.
Xuxa disse que foi abusada por seu padrinho, um professor da escola e até mesmo por um homem que iria se casar com sua avó.
Ela ainda falou sobre seu romance com Pelé e Ayrton Senna.
Diretor da atração, Cláudio Manoel contou como é fazer alguém se abrir dessa forma. “Queria arrumar um jeito de a câmera fazer a entrevista. A gente sempre faz um ambiente intimista, onde a pessoa fica sozinha com essa câmera. E minha ausência de certa forma desinibe”, disse ele, que comanda o papo de uma sala separada através de um microfone.
Em entrevista ao jornal Extra, o Casseta continuou: “Tem quem reclame: ’Mas ela não falou disso… Não falou daquilo outro no depoimento’. Mas tem que ficar claro que eu não estava ali fazendo um documentário sobre a Xuxa”.
Cláudio Manoel estreou o quadro no “Fantástico” em agosto do ano passado, com Zeca Pagodinho – que falou por cerca de duas horas. Depois disso, passaram pelas câmeras do diretor Chico Anysio, Ivete Sangalo, Padre Marcelo Rossi, Cissa Guimarães, Regina Duarte e Sandy.
“Escolho os convidados, mando para a direção do “Fantástico” e eles aprovam. Há os que aceitam participar, os que disseram não… Tem gente que já me procurou para fazer o quadro. Ivete foi uma. Lilia Cabral, que nem foi ao ar ainda, outra”, explicou ele.
“A entrevista da Xuxa vai abrir espaço para outras pessoas quererem participar”, revelou.
NA TELINHA

Programas de platéia em novelas

 

No capítulo de Cheias de Charme desta terça-feira (22/05), a dupla de cantores Chayene e Fabian (Cláudia Abreu e Ricardo Tozzi) se apresentou no Domingão do Faustão cantando uma música que é de Rosário (Leandra Leal). Faustão perguntou a Chayene sobre a fofoca de sua briga com Ivete Sangalo e a ela desmentiu. Questionada também sobre sua vida amorosa, Chayene disse que, por Faustão, colocava um avental e virava “empreguete”. Na sequência, Chayene recebeu Fabian, os dois se declararam apaixonados um pelo outro e cantaram a música, enquanto Rosário – na cadeia juntamente com Penha e Cida (Taís Araújo e Isabelle Drummond) – assistiu pela televisão à apresentação da dupla.

A Globo sempre usou muito bem de sua programação para divulgar suas novelas, não apenas através das reportagens do Video Show, mas também levando seu elenco para participar de programas de entrevistas, variedades e até humorísticos. No caso de Chayene no Faustão, foi uma troca: Faustão cedeu seu palco para a novela das sete, enquanto Cláudia Abreu participou do programa no último domingo. É um toma lá dá cá onde uma atração divulga a outra .

 

Faustão já participara em outras novelas. Em 2008, em A Favorita, o roqueiro Augusto César (José Mayer), depois de anos no ostracismo, apresentou-se no Domingão do Faustão. No mesmo dia, outro personagem, Cassiano (Thiago Rodrigues), se lançava como cantor no programa.

Em 2005, a croata Vitza (Carol Machado) – personagem da novela A Lua Me Disse -, mesmo sem falar uma palavra em português, participou do quadro Se Vira nos 30 do Faustão, fazendo acrobacias em cordas.

Em Suave Veneno (1999), Eliete (Nívea Stellman) ganhou o concurso Garota Bumbum Dourado do Domingão do Faustão.

Em 1998, as personagens Clarelis (Leandra Leal) e Ritinha (Camila Pitanga), do remake de Pecado Capital, participaram de um concurso de dança no programa de Fausto Silva.

Ainda em 1998, dentro da trama de Torre de Babel, o fajuto cantor Johnny Percebe (Oscar Magrini) se apresentou no Faustão, mas foi desmascarado pelo próprio apresentador: Fausto Silva descobriu que quem cantava suas músicas era seu irmão Boneca (Ernani Moraes). Na novela, Johnny Percebe também já havia se apresentado no programa da Xuxa.

Na novela Deus Nos Acuda (1992), Faustão, direto de seu programa, ligou para um número aleatório oferecendo uma viagem para o Caribe. A felizarda que atendeu a ligação foi Maria Escandalosa (Claudia Raia), que viajou com seu pai Tomás (Jorge Dória).

É normal uma novela fazer uso em seu roteiro de outras produções de sua emissora. A prática é antiga e não exclusiva da Globo. Em 1979, a doméstica Zita – vivida pela atriz Lizete Negreiros na novela Como Salvar Meu Casamento, da Tupi – sonhava em ser cantora e participou do programa de calouros de Raul Gil.

Silvio Santos já foi visto em três novelas de diferentes emissoras. Em Vende-se um Véu de Noiva (SBT, 2009), a personagem Isabel (Anastácia Custódio) ganhou um dinheirinho no programa Roda a Roda Jequiti, apresentado por Silvio.

Em 1987, Silvio Santos teve seu programa do SBT apresentado numa novela da TV Manchete. Em Carmem, a personagem Creuza (Bia Sion) foi tentar arranjar um namorado no Namoro da TV. E em 1970, Silvio foi visto na novela Pigmalião 70, quando o animador tinha seu programa dentro da Globo.

O mais curioso desses casos foi na novela O Bofe (Globo, 1972), em que uma das personagens, a socialite Suzana Leopoldina – vivida por Ilka Soares – era jurada da Buzina do Chacrinha, garantindo a participação o Velho Guerreiro na novela.

Mas, sem dúvida, a mais divertida e lembrada participação de um personagem de novela em programa de auditório aconteceu em Cambalacho, em 1986, quando a cantora Tina Pepper, um arremedo de Tina Turner – vivida por Regina Casé -, foi ao Cassino do Chacrinha cantar seu maior sucesso, Você Me Incendeia.

Nilson Xavier UOL

Público ajudará Eliana a fazer homenagem bem humorado ao dia dos namorados

 

O Dia dos Namorados será comemorado no programa Eliana com vídeos engraçados de casais. A ideia da apresentadora é que o telespectador mande vídeos de até 2 minutos que revele, de uma forma bem criativa, o quanto a pessoa gosta de seu namorado. A promoção “Pregue uma Peça no seu Amor” já está disponível no site do SBT e os melhores vídeos serão exibidos no Programa Eliana do dia 10 de Junho.

Último capítulo de “Corações Feridos” registra baixa audiência

  • O SBT exibiu nesta quarta-feira (23/05) o último capítulo da novela “Corações Feridos”. Após atingir recorde de audiência o penúltimo capítulo, o folhetim chegou ao fim com apenas 6 pontos, segundo dados do Ibope na Grande São Paulo.

    Na média geral, durante os quatro meses de exibição, a trama assinada por Íris Abravanel acumulou uma média de 5 pontos. Esse índice desanimou Silvio Santos, que confessou no último fim de semana o sonho de recuperar a vice-liderança para o SBT com a teledramaturgia.

    OPLANETATV!

Record deposita todas as suas esperanças em “A FAZENDA”

Nas conversas oficiais os executivos da Record vão dizer que resolveram antecipar o encerramento de “Fora de Controle” para adequar a estreia de “A Fazenda” para a terça-feira e assim atender o desejo do telespectador. Mas, longe da Barra Funda o discurso muda e esses executivos deixam escapar que na verdade a emissora só está tentando fazer o prejuízo não durar muito tempo. A Record perdeu audiência, jogou no lixo a estreia de “Fora de Controle” e viu o SBT ultrapassá-la em vários momentos.

Nas conversas informais esses executivos reconhecem que muito pouco poderá ser feito até a estreia de “A Fazenda” e que na próxima semana somente um milagre poderá fazer o horário nobre da Record deslanchar em audiência. Por isso, o reality show comandado por Brito Júnior terá prioridade máxima, ganhará mais chamadas e todo tipo de ação para atrair a atenção do telespectador. Nos bastidores da Barra Funda já se fala numa terça-feira com estratégia de guerrilha, com poucas janelas comerciais e intervenções ao vivo ao longo de toda a programação.O resultado dependerá da intenção da Globo em esticar o capítulo de “Avenida Brasil” e o SBT programar um dos filmes de seu excelente pacote. Sem dúvida, a noite de 29 de maio será tensa na Barra Funda, Anhanguera e no Rio de Janeiro .

José Armando VCannucci

Jogo do Brasil fará Globo antecipar “Avenida Brasil” para 20h25

https://i2.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120524122142.jpg

A partida de futebol amistoso entre Brasil x Estados Unidos, que irá ao ar na próxima quarta-feira (30), modificará drasticamente a grade da Globo no horário nobre.

Todas as atrações a partir de “Malhação” serão antecipadas entre 20 e 50 minutos. “Avenida Brasil”, por exemplo, começará quase uma hora antes: em vez de 21h15, o capítulo será exibido às 20h25.

Confira como ficará a grade:

17h25 “Malhação”
17h54 “Amor Eterno Amor”
18h43 Jornal Local
19h00 “Cheias de Charme”
20h00 “Jornal Nacional”
20h26 “Avenida Brasil”
21h07  Futebol
23h07 “Cinema Especial”

A partida faz parte da preparação da seleção brasileira, comandada por Mano Menezes, para as Olimpíadas de Londres, entre julho e agosto.

NA TELINHA

SBT vende “Vamos Brincar de Forca” e produtor dos EUA tem interesse

Recém-estreado pelo SBT, o game show “Vamos Brincar de Forca” acaba de ser vendido para uma agência da Turquia.

A emissora produziu um trailer para negociar o formato internacionalmente, e já vem agradando.
 
De acordo com informações do site “TV Latina”, a agência turca Global Agency está conversando com um produtor dos Estados Unidos, que tem interesse em adquirir os direitos do programa.
 
“Vamos Brincar de Forca” foi o primeiro formato apresentado por Silvio Santos na televisão, em 1961, na extinta TV Paulista, hoje Rede Globo. Em 2012, o animador retomou o programa, totalmente reformulado.
 
No exterior, o game recebeu o nome de “Let’s Play Hangman”.

NA TELINHA

https://i1.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120523182147.jpg

Carrosserl conseguiu o que parecia impossível

https://i0.wp.com/natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20120524093208.jpg
 
“Carrossel” conseguiu o impossível. Segundo o jornalista Daniel Castro, a esmagadora audiência da nova novela do SBT não se deve tanto quanto imaginavam à retirada de público das emissoras concorrentes, mas dos outros meios de diversão das crianças e pré-adolescentes. É como se, sozinha, o folhetim tivesse conseguido vencer uma guerra que muitos já davam como perdida: a da TV para com o videogame e a internet.
 
Ainda de acordo com a publicação, no horário em que “Carrossel” é exibida, a Record perdeu 0,9, a Globo 0,5 e a RedeTV! 0,8 ponto no Ibope. O SBT cresceu incríveis 8 pontos. Tirou 1,2 do público do videogame, 1,8 dos canais infantis da TV paga e 4 pontos de televisores que, antes, estavam desligados.
 
O resultado dessa rápida pesquisa mostra que a internet não pode ser encarada como um monstro invencível pelas grandes emissoras de televisão.
 
A grande realidade é que o público brasileiro que deixou de ver TV e passou a usar a internet – a maioria adolescentes e crianças – teve motivos para deixar de ver TV. Não foi de uma hora pra outra. A falta de conteúdo que agradasse esse público fez com que fosse buscar em outros meios de diversão, o que o mercado televisivo já não era capaz de dar.
 
Desde antes da estreia de “Carrossel”, isso é um fato. Ao analisar a audiência de “Malhação”, fica evidente que muita gente saiu da frente da TV. Em 2004, a audiência média da novelinha teen da Globo foi de 32 pontos. Já a da temporada 2011 foi de 20. Ou seja, 12 pontos simplesmente evaporaram da televisão, já que muito pouco foi pra concorrência na TV aberta.
 
Todo mundo sabia disso, mas poucos tentaram – todos sem sucesso – resgatar essas pessoas que migraram da televisão. “Carrossel” só veio mostrar que era possível resgatá-las. E fez isso com muita competência. Merece todos os méritos por isso. A novela não esfriou nem no terceiro capítulo – foram 12 pontos de média nos números prévios, que podem sofrer alterações.
 
Essa coisa de mérito só existe quando o auditório levanta e grita “ele merece” para o vencedor, disse Rosana Hermann, jornalista da Record. É por aí mesmo. Os números mostram que o público está aplaudindo de pé.
 
 
Breno Cunha escreve sobre mídia e televisão há quatro anos, passou por vários sites, onde sempre foi conhecido por grandes discussões provocadas por suas críticas. Agora ele está no NaTelinha. Twitter: @cunhabreno